349669 2216 Ok
Banner CNA - TOPO
Publicado em 12/09/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Coordenador da Casa de Promoção Humana é afastado após denúncias de consumo de drogas

A entidade é mantida por doações da comunidade e por verbas de subvenção do poder público.

A Casa de Promoção Humana funciona como uma espécie de abrigo para pessoas que não tem onde ficar.

O coordenador da Casa de Promoção Humana de Patos de Minas foi afastado na manhã desta terça-feira (12). A decisão foi tomada pela direção do Creas – Centro de Referência Especializada em Assistência Social – após receber denúncias de ocorrência de consumo de drogas na sede da entidade.

A Casa de Promoção Humana funciona como uma espécie de abrigo para pessoas que não têm onde ficar. Na maioria das vezes, são migrantes que chegam à cidade e não têm dinheiro para pagar por uma hospedagem. A entidade é mantida por doações da comunidade e por verbas de subvenção do poder público.

Este ano, a Casa de Promoção Humana esteve perto de fechar as portas  e precisou da interferência do Ministério Público. Reativada, a casa estava sendo coordenada por Wellington Oliveira da Penha, que inclusive havia denunciado ao Patos Hoje as condições precárias em que a entidade se encontrava há alguns dias atrás. Hoje, ele foi afastado.

Com o apoio da Polícia Militar, a coordenadora do Creas, Marcilúcia Barcelos, foi até a casa para promover a saída de Wellington. Ela disse que o coordenador não tem condições de permanecer no cargo e que será inclusive encaminhado para uma clínica de recuperação. A Casa de Promoção Humana foi mantida aberta.

Na saída, Marcilúcia informou que não estava em condições de conversar com a imprensa e disse que o caso será levado para as autoridades do município. A Polícia Militar recolheu facas e um facão que estavam na casa e que não são de uso da entidade.

O secretário municipal de desenvolvimento social, Eurípedes Donizete, disse que o coordenador foi muito importante para a casa, mas que vinha apresentando problemas. Nesta manhã, ele teve um surto e se trancou na casa dificultando a entrada de todos e por isso foi preciso acionar a Polícia Militar. O caso será encaminhado para o Ministério Público e Wellington deverá ser levado para uma clínica de recuperação

Imagens atualizado em 12/09/2017 • 7 fotos

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 12/09/2017
Compartilhe:

23 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Nara Armada | 1 semana atrás

    Elis S. Machado Alves que triste

    1 0 Responder

  • Elis S. Machado Alves | 1 semana, 1 dia atrás

    Linda Vaz

    2 3 Responder

  • Michel Temer | 1 semana, 1 dia atrás

    Só em Patos de Minas mesmo, nessa curva de rio, pra colocarem a raposa cuidando do galinheiro! kkkkkkkkk Que amadorismo! Tudo na gambiarra! Cruz credo dessa currutela!

    7 18 Responder

  • Marcos Ferreira X-9 1 semana, 1 dia atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    China - 1 semana, 1 dia atrás

    Mais um ...

    3 4

  • 123 | 1 semana, 1 dia atrás

    Q beleza eu não sei quem é mais tolo o prefeito ou quem ajuda esses malandro. Além disso esse q estão na casa de apoio estão ganhando café da manhã, almoço e janta no restaurante popular tudo de graça tem vida melhor q essa? Acho q não né . Bota esse povo pra trabalhar...

    8 7 Responder

    Crítica - 1 semana atrás

    Vai viver essa vida então, parceiro. Já que é tão boa assim, o que vc tá esperando?

    5 2

    123 - 1 semana atrás

    Para Crítica : Obrigado parceiro se Deus quiser não precisarei seguir essa vida não pq coragem pra trabalhar não falta . E além disso patos tem um povo muito acolhedor q gosta de ajudar muito vagabundo. Que vergonha. Vc deve ser daqueles (a) q ajudar ou é da msm laia.

    1 0

  • Serio?? Que novidade! | 1 semana, 1 dia atrás

    nossaaa ele é usuário de drogas e estava consumindo drogas?????????????Que surpresa!! Estranho seria se ele tivesse consumindo cimento , capim ou cocô né sociedade hipocrita!!!

    4 9 Responder

  • trabalho sem remuneração pode??? | 1 semana, 1 dia atrás

    Antes de colaborar com doações seria importante checar como esta funcionando o serviço. Exigir que seja um profissional qualificado para coordenar é o minimo de exigência de quem é colaborador... Deve ser um lugar adoecedor ... dessa forma até o profissional qualificado deveria cuidar de si para conseguir fazer a coordenação.... Imagina um usuário em recuperação??? Custando a dar conta de sua auto gestão vai gerir outras pessoas???

    10 0 Responder

  • Elaine Oliveira | 1 semana, 1 dia atrás

    Olha Yara.

    1 5 Responder

  • trabalho sem remuneração pode??? | 1 semana, 1 dia atrás

    Interessante!!! O rapaz morava lá e em troco coordenava a casa sem ganhar salário né???Isso não seria crime??? Vamos colocar então pacientes do hospital publico ou outro serviço ligado ao serviço publico pra fazer limpeza ou outra tarefa sem receber a troco do serviço prestado??? Outra coisa:era um usuário em recuperação e colocado por profissionais do SUAS para coordenar?????Usuário de drogas em vulnerabilidade precisa de tratamento e coloca lo para coordenar uma Casa assim acho falta de responsabilidade de quem colocou...Para coordenar serviços sociais nada mais obvio que deveria ser um assistente social .... como que ele iria recuperar convivendo com outros usuarios?? fala serio!!

    20 3 Responder

  • Brasil Nutella | 1 semana, 1 dia atrás

    Colocam o lobo cuidando das ovelhas. Nada de extraordinário. No Brasil é assim. Bandido vai pra política, ladrão, estuprador e assassino tem mordomias na cadeia e assim a roda gira. Infelizmente, tem tranqueiras demais ocupando cargos de confiança no município de Patos de Minas. E o prefeito vaquinha de presépio dos coronéis está provando que é incapaz de administrar um carrinho de picolé! Fraco demais!

    7 4 Responder

    Van - 1 semana, 1 dia atrás

    Que? A você não falou coisa com coisa, a entidade é mantida com doações. Se informe melhor.

    6 4

    Observador - 1 semana atrás

    RESPOSTA A VAN: Acredito que é você que precisa se informar, afinal de contas a matéria diz: "A entidade é mantida por doações da comunidade e por verbas de subvenção do poder público". Entendeu ou precisa desenhar...................

    1 0

carregar mais comentários