Uma extensa área de vegetação foi consumida pelas chamas.

Além do tempo seco desta época do ano que agrava a situação de quem tem problemas respiratórios, as queimadas tem sido um tormento para moradores em Patos de Minas. Neste final de semana, a fumaça e a fuligem incomodaram muita gente. Para piorar a situação, a cidade foi tomada por um mau cheiro insuportável.


Uma das queimadas registradas no final de semana aconteceu nas imediações do bairro Jardim Paulistano. O fogo começou nas proximidades do Parque Ecológico do Rio Paranaíba e foi até o bairro Santa Luzia. Uma extensa área de vegetação foi consumida pelas chamas que se espalharam rapidamente.

A fumaça e a fuligem causaram muita sujeira e incômodo para os moradores. Em outra parte da cidade, o problema foi o mau cheiro. Quem mora nas imediações dos bairros Santo Antônio, Copacabana, Laranjeiras, Guanabara e Sobradinho foi afetado pela fedentina que se intensificou no final da tarde deste domingo (12).

O presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Ivanildo Alves, percorreu áreas afetadas pelas queimadas no final de semana. Ele ressaltou a extensa faixa de vegetação que foi consumida pelo fogo. Com relação ao mau cheiro, Ivanildo disse que vai levar o caso ao Ministério Público.

Não é de hoje que boa parte da cidade sofre com o mau cheiro que mistura fezes de suínos com esgoto. Há alguns anos, o Ministério Público abriu Inquérito Civil Público para investigar a origem do problema, que parece não ter fim.