349669 2216 Ok
Publicado em 21/03/2017
Compartilhe:

Prefeitura realiza obra para conter mau cheiro que toma conta do Cemitério de Santa Cruz

Os próprios funcionários públicos que trabalham no Cemitério reclamam do mau cheiro.

Esta semana, a Prefeitura iniciou a realização de obras no local para conter o mau cheiro.

Servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura começaram a trabalhar no Cemitério Municipal de Santa Cruz nesta segunda-feira (20) para tentar conter o mau cheiro que toma conta do lugar. O problema foi mostrado pelo Patos Hoje. Os próprios funcionários públicos que trabalham no Cemitério reclamam do mau cheiro.

Segundo os servidores, o mau cheiro vem de uma fossa que era usada pelo Instituto Médico Legal – IML – na época em que o órgão funcionava em um cômodo dentro do Cemitério Municipal. O órgão foi embora, mas a fossa ficou, com dejetos e produtos químicos que foram usados na preparação dos corpos.

De acordo com Maria de Fátima da Conceição, que trabalho há anos no Cemitério Municipal de Santa Cruz, o mau cheiro começou a incomodar de alguns meses para cá. Segundo ela, o problema é mais grave no meio da manhã, quando o sol esquenta. O mau cheiro é tanto que nem os funcionários conseguem permanecer no local.

Esta semana, a Prefeitura iniciou a realização de obras no local para conter o mau cheiro. Segundo o encarregado da Secretaria de Infraestrutura, Sebastião José Cassiano, uma nova rede está sendo confeccionada para eliminar a fossa. Ele explicou que o serviço será suficiente para conter o mau cheiro que tem causado tantos incômodos.

Imagens atualizado em 21/03/2017 • 8 fotos

Autor: Maurício Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 21/03/2017
Compartilhe:

3 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Eu | 8 meses, 3 semanas atrás

    Essa Fátima só quer aparecer, não sabe o que fala e nem o significado das palavras que pronuncia, diz ela na entrevista de ontem na NTV que "os corpos eram exumados no necrotério". Eu não sabia que desenterravam corpos do antigo necrotério. Sobre falar do mal cheiro dizendo que é originário de sangue dos corpos e que começou a alguns meses!!! Como assim? Ela já está lá a anos, e, somente a alguns meses é que começou o mau cheiro. Quando uma pessoa morre o sangue não lhe é retirado, a não ser no caso de ser embalsamado, onde se retira o sangue para injetar formol, com o objetivo de conservar as células e evitar a putrefação. Caso contrário, não há necessidade de retirar o sangue do falecido, porque ele não vaza. Então como ela vem dizer que o mau cheiro é originário do sangue dos mortos que iam para essa fossa? Pensem bem antes de dar crédito a quem nem sabe o que fala.

    2 0 Responder

  • Colininha | 8 meses, 3 semanas atrás

    Que vergonha de Patos. Até PO tem um salão de velório municipal (da Igreja com parceria da prefeitura creio eu) e mais dois privados. Ceis gostam de ser burros mesmo!

    0 2 Responder

  • D,OLHO | 8 meses, 3 semanas atrás

    Mas vejam bem ; os funcionários da prefeitura não tem problema com mau cheiro , por que estão trabalhando sem nem uma proteção. Acho que não precisa dizer mais nada né. Perguntem qual é o salário desses funcionários .Mais dignidade a estes cidadãos trabalhadores.

    2 0 Responder

  • Tosquinho | 8 meses, 3 semanas atrás

    Esse mau cheiro deve ser da corrupção da construção da UFU! Ainda vai feder muito! Aguardem cenas dos próximos capítulos.

    2 0 Responder

  • Tosquinho | 8 meses, 3 semanas atrás

    Esse mau cheiro deve ser da corrupção da construção da UFU! Ainda vai feder muito! Aguardem cenas dos próximos capítulos.

    1 0 Responder

  • luiz | 8 meses, 4 semanas atrás

    depois que fiquei sabendo os preços que as empresas credenciadas para velar e enterrar nossa população eu desisti de morrer, pelo menos aqui em Patos. Prefiro permanecer vivo para ver o enriquecimento desses batalhadores empresários que lucram fortunas com o infortunio alheio...interessante ninguem ter atentado pra isso e reclamado uma fiscalização dessas concessões para dar um encaminhamento final aos nossos entes queridos com dignidade mas não para quebrar os sobreviventes que se veem obrigados a aceitar contas exorbitantes depois da perda já angustiante de um ente querido..

    4 1 Responder

    Resposta - 8 meses, 3 semanas atrás

    Não é uma concessão, é um trabalho que tem que ser prestado igual qualquer outro, os hospitais, farmácias, locadoras de equipamentos médicos, etc, também sobrevivem do sofrimento dos outros, para com isso, essas empresas geram emprego também, eles não tem nada a temer sobre fiscalização, agora vem você querendo ser Deus dizendo que desistiu de morrer, como se pudesse mandar nisso.

    1 1

  • o carimbador maluco | 8 meses, 4 semanas atrás

    cuidado prôceis não mexer com minha vózinha aí, ela é brava hein

    5 6 Responder

  • Antenor | 8 meses, 4 semanas atrás

    QUANDO É QUE A PREFEITURA VAI ARRUMAR UM VELÓRIO MUNICIPAL GRÁTIS????????????

    8 0 Responder

    Brasileiro sofredor - 8 meses, 4 semanas atrás

    Adianta pouco o velório grátis, o alto custo é do translado, urna, jazigo e procedimentos, o uso do espaço do velório já está embutido nestes gastos, se tiver velório municipal vai pagar o mesmo valor pelas coisas citadas no início, velório municipal é para cidades onde não tem nas funerárias, para evitar como era feito antigamente pois se velava em casa.

    3 3

    De antena ligada - 8 meses, 3 semanas atrás

    Passou de hora da prefeitura enfrentar o cartel das funerárias! Fica duro, Zé Eustáquio, e construa um velório municipal. A máfia aqui está forte demais!

    1 0