349669 2216 Ok
Publicado em 30/12/2016
Compartilhe:

De posse de mandado de prisão, Polícia procura Marcelo Graciano, acusado de roubo e estupro

Ele também é o autor de um crime que chocou a cidade Patos de Minas.

Marcelo Graciano de Paula é considerado foragido da justiça.

A Polícia Civil está à procura de Marcelo Graciano de Paula. O homem de 32 anos é acusado de roubo qualificado e tentativa de estupro. O crime ocorreu na cidade de Lagoa Formosa e o autor chegou a ser preso, mas como estava fora do flagrante, acabou sendo ouvido e liberado. Ele também é o autor de um crime que chocou a cidade de Patos de Minas. Leia mais!

Em 2009, Marcelo e outros três comparsas sequestraram um casal em Patos de Minas. O rapaz foi amarrado e mantido em uma carvoeira. A garota foi levada para um hotel na cidade de Patrocínio e estuprada. Eles também fizeram saques na conta do jovem. As vítimas são filhos de famílias tradicionais na cidade e, na época, o crime teve grande repercussão.

Marcelo foi condenado a 15 anos de prisão e cumpriu boa parte da pena, mas já estava em liberdade. Na madrugada do último dia 24, ele voltou a cometer crime semelhante ao de 2009, desta vez na cidade de Lagoa Formosa. Ele rendeu um casal que estava em um loteamento, obrigou o rapaz a entrar no porta-malas do carro e a garota no banco da frente.

A jovem disse que só não foi estuprada porque pulou do carro quando ele reduziu a velocidade para entrar em uma estrada vicinal. Segundo a vítima, Marcelo passava a mão em suas partes íntimas e dizia que iria manter relações sexuais com ela. Depois que pulou do carro, a garota foi alcançada e estava sendo estrangulada, quando o namorado conseguiu sair do porta-malas.

Marcelo fugiu, mas foi localizado em Patos de Minas. Pertences da vítima, como sandálias e um telefone celular foram encontrados no carro dele. Embora tenha confessado a autoria do crime e afirmado que queria apenas roubar, Marcelo foi ouvido e liberado. Isso porque a prisão feita pela Polícia Militar teria ocorrido fora do flagrante.

O delegado Érico Rodovalho levou o caso à Justiça e conseguiu o mandado de prisão para Marcelo. Os policiais trabalham na tentativa de localizar e prender o autor, que já é considerado foragido da Justiça. As pessoas podem ajudar denunciando através do Zap Cidadão (34-9.9184-4777), 181, 197, 190 ou em qualquer telefone da Delegacia de Polícia Civil em Patos de Minas.

Autor: Maurício Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 30/12/2016
Compartilhe:

38 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Indignado | 10 meses, 2 semanas atrás

    Parabéns pela bela reportagem e a quem passou tal informação. Essa hora deve estar longe. O que não se faz por acessos ao site.

    0 0 Responder

  • Ph | 10 meses, 3 semanas atrás

    Tem que apodrecer na cadeia

    0 0 Responder

  • lili | 10 meses, 3 semanas atrás

    Este lixo estava trabalhando a muito tempo em uma construçaõ proximo a casa do meu irmaõ, na mesma rua tem varias crianças e adolecentes q correram o risco de serem atacados por este verme,absurdo ter q conviver com este tipo solto por ai

    1 0 Responder

  • O SUPER PROTEGIDO | 10 meses, 3 semanas atrás

    Quando este bandido era criança, e se ele tivesse levado umas palmadas de sua mãe, talvez Hoje ele era um grande homem. Pelo jeito, o pai e a mãe dele trabalharam dia e noite para não deixar faltar nada pra ele. Deu no que deu, foi educado nas ruas.

    2 2 Responder

  • Keke | 10 meses, 3 semanas atrás

    Vai ter q ir pro Regional de novo tirar ferpa da bunda kkk

    3 1 Responder

  • Carlos | 10 meses, 3 semanas atrás

    Bom q lá dentro pede licença até pra cv

    1 0 Responder

  • Advogado porta de cadeia... | 10 meses, 3 semanas atrás

    Os pertences das vítimas foram localizados com ele. Se achassem que a materialidade não era suficiente, que procurasse o juiz de plantão para emitir a preventiva dele, antes de liberá-lo. Divulgando que ele tem mandado de prisão na imprensa, ele já deve estar longe. Que amadorismo, pelo meu amor de Deus.

    13 1 Responder

  • NÃO SEI | 10 meses, 3 semanas atrás

    Mais se o autor foi preso com o carro da vítima e objetos das vítimas isso não dá flagrante NÃO? Acho que esse fato é + ou - igual aquele latrocínio que ocorreu numa fazenda no município de Lagoa Formosa, no ano passado, em que os bandidos foram presos em Uberlândia com os produtos do crime e que muita gente diz que não era flagrante. TÁ PARECENDO!!!

    8 1 Responder

    não - 10 meses, 3 semanas atrás

    ele abandonou o carro da vitima e os levou para o dele, e quando os policiais o abordaram ele estava em casa no próprio carro, dias após o acontecido

    4 3

  • Viva | 10 meses, 3 semanas atrás

    Viva o Brasil. Viva o STF. Viva os políticos. Viva a justiça brasileira. A polícias prende e a justiça manda soltar. Viva o juíz. (Errata: onde está escrito VIVA, se lê VAIAPU TAQUE PARIU).

    7 1 Responder

  • jose de oliveira | 10 meses, 3 semanas atrás

    deixa comigo :muscle: :muscle: :muscle: :muscle: :muscle: :muscle: :muscle: :muscle: :muscle: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :facepunch: :rage: :rage: :rage: :rage: :rage: :rage: :rage: :rage: :rage: :rage: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop: :cop:

    2 1 Responder

carregar mais comentários