Vereadores veem graves prejuízos e lutam para impedir “privatização” do Hospital Regional

Os vereadores patenses se reuniram antes dessa plenária, no gabinete da presidência, para discutir sobre o assunto e encontrar possibilidades viáveis dentro da atuação parlamentar.

publicado em 11/10/2019,


A reunião aconteceu nesta quinta-feira.

Diante da anunciada implantação da Organização Social - OS da Rede FHEMIG, por meio da qual passará a ser terceirizada a gestão do Hospital Regional Antônio Dias -HRAD-, os vereadores de Patos de Minas tentam impedir a medida que pode trazer graves prejuízos aos 33 municípios envolvidos.

A Câmara Municipal de Patos de Minas declarou, durante reunião ordinária realizada nessa quinta-feira (10), se posicionou contrária à tentativa de concessão, por parte do Governo Estadual, do Hospital Regional Antônio Dias para empresas privadas e organizações sociais do hospital. Na oportunidade, o presidente do Legislativo patense, Vereador Vicente de Paula Sousa, foi categórico ao dizer que a Câmara Municipal já está se movimentando em desfavor da privatização: “Nós, vereadores, já realizamos várias reuniões e estamos com outra agenda em Belo Horizonte, a fim de buscar soluções para o problema”, reiterou o presidente.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Os vereadores patenses se reuniram antes dessa plenária, no gabinete da presidência, para discutir sobre o assunto e encontrar possibilidades viáveis dentro da atuação parlamentar. A discussão foi endossada na reunião ordinária dessa quinta-feira (10), com a participação dos funcionários do Hospital Regional na tribuna livre da Câmara Municipal. Na ocasião, os servidores do HRAD promoveram uma manifestação contra o que eles classificam como “terceirização da saúde” e expuseram inúmeros malefícios que a medida trará tanto para os funcionários quanto para os usuários do SUS, como, por exemplo, atraso no pagamento dos salários e remanejamento de servidores para outros municípios; sucateamento de serviços; e corrupção das organizações sociais, muito comuns nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Durante a plenária, o vereador Isaías Martins de Oliveira também anunciou a mobilização do Legislativo Patense com os municípios vizinhos. De acordo com o parlamentar, a Comissão de Saúde Pública e Bem-Estar Social (CSPBES) da Câmara Municipal, composta por ele e pelos parlamentares Mauri Sérgio Rodrigues - Mauri JL (presidente), Walter Geraldo de Araújo - Waltinho da Polícia Civil, Maria Beatriz de Castro Alves Savassi - Béia Savassi e Maria Dalva da Mota Azevedo - Dalva Mota, juntamente com o vereador João Batista Gonçalves - Cabo Batista, enviou ofício aos outros 32 municípios do Alto Paranaíba e Noroeste de Minas que o HRAD atende, convidando para participarem de uma reunião em Belo Horizonte, na próxima segunda-feira, 14 de outubro, com vistas a reverter a anunciada terceirização.

O vereador Isaías Martins também informou que, na terça-feira, dia 15 de outubro, outra reunião será realizada em Belo Horizonte, com o presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado estadual Carlos Pimenta, com a participação de representantes da Saúde de Patos de Minas e outras autoridades. O parlamentar será o representante do Legislativo patense nas duas oportunidades.

Conforme consta no ofício da Comissão de Saúde enviado aos Municípios vizinhos, caso seja concretizada, a medida trará graves prejuízos aos 33 municípios envolvidos. “Isso porque, dentre outros, uma empresa privada visa ao lucro, o que certamente não irá condizer com os interesses de um hospital como o Regional, que tem sua relevância social indiscutível. Além disso, é fato que nenhum hospital público administrado por empresa privada presta serviço adequado. Há, inclusive, casos de superfaturamento, de falta de medicamentos e de materiais”, relataram. Os membros da Comissão de Saúde também ressaltaram que a primeira terceirização seria em Barbacena, porém, após as manifestações dos vereadores locais, aparentemente a tentativa não foi levada adiante com relação àquele hospital. “Portanto, acreditamos que, com a união do Legislativo de todos os 33 municípios envolvidos, conseguiremos reverter a situação”, substanciaram os parlamentares.

