Prefeitura abre chamamento público para doação de terreno para a construção da Santa Casa

Os proprietários de imóveis interessados deverão apresentar proposta no dia 24 de julho.

publicado em 25/06/2020, por Maurício Rocha


Reunião de lançamento da proposta de criação da Santa Casa de Misericórdia de Patos de Minas.

A edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial do Município traz o edital de chamamento público para doação de terreno para a Construção da Santa Casa de Misericórdia de Patos de Minas. Os proprietários de imóveis interessados deverão apresentar proposta no dia 24 de julho. Uma comissão foi formada para fazer a escolha da melhor opção.

Serão aceitas apenas propostas de doações de terrenos que estejam dentro do perímetro urbano, de no mínimo 2,2 hectares, próxima de uma via arterial ou coletora e dentro de raio de 7 km (a uma distância que permite a integração dos serviços de saúde, podendo ser percorrida em tempo inferior a 20 minutos da UPA no bairro Jardim Peluzo.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Esta medida, segundo o edital é necessária para facilitar o acesso ao serviço de saúde, inclusive a outros 32 Municípios que integram a macrorregião do Noroeste de Minas. Além disso, o terreno deve ser munido de energia elétrica e de rede de esgoto. Outra exigência é que o terreno tenha relevo plano ou suave inclinação para permitir a construção da unidade hospitalar.

Os envelopes com as propostas devem ser protocolados na sede da Associação Beneficente Paulo Borges, mantenedora da Santa Casa de Misericórdia de Patos de Minas, localizada na Rua Marechal Rondon, nº 1.155, bairro Santo Antônio, Patos de Minas. Os envelopes poderão ser protocolizados no dia 24 de julho de 2020, no horário de 12h às 16h.

O edital também define a comissão que irá fazer a escolha da melhor proposta. Ela é formada pelos seguintes membros: Alfredo Jesus Mitio Nakao, Claudio Antônio Pacheco, Marco Antônio Nasser de Carvalho, João Fernandes Caixeta, Paulo Roberto Mota, Pedro Israel da Cunha, Rafael Vinícius Normandia da Cruz, Reinaldo Eleutério da Silva e Takao Enardo Fujimoto.

O projeto de construção do hospital da Santa Casa de Misericórdia de Patos de Minas foi lançado no mês de abril. A intenção é construir um hospital com 100 leitos para atender os pacientes da região. Após a definição do terreno, a sede deverá ser construída em 18 meses.

Autor: Maurício Rocha Postado em 25/06/2020
Compartilhe:

47 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Creuza | 1 semana, 5 dias atrás

    Acorda gado Santas Casas foram projetos que deram o que tinha que dar ....é só pesquisar que constatarão que a maior parte estão a beira do precipício , todas falidas .......a Prefeitura deveria tomar vergonha e construir um hospital municipal com gerencia MUNICIPAL.......

    5 0 Responder

  • Rialla Bafônica | 1 semana, 5 dias atrás

    Safadeza do municipio.....vai construir uma tal santa casa para se eximir da responsabidade de gerir esse hospital .......como em todas as santas casas do país 80% estã em colapso , falidas , essa Santa casa já nascerá cambaleando.....

    6 0 Responder

  • Tupi | 1 semana, 5 dias atrás

    Ué cadê os Nascimento são tão bem intencionados doando terrenos pra faculdade, vendendo "barato" pra pista de kart, pq agora não doam terreno? Ah esqueci em volta de hospital não valoriza né? Nessas horas vê se o quão boas são as intenções desses "grandes sobrenomes" da cidade. Querem o BEM de Patos, só que não! Só querem seu próprio o bem, o BEM é só qdo ele vem em benefício próprio!

    7 1 Responder

  • DECEPÇÃO | 1 semana, 5 dias atrás

    CRIA VERGONHA NA SUA PREFEITO E VEREADORES

    6 0 Responder

  • Só observando | 1 semana, 5 dias atrás

    Se pegassem o hospital São Lucas e deixassem de puliticagem as coisas aqui em Patos ia pra frente até hoje nem o hospital de campanha do COVID 19 nem funcionando está agora quer fazer outro hospital que nem pro pobres vão ser vai ser igual o que já tem Aki

    9 1 Responder

  • "Ta serto" | 1 semana, 5 dias atrás

    É simplesmente um absurdo Patos de Minas ainda não ter um hospital municipal até hoje :rage:

    9 0 Responder

  • Vuvuzela | 1 semana, 5 dias atrás

    Uma opção é fazer no espaço junto ao CEASA.

    3 2 Responder

  • Ju | 1 semana, 5 dias atrás

    Pra que pedir doação de terreno se a própria prefeitura tem o terreno do antigo CSU ?que está a anos abandonado ,só juntando drogados para usar drogas a noite .a antiga UPA da maraba também que poderia usar para fazer esse hospital.

    14 4 Responder

    Justiça - 1 semana, 4 dias atrás

    Vc está desinformado o terreno do CSU não é da prefeitura não é estado ok

    0 0

  • Amiga | 1 semana, 5 dias atrás

    A pouco tempo teve uma reportagem no patos hoje falando da construção desse hospital ao lado da Escola Agrícola, já estava tudo acertado. Não entendi ????????????????

    7 1 Responder

  • Servidor II | 1 semana, 5 dias atrás

    Pede o terreno do escritório da Cemig que tem um quarteirão. So o município pegar seus representantes e pedir a diretoria e ao governador. Municipio doou no passado a Cemig e a mesma agora vai vender. Pede como doação após tanto nos explorar.

    3 0 Responder

carregar mais comentários