Patos de Minas segue na onda verde, mas duas regiões de Minas regridem para onda vermelha

Entretanto, houve regressão em outras regiões do Estado, sendo que duas delas voltaram para a onda vermelha, que é a mais restritiva

publicado em 19/11/2020, por Maurício Rocha


Vista aérea de Patos de Minas.

O Comitê Extraordinário da Covid-19 em Minas se reuniu nessa quarta-feira (18) para avaliar a situação da pandemia no Estado. A região de saúde Noroeste, da qual Patos de Minas faz parte, se manteve na onda verde do Plano Minas Consciente por mais uma semana. Entretanto, houve regressão em outras regiões do Estado, sendo que duas delas voltaram para a onda vermelha, que é a mais restritiva.  

O Comitê Extraordinário Covid-19 constatou o aumento de 11% da incidência da covid-19 nos últimos 14 dias no estado. Com a decisão, as regiões Nordeste e Leste passam para a onda vermelha – onde somente os serviços essenciais, como supermercados e farmácias, estão autorizados a funcionar. Já as regiões Leste do Sul e Sudeste retornam para a onda amarela, que permite a abertura de serviços não essenciais com menor risco de contágio, como lojas de roupas e salões de beleza.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Udi Telecom - Conexão em Dobro

A região do Vale do Aço permanece na onda amarela, enquanto as demais nove regiões (Triângulo do Norte, Triângulo do Sul, Sul, Oeste, Centro, Noroeste, Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul) ficam na onda verde, fase que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio, como cinemas e bares com música ao vivo.

As autoridades de saúde do município também estão preocupadas com a situação, principalmente porque o Governo de Minas anunciou que vai fechar os leitos para tratamento de pacientes com Covid-19 no Hospital Regional. A quantidade de leitos disponíveis é um dos quesitos analisados pelo Plano Minas Consciente para fazer a flexibilização das ondas e, com menos leitos, o município pode regredir. 

O boletim divulgado nessa quarta-feira mostrou Patos de Minas com 3018 casos confirmados e 84 mortes. O secretário de estado da saúde, Carlos Eduardo Amaral, descartou a hipótese de Minas ter uma segunda onda da Covid-19, mas alertou a população para continuar se cuidando.  “É fundamental que os mineiros participem das ações de controle, com o uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento social”, finalizou ele.

Autor: Maurício Rocha Postado em 19/11/2020
Compartilhe:

28 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • . | 6 dias, 21 horas atrás

    engraçado que durante as eleiçoes esqueceram do virus ne haha... deve que tava de ferias em acapulco... o pior cego é aquele que não quer ver....................

    15 3 Responder

  • Professor | 6 dias, 22 horas atrás

    Como que é? " O secretário de estado da saúde, Carlos Eduardo Amaral, descartou a hipótese de Minas ter uma segunda onda da Covid-19" kkkkkkkkkkk Ue, isso depende dele? kkk o que esse cara sabe a respeito disso? Misericordia viu.. é cada uma. Na França esta tendo uma segunda onde pior que a primeira e o Secretario de Saude de Minas descarta que aja uma em Minas? kkkkkkk :tired_face:

    15 7 Responder

  • Atento | 6 dias, 23 horas atrás

    Para os que estão defendendo a volta da onda vermelha, o fique em casa, de novo, olhem o exemplo da Argentina. O mais longo e rigoroso lockdown do planeta . 6 meses tudo fechado. Arrebentaram o país. Resultado: após a reabertura os casos subiram tanto e tão rápido que já passaram o Brasil em número de mortos por milhão. Não estou inventado.Se dividam, só pesquisar.

    16 4 Responder

  • passaro | 1 semana atrás

    em grassado nao veio nen um politico na porta e diz fica em casa. por que estava tudo na onda verde agora ja e onda vermelha em quatro dia ja mudo tudo acabo a politica as coioza mudao . :rage:

    9 4 Responder

    João Ninguém - 6 dias, 23 horas atrás

    Aproveita essa quarentena e estuda , pra poder escrever um pouco melhor.

    13 4

  • Jave | 1 semana atrás

    Antes do fim ano chegaremos na onda vermelha, a política passou e agora o vírus volta com tudo. Só Jesus na causa viu!



    12 4 Responder

    joão de barro - 6 dias, 22 horas atrás

    Falou a 'mãe Dináh'.

    3 2

  • Lelete | 1 semana atrás

    PATOS DE MINAS JA ESTA NA ONDA VERMELHA,MAS, POLÍTICOS NÃO QUER ASSUMIR.E AGORA JOSÉ???