A possível “privatização” da Fhemig, da qual faz parte o Hospital Regional Antônio Dias, tem embasamento na Lei Estadual nº 23081, de 10/08/2018, que “Dispõe sobre o Programa de Descentralização da Execução de Serviços para as Entidades do Terceiro Setor e dá outras providências”. Entretanto, cabe ao chefe do Poder Executivo Estadual decidir sobre a viabilidade de implantação da medida nos Municípios mineiros.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Patos de Minas.

Imagens atualizado em 11/10/2019 • 12 fotos

Postado em 11/10/2019
Compartilhe:

62 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • A FAVOR!!# | 1 dia, 12 horas atrás

    Assim muitos funçionarios ruim de serviço vao ter que deixar de pteguiça e trabalhar.

    4 5 Responder

  • Jorge Silva | 1 dia, 22 horas atrás

    Quem quiser assinar petição contra a privatização do HRAD, copie e cole o endereço: https://secure.avaaz.org/po/community_petitions/ROMEU_ZEMA_-_GOVERNADOR_DE_MINAS_GERAIS_SOMOS_CONTRA_A_PRIVATIZACAO_DOS_HOSPITAIS_PUBLICOS_DO_ESTADO_DE_MINAS_GERAIS/?emhQqmcb&utm_source=sharetools&utm_medium=email&utm_campaign=petition-792305-SOMOS_CONTRA_A_PRIVATIZACAO_DOS_HOSPITAIS_PUBLICOS_DO_ESTADO_DE_MINAS_GERAIS&utm_term=hQqmcb%2Bpo

    5 4 Responder

  • Hernesto | 2 dias, 20 horas atrás

    Quero mais e que esse hospital seja privatisado porque ate hoje nossos políticos só lembra desse hospital em época de eleição e digo mais se for privatisado com certeza vai melhorar e muito

    4 7 Responder

    Marcos - 1 dia, 22 horas atrás

    Talvez se privatizássemos o raciocínio de algumas pessoas de Patos de Minas e região, o Hernesto não escreveria "privatisado"

    6 2

  • Aldo | 4 dias, 16 horas atrás

    eu quero q esse mamadores de tetas publica me mostrem pq uma privatização seria ruim para quem necessita dos hospitais publicos. Me mostrem argumentos concretos de que isso é ruim pra população.

    9 11 Responder

    Tony Soprano - 1 dia, 19 horas atrás

    Olha o Hospital Sao Lucas

    4 2

    REALISTA - 1 dia, 5 horas atrás

    E Desde quando o Hospital São Lucas passou por Alguma Privatização. O São Lucas estava Alugado. Sabe de Nada. Precisa ler mais e estudar mais antes de conversar asneira kkkkk. Onde já se viu privatizar uma empresa Particular? O São Lucas é empresa Particular Sua Anta....

    0 4

    Breve explicação sobre OS - 17 horas atrás

    Realista o Hospital são lucas passou sim por duas OS, ele foi vendido a 10 anos para uma fundação de São Paulo com nome de Riguette que foi a primeira grande queda do hospital, Segunda vez foi para fundação do Sergio Muniz aquele mesmo que ficou preso um bom tempo que a esposa era deputada federal por Montes claros. Vai la ver a situação do hospital nem algodão, esparadrapo tem, medicações o hospital Regional e outras entidades estão doando, material de higiene basica familiares que estão levando para os pacientes. Agora vc quer que aconteça o mesmo o HRAD? Aldo fez um levantamento em 100 hospitais que aderiram as OS,s somente 2 desses hospitais pelo Brasil deu certo e pq teve um alto investimento do governo, 98 hospitais a maioria está em um estado de calamidade parecido ou pior que o são lucas pq tiveram que fechar as portas.

    0 0

  • CIDADAO PATENSE. | 4 dias, 17 horas atrás

    GRAÇAS A DEUS ESSES NOCEGO DOS VEREADORES EXERGOU ALGUMA COISA PARA O POVO ...

    7 5 Responder

  • Teve vereador que fez arminha com a mão nas ultimas eleições | 4 dias, 20 horas atrás

    Eu quero ver esses vereadores que votaram no zema e no bozo ganharem eleição aqui em Patos. Vão tomar bomba nas urnas para largarem de ser contra a população.

    14 14 Responder

    juca - 4 dias, 16 horas atrás

    e de onde vcs acham q estão em maioria pra ter poder de voto? kkkkkkk Tadinha desses canhotos, até hoje eles não entendera q o bolsonaro ganhou pq teve mais gente votando. Eles ainda acham q é parte do gopi na dilma.

