O grave acidente foi registrado na manhã deste domingo (06) na BR-365 em Patos de Minas. Uma carreta carregada com gesso teria invadido a contramão de direção e batido na lateral de um ônibus. Em razão da colisão, a carreta saiu da pista, tombou e pegou fogo. Sete pessoas ficaram feridas e dois óbitos, avó e neto, foram confirmados no interior do ônibus. As vítimas de ferimentos foram conduzidas para o hospital por equipes do bombeiro e também do Samu. Até o momento, o motorista da carreta não foi encontrado, ele segue desaparecido.

O acidente aconteceu por volta de 05h30 no Km 414 da BR- 365. De acordo com informações colhidas no local, o ônibus estava com 46 passageiros e saiu de Espinosa, norte de Minas, e seguia com destino a São Paulo. O motorista teria sido surpreendido por uma carreta que invadiu a contramão de direção enquanto seguia sentido a Patos de Minas. Segundo os passageiros, o condutor do ônibus até tentou desviar, mas a carreta bateu violentamente na lateral do ônibus. Em razão disso, a carreta acabou saindo da pista, tombou e teve a cabine completamente incendiada.

O ônibus que levava passageiros para fazer compras em São Paulo sofreu danos consideráveis do lado esquerdo. De acordo com o Tenente Pedro do Corpo de Bombeiros, quando os militares chegaram ao local se depararam com a carreta tomada pelas chamas. Foi feito o trabalho para debelar o fogo, mas o motorista não foi encontrado. Após os trabalhos da Perícia Técnica da Polícia Civil, os bombeiros realizaram uma nova busca na cabine e no entorno da carreta, mas o motorista segue desaparecido.

Além da ambulância do Corpo de Bombeiros, unidades do Samu também estiveram no local e ofereceram os primeiros socorros aos envolvidos. Oito pessoas foram conduzidas para o Hospital Regional, sendo uma em estado grave. Ainda não foi possível descobrir o quadro clínico de cada uma delas e nem a identificação. Uma senhora de 79 anos, Honorinda Angélica Ribeiro, natural de Jacaraci/BA, passageira do ônibus, morreu no local. O neto dela, Manoel Felipe Pereira Santos, de 19 anos, chegou a ser socorrido até o Hospital Regional, mas também não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Bastante óleo ficou derramado na pista e o Corpo de Bombeiros precisou jogar serragem para evitar novos acidentes. A Polícia Rodoviária Federal esteve no acidente e registrou a ocorrência.

Familiares entraram em contato com o Patos Hoje tentando ter mais notícias do motorista da carreta. Carlos Henrique Castro de Souza, de 35 anos, continua desaparecido. O familiar encaminhou uma foto do condutor da carreta para o Patos Hoje e pediu para quem souber de alguma notícia para ajudar a encontrar a vítima. Eles rezam para que ele tenha seguido para algum hospital. As equipes da PRF, Corpo de Bombeiros e perícia da Polícia Civil fizeram buscas nas imediações durante o dia, usando inclusive um drone, mas ainda não têm informações.


Matéria em atualização