    16 15 Responder

    joão de barro - 6 dias, 22 horas atrás

    ssrsrsrsrsrs tem que rir do seu comentário, só isso.

    2 2

  • rafael | 1 semana atrás

    Ja era mais do que previsto, a politica acaba e o COVID volta a Atacar! Manipulação social.

    14 3 Responder

    joão de barro - 6 dias, 22 horas atrás

    Já era mais do que previsto o que? Patos permanecer na onda verde? Patos está na onda verde. Acho que você entendeu tudo errado hein.

    3 7

  • Apenas mais um | 1 semana atrás

    Acabou o período de política ,o covid volta né, sabemos que muitos perderam seus amigos e parentes,só que devemos lembrar que tem comerciantes que já foram e outros indo a falência,a crise brasileira no momento que estava finalizando,veio esse vírus pra derrubar a econômia .Deviam ter consciência de que todo mundo precisa trabalhar,o vírus não é brincadeira,mais a economia também não,deixem o povo trabalhar e levar o sustento pra casa!!! Os políticos não importa né ,o deles todo mês tá garantido e bem garantido.

    18 2 Responder

  • anjo da noite | 1 semana atrás

    A política acabou agora o Corona vírus volta das férias. Esse governador tá de brincadeira fica brincando de colorir Minas gerais.kk

    14 3 Responder

  • Luzia | 1 semana atrás

    Será com decorrer do tempo tiver que fechar o comércio,esse futuro prefeito irar fechar ou irá pra rua junto com os comerciantes protestar abertura do comércio? Acha que é só jogar pedra,fica a dica

    7 7 Responder

  • Patense sincero | 1 semana atrás

    Acabou eleições, agora volta TD pra onda vermelha, acorda povo...

    5 2 Responder

  • FALO_MESMO | 1 semana atrás

    O vírus existe, mais agora temos certeza que a politicagem está envolvida nessa parada.

    16 3 Responder

    Blá blá blá - 6 dias, 23 horas atrás

    Agora que percebeu

    2 2

  • Atendente | 1 semana atrás

    Aqui em Patos deveria ter entrado na onda vermelha sim, bares e pizzarias LOTADAS, juntam mesas e formam grupos de 20 ou mais em cada..Um desrespeito com atendentes que entra em riscos de contagio.

    51 18 Responder

    Atento - 1 semana atrás

    Ah sim, e os funcionários desses estabelecimentos, garçons, cozinheiras, faxineiras, fora os empregos indiretos de fornecedores e etc, todo mundo sem emprego, dependendo do auxílio emergencial e passando necessidades.

    8 4

    Romeu - 1 semana atrás

    Mas não tá aumentando não

    6 4

  • Viajante do Tempo | 1 semana atrás

    Não precisava ser nenhum gênio da lampada pra prever esses acontecimentos.. O que convém o governo é a politica, que já passou.. Agora fodase o que vier.. Comercio no natal e ano novo? duvidoso. Aguardem só, cairmos para onde amarela e logo após vermelha. Podem se preparar.

    32 3 Responder

    Atento - 1 semana atrás

    Porque tanto pessimismo? Não vejo de onde tira essa conclusão. Pelo menos aqui em Patos, os números estão estáveis há alguns meses.

    5 3

    Biologo - 1 semana atrás

    Ficar em casa não resolveu nada

    5 0

  • Observadora | 1 semana atrás

    Um absurdo apenas. Entendo que o covid ta ai, não acabou, não tem vacina, a prevenção é se cuidar, porém porque na época de eleição não tinha esse assunto? Depois que fizeram tudo que tinha pra fazer ai voltou falar que vai voltar pra onda vermelha. Ainda mais agora que estamos próximos do Natal, onde muitos comerciantes talvez vão tentar recuperar um pouco daquilo que perderam o ano todo. Que as medidas de segurança sejam mais restritivas, mas fechar o comércio de novo não. Ai como faz com as contas? Quem vai pagar? E quem fez um empréstimo pra tentar se recompor, vai pagar com o que?

    13 10 Responder

    Tião borba - 1 semana atrás

    Tem que fechar essas loja e hospital

    1 1

  • cidadão | 1 semana atrás

    Foi só acabar as campanhas politicas que o Corona voltou com tudo

    21 5 Responder

    Atento - 1 semana atrás

    Voltou com tudo onde? Aqui em Patos? os números permanecem os mesmos, os hospitais sob controle...se o senhor acompanhar os números verá que não houve nenhum aumento significativo.

    6 7

    joão de barro - 6 dias, 22 horas atrás

    Acho que você está depressivo cara. Aumentou onde?

    2 1

carregar mais comentários