    5 9

    Riala Mafon - 4 dias, 11 horas atrás

    juca-------------------deixe de assistir os jornais das televisões, procure se informar mais pelo youtube e eu tenho certeza que vc vai sentir vergonha das bobagens que vc escreveu acima. O Bolsonaro teve maioria e ainda tem aqui em Patos devido a alienação promovida pela Televisão Aberta, Globo; Record e SBT principalmente. Veja notícias e e comentários no you tube que vc sairá do Mito da Caverna de Platão.

    8 1

  • CIDADÃ | 5 dias, 1 hora atrás

    Tem mais é q privatizar mesmo, não fazem o trabalho direito, privatiza logo !

    16 14 Responder

    observador - 4 dias, 22 horas atrás

    O que vc sabe sobre trabalho direito? Pelo que me consta la nao e terreiro de macumba nao.

    13 4

  • Willian | 5 dias, 5 horas atrás

    Não interessa se é gerido pelo Estado ou pela iniciativa privada, mas se é pra atender a população (e principalmente a quem não tem condições de pagar particular, tem que ser eficiente. Aqui não digo que tem que dar lucro, mas usar os recursos disponíveis da melhor forma possível. Independente se é publico ou privado, o investimento tem limite. Não dá pra tirar de dinheiro de onde não tem dinheiro. Não sei se vocês se lembram, mas o dinheiro que o Estado tem foi tirado de nós. Não existe almoço grátis! Nós pagamos por esses serviços, mesmo que sejam públicos e "gratuitos". Pro Estado investir mais, precisa nos tirar mais dinheiro. Não sei pra vocês, mas pra mim está puxado. De todo meu dinheiro, basicamente metade vai pro Estado. E o retorno é péssimo! Que haja discussão, sim! E da forma que for continuar, que seja melhor. Porque do jeito que está, não está bom.

    7 6 Responder

  • Riala Mafon | 5 dias, 8 horas atrás

    Como todos sabem o capital gerado pelo Pré-sal seria destinados 75 % para a Educação e 25% seriam para a saúde. Um bando de matusquelas promoveram um Golpe com Supremo e com tudo, incluindo generais, Departamento de Justiça dos EUA etc. Concluíram o Golpe pela Lava a Jato, o grande engano do povo brasileiro, prendem o Lula para não concorrer as eleições de 2018. O Bando de matusquelas, entre deputados, senadores governadores e claro o Poder Central conluiaram o Golpe e dançam em cima do cadáver do Brasil. Temos que imitar o povo do Equador, da França, não podemos ser esse gado cabisbaixo concordado com o corredor do abate. Que liderem o povo os padres, políticos e a PM que também são trabalhadores como todos nós. Uma Fênix tem que ressurgir e está nas mãos dos líderes. Temos que tomar o Brasil de volta, e gritar para o mundo ouvir: O Brasil é com "s" !

    16 7 Responder

    Dário - 4 dias, 21 horas atrás

    Cara, dizer isso para essa sociedade hipócrita de Patos de Minas é chover no molhado, pessoal tem carnê de 100 meses no porta luvas do carro do ano e se acham da elite!

    11 2

  • Riala Mafon | 5 dias, 10 horas atrás

    Como todos sabem o capital gerado pelo Pré-sal seria destinados 75 % para a Educação e 25% seriam para a saúde. Um bando de matusquelas promoveram um Golpe com Supremo e com tudo, incluindo generais, Departamento de Justiça dos EUA etc. Concluíram o Golpe pela Lava a Jato, o grande engano do povo brasileiro, prendem o Lula para não concorrer as eleições de 2018. O Bando de matusquelas, entre deputados, senadores governadores e claro o Poder Central conluiaram o Golpe e dançam em cima do cadáver do Brasil. Temos que imitar o povo do Equador, da França, não podemos ser esse gado cabisbaixo concordado com o corredor do abate. Que liderem o povo os padres, políticos e a PM que também são trabalhadores como todos nós. Uma Fênix tem que ressurgir e está nas mãos dos líderes. Temos que tomar o Brasil de volta, e gritar para o mundo ouvir: O Brasil é com "s" !

    14 4 Responder

carregar mais comentários