Homem com dores na clavícula é preso após furtar celular e dinheiro de outra paciente na UPA III

O crime, por incrível que pareça, aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento-UPA do Jardim Peluzzo, por outro paciente.

publicado em 11/01/2019, por Farley Rocha

O aparelho celular e o dinheiro foi apreendido par ser restituído para a vítima.

Os furtos não param de acontecer em Patos de Minas e não há hora nem local. Na noite dessa quinta-feira (10), um homem de 37 anos acabou preso por furtar o celular e o dinheiro de uma paciente de 45 anos. O crime, por incrível que pareça, aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento-UPA do Jardim Peluzzo, por outro paciente. Nei Luís Ferreira Santos foi preso em casa após sair da unidade sem atendimento.

O crime aconteceu por volta das 19h45 na Rua Sagitário, bairro Jardim Peluzzo. De acordo com a Assessoria de Comunicação Organizacional da 10ª RPM, os policiais foram acionados a comparecer na UPA, onde a vítima de 45 anos relatou que estava na unidade aguardando atendimento para sua neta, acompanhando sua filha. Momento em que deixaram a bolsa em cima do banco e foram até a recepcionista para o preenchimento da ficha de atendimento, informando que ao retornarem ao banco onde estava a bolsa, notaram que o aparelho de telefone celular marca Samsung/ J1 mini, que estava no bolso lateral da bolsa, havida desaparecido. Sendo a vítima, dentro da capinha do celular havia a quantia de R$500,00.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Vestt branca - especial noticias

A testemunha relatou ainda que passou a perguntar para as pessoas se alguém havia encontrado o telefone celular, momento que um senhor que aguardava atendimento, perguntou a ela se havia perdido o telefone celular. Assim que ela respondeu que sim, o referido homem foi embora sem esperar o atendimento médico.

Após levantamentos, os dados do homem suspeito foram levantados. O suspeito foi localizado, porém ao ser questionado sobre sua estadia na unidade de pronto atendimento, este relatou que realmente esteve naquela unidade de saúde, contudo, negou a todo momento ter praticado furto. Ao dialogarem com a irmã do suspeito, ela negou ter visto seu irmão com qualquer objeto, porém posteriormente entregou um aparelho celular marca Samsung, que estava dentro de uma gaveta do armário na cozinha.

Ela permitiu a entrada na residência, sendo localizada a quantia de R$122,00 embaixo de algumas vasilhas, que estavam no armário onde havia sido localizado o telefone celular. Ao ser questionada, informou que estava com medo de entregar o irmão, relatando ainda que seu irmão chegou em casa ao retornar da UPA, alegando que havia encontrado um aparelho celular, momento que ela colocou um chip de telefone celular para testar o aparelho, que não sabia do furto. A irmã do suspeito alegou que a quantia de R$ 122,00 encontrados em cima do armário é de sua propriedade, porém se apresentou um pouco nervosa ao explicar porque o dinheiro estava em um local próximo ao telefone.

Diante disso, Nei luís Ferreira Santos, 37 anos, confessou ter praticado o furto, alegando que não havia dinheiro, contudo, não soube informar por qual motivo não aguardou atendimento médico, mesmo qualificado como urgência, queixando-se de dores na clavícula. O autor foi conduzido preso por furto, sendo apreendido o aparelho celular e o dinheiro. A vítima foi orientada quanto a maiores providências.

Autor: Farley Rocha Postado em 11/01/2019
Compartilhe:

8 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Washington | 2 meses atrás

    Um probleminha chamado crack era um homem honesto certo com as coisas mas infelizmente si perdeu ....pra os acusadores fariseus hipócritas que não tem um amigo conhecido ou até mesmo um parente que si perdeu nesse mundo .....lenbra que a Bíblia diz que aquele que está disponível pé cuide-se pra que não caia.... obrigado por serem perfeito ...afinal tenho nome é endereço num escondo atrás de apelido não Washington a saber ok

    0 0 Responder

  • UPA | 2 meses atrás

    Se realmente fosse para o presídio iria receber tratamento vip, com certeza seria atendido na UPA, passando na frente dos demais pacientes. Brasil, o país das inversões de valores.

    1 0 Responder

  • Mão branca | 2 meses, 1 semana atrás

    a regra aqui no Brasil é"um olho no queijo outro no gato)

    3 0 Responder

  • Marcia | 2 meses, 1 semana atrás

    Jesuissss... cara de pau esse larápio, Para roubar não estava doente não.

    3 1 Responder

  • Marta | 2 meses, 1 semana atrás

    Também o povo facilita demais pra ladrão, deixa bolsa sozinha, eu nem saio com bolsa mais, dinheiro só no bolso e dependendo do lugar nem celular levo.

    9 8 Responder

  • Patense | 2 meses, 1 semana atrás

    O problema não é a UPA e sim o lixo chamado 'SER HUMANO"!!! :rage:

    19 0 Responder

    O Debochador - 2 meses, 1 semana atrás

    Patense---------- Concordo com vc, o ser humano é ambicioso demais não contenta nem com muito dinheiro, vejam o serviço público nos 3 níveis, cada qual mais safado que o outro. Quem está pagando 3 mil por dia para o Queiroz no Hospital Albert Einstein ???

    4 1

    Zapata - 2 meses, 1 semana atrás

    É brincadeira um negócio desse,o safado não tem o menor respeito com as pessoas, uma senhora com a sua filha e o netinho esperando atendimento médico é furtada, ele não pensou que o dinheiro poderia ser usado para comprar medicamentos, já que a farmácia do SUS não tem nada,vamos prefeito dê seus pulos em cruz,o povão que te elegeu tá em maus lençóis e o Sr só na mordomia

    2 0