349669 2216 Ok
Publicado em 10/03/2017
Compartilhe:

Homem é socorrido em estado gravíssimo após ser baleado dentro de lavajato

Uma unidade do SAMU fez o socorro da vítima que sofreu um ferimento grave na cabeça.

Dezenas de pessoas acompanham a movimentação.

Os disparos ocorreram na tarde desta sexta-feira (10) em um lavajato no Bairro Cristo Redentor. Juliano Fonseca de Oliveira, 29 anos, foi atingido por pelo menos dois disparos. Ele foi socorrido em estado gravíssimo até o Hospital Regional. Ele apresentava uma lesão grave na cabeça. Dezenas de pessoas foram para o local para saber o que havia acontecido. A desavença entre os dois seria por um desacordo comercial. Em 2015, Juliano disparou contra o dono do lavajato e o deixou gravemente ferido.  

O crime aconteceu por volta das 17h20, no lavajato situado na esquina da Rua Vereador João Pacheco com a Rua Mato Grosso. Moradores vizinhos escutaram os tiros. A Polícia Militar isolou o local para o trabalho da perícia técnica da Polícia Civil. O atirador, que seria o dono do lavajato, até o momento não foi localizado. 

De acordo com o Tenente Tafuri, mais cedo, Juliano esteve no lavajato e ameaçou o proprietário do local com uma faca. O empresário conseguiu escapar e a Polícia Militar foi acionada. Durante as buscas, Juliano foi encontrado pelos militares e preso ainda com a faca. Ele foi levado para a delegacia e ouvido pela autoridade policial.  

No entanto, Juliano acabou sendo liberado e, não satisfeito, voltou ao lavajato portando outra faca. Dessa vez, ao invés de fugir, o proprietário acabou disparando contra Juliano. O Tenente Tafuri informou que testemunhas relataram que, após o primeiro tiro, Juliano continuou indo para cima do empresário que acabou voltando a disparar.

Juliano ficou caído perto da rampa usada para lavar os veículos. Foram constatadas três perfurações no corpo de Juliano, sendo um na cabeça, outro no abdômen e um terceiro nas costas. “Não foi possível identificar se este terceiro ferimento foi causado pelo mesmo projétil que atingiu o abdômen”, informou.

O policial explicou que a desavenças entre os dois é bem antiga. No passado, eles teriam negociado um carro, mas a venda acabou sendo desfeita. Se sentindo lesado, Juliano em 2015 acabou efetuando três disparos contra o empresário também no lavajato. Leia mais! Após esta tentativa de homicídio, o oficial explicou que o pai do empresário pagou a dívida do filho. Porém, Juliano entendia que tinha direito a mais R$500,00, por isso teria voltado a ameaçar o empresário que discorda do débito. 

Imagens atualizado em 10/03/2017 • 27 fotos

Autor: Farley Rocha

Postado em 10/03/2017
Compartilhe:

27 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • VIXI | 9 meses atrás

    OOOOOOOOOOOOOOO POVO CURIOSO. NUNCA VIRAM B.O NÃO? APOSTO QUE O DONO DO LAVA JATO VAI SER PRESO, AGIU EM LEGÍTIMA DEFESA OS POLICIAIS VÃO LÁ E PRENDE, FALA SÉRIO NÉ. :rage:

    2 0 Responder

  • Amém | 9 meses atrás

    Ufa, acabou de ir.... Agora, passa a ser problema do capeta... O comércio do bairro é só alegria :clap: :pray: :pray: :clap: :grinning:

    3 1 Responder

  • o bao | 9 meses atrás

    e la se foi mais um bravo homem kkkkkk pelo menos assim esse empresario vai ter descanso como diz o ditado ,antes ele do que eu ,na verdade os pais não educa seus filhos e deixa para o mundo educar ,e se o mundo educa e nisso que dá ,agora deve esta cheio de gente falsa no velorio ,chorando chorando , :confused: :confused:

    1 0 Responder

    FATOS DITOS - 9 meses atrás

    Gente falsa chorando estará no seu velório, porque ainda não foi você, mas será, porque dá nojo de pessoas assim como você!

    0 1

  • Larissa | 9 meses atrás

    Por 500 reais. Afff Até nisso pobre se fode, morre por essa miséria!!! A gente não sabe o que é dinheiro putz

    4 2 Responder

  • Fred Linhares | 9 meses atrás

    Lavou a alma do cliente

    2 10 Responder

  • saudades do PT | 9 meses atrás

    O dó tadinho ????

    3 3 Responder

  • Larissa | 9 meses atrás

    Por 500 reais. Afff Até nisso pobrr se fode, morre por essa miséria!!! A gente não sabe o que é dinheiro putz

    1 6 Responder

  • Caca treta | 9 meses atrás

    Os dois são covardes chegar a este ponto por dinheiro, cadeia neles .

    3 20 Responder

  • Risadinha | 9 meses atrás

    :joy: :joy: :joy: :joy: :joy: :joy: :joy:

    3 7 Responder

  • gente boa | 9 meses atrás

    ai da pra vcs percebe como e a lei no brasil, tinha ate sido encaminhado pra delegacia mais cedo por ameaça,se tivesse ficado preso pelo menos ums 30 dias talvez dava pra ele refletir e dexa essa desavenssa antiga pra la.

    17 2 Responder

carregar mais comentários