349669 2216 Ok
Publicado em 31/03/2017
Compartilhe:

Com balões e faixas, manifestantes fazem passeata até o UNIPAM contra a Reforma da Previdência

Os manifestantes foram em passeata até o UNIPAM.

Os manifestantes levam faixas, cartazes, apitos e balões vermelhos.

Trabalhadores de diversas classes em Patos de Minas fizeram uma manifestação contra a Reforma da Previdência nesta sexta-feira (31). Eles saíram da Praça do Coreto e foram até o Centro Universitário de Patos de Minas-UNIPAM. A Polícia Militar acompanhou os manifestantes. Eles protestaram contra o Presidente Michel Temer.

Setores da educação, saúde, bancos e rodoviários participaram da manifestação. Eles se reuniram na Praça do Coreto onde assistiram a vídeos explicando sobre o que seria a Reforma da Previdência e porque eram contra a medida. Imagens dos políticos mineiros que são favoráveis à Reforma foram exibidas e receberam as críticas dos manifestantes.

Com balões vermelhos, cartazes, faixas e vários gritos, eles saíram em passeata pelas ruas do centro da cidade. Uma viatura da Polícia Militar foi à frente dos manifestantes. Um enorme congestionamento se formou na avenida Getúlio Vargas, mas muitos apoiaram o movimento. Depois, eles tomaram a General Osório e Rua Major Gote com destino ao Centro Universitário.

Apesar dos congestionamentos, motoristas apoiaram o manifesto e chegaram a fazer um buzinaço ao passar pelos manifestantes. Os protestos também pediam a todo momento para as pessoas saírem para rua e se juntarem à manifestação que, de acordo com a Polícia Militar, foi totalmente pacífica. “O pessoal é muito ordeiro”, elogiaram os policiais.

Esta foi a terceira manifestação contra a Reforma da Previdência em Patos de Minas. Os organizadores avaliaram como a maior delas até o momento. A rede estadual de educação está praticamente toda de greve em Patos de Minas e na região. Nesta sexta-feira (31), professores do município também paralisaram em apoio ao manifesto. Os coordenadores informaram que a greve nas escolas estaduais continua em todo o estado. 

As críticas são direcionadas a vários pontos. Os manifestantes temem que a Reforma da Previdência traga diversos prejuízos aos trabalhadores, impedindo que muitos consigam se aposentar. Eles também acreditam que ela não está em crise como o governo diz. Outro protesto é com relação à Terceirização do Trabalho. Eles entendem que a medida vai precarizar os direitos dos trabalhadores, levando a uma redução dos salários.

Imagens atualizado em 31/03/2017 • 66 fotos

Autor: Farley Rocha

Postado em 31/03/2017
Compartilhe:

86 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • J | 8 meses, 2 semanas atrás

    Cadê as manifestações pra protestar contra os buracos?

    1 0 Responder

  • Cangaceiro | 8 meses, 2 semanas atrás

    Pão com mortadela e 70,00 por meia hora de serviço. Bem pago, viu! A malandragem tomou conta do país e esses petralhas só servem pra fazer muvuca. Fora, petralhada! Petista não gosta de trabalhar. Suor de petista cura câncer, mas você nunca consegue tirar. Quem já viu um petista suado trabalhando?

    2 7 Responder

  • Mãe | 8 meses, 2 semanas atrás

    Acho digno que todos de forma respeitosa busquem ou ate mesmo reivindicam seus direitos. Porem ser professor é uma opção e não uma obrigação. Sabendo que esse país é uma desgraça, porque vocês se prestam a fazerem OS CHAMADOS CONCURSOS? Sabendo das turbulências generalizadas que encontraram durante todo o percusso inclusive ao findá-la? E eu que saio de casa todos os dias as 7:30 da manha para trabalhar em uma empresa privada, ganho o salario do comercio chego em casa todos os dias as 18:30, fico o dia todo sem ver meus filhos ( 12 anos e 8 anos) no final do mês tenho que me desdobrar para conseguir, e nem por isso culpo ou atrapalho a vida alheia. Pois estar nesta empresa é opção minha. E alem do mais, sou feliz aqui. Com a paralisação meus filhos ficam sem aulas, e ainda terão que pagar nas ferias. Quanto mais tem mais se quer. Façam suas "LUTAS " nos finais de semana, assim não atrapalha as crianças estudarem, o transito a fluir, os pais de crianças que assim como eu precisam deles na escola no horário de direito. Isso sim é caminhar na luta por direitos iguais e a favor de um BRASIL MELHOR.

    1 5 Responder

    Paulo - 8 meses, 2 semanas atrás

    Mãe. Com esse vocabulário certinho? Ganhando salário de comerciário? Me poupe. A ponta da Coxinha está aparecendo por traz do pão com mortadela. O Brasil está nesta merda, exatamente por causa de pessoas acomodadas como a senhora. Se de fato ganha a esmola que pagam aos comerciários e está satisfeita (o que acho muito improvável, pois seu vocabulário denuncia que é a patroa e não a empregada), você merece a vida de escravidão que você mesmo descreve. Por outro lado, se é um dos falso ricos de Patópolis, está muito enganada, se pensa que reformas bizarras como a da previdência e a trabalhista não são problemas seu. Estas porcarias vão acabar de afundar nosso país, retirando ainda mais dos trabalhadores, para dar aos milionários. De quebra, os falso ricos, que dependem do consumo dos trabalhadores para viver, vão tomar o lugar dos trabalhadores na senzala, quando estes forem reduzidos à mendicância.

    6 0

  • Betão | 8 meses, 2 semanas atrás

    É lindo ver o PT e Cut e toda a massa de massa de manobra agonizando... :kissing_heart:

    6 6 Responder

  • xibiu | 8 meses, 2 semanas atrás

    com quem que o temer vai ver isso, perderam tempo nesse sol quente sues arruaceiros, feio de mais isso so entupindo o transito que papelao feio esse povo faz, isso e querer aparecer de mais, coisa feia gente, por isso o brasil ta q ta com esse tipo de gentinha. :joy: :joy:

    5 10 Responder

  • Anônimo | 8 meses, 2 semanas atrás

    Manifestação totalmente partidária. O vídeo antes da passeata tem a fala do Lula. E aí vem me dizer que é uma manifestação contra o atual Governo. Aliás atual governo que foi eleito pelos eleitores do Lula lembram? Totalmente partidária.

    11 12 Responder

  • Calanga | 8 meses, 2 semanas atrás

    Isso aí pra mim é bando! Gente que tem coragem de trabalhar e suar a camisa não entra no meio da fuleiragem dessa não. Só professor analfa e sindicalista parasita que gosta dessas coisas. Se estão insatisfeitos, procurem um lugar onde recebem mais! Bando de desocupados recebendo salário de dinheiro do contribuinte pra atrapalhar o trânsito! Onde tem PT, nada presta!

    9 19 Responder

  • Brasil#justo | 8 meses, 2 semanas atrás

    Independente de partido político é preciso que lutemos para manter os direitos de TODOS os trabalhadores. E greve também é aula de cidadania. Reflita: Professor não tem obrigação de dar ovo de Páscoa, mas dá! Professor não tem obrigação de dar dinheiro pras comemorações da escola, mas dá! Professor não tem obrigação de dar o tempo fora da escola, tempo esse destinado à sua vida pessoal e familiar, para pesquisar atividades e confeccionar materiais, mas dá! Professor não tem obrigação de dar presentes no Dia da Criança, mas dá! Professor não tem obrigação de gastar o tempo da aula, ensinando valores que são de competência dos pais, mas perde horas ensinando que não se deve bater no colega, não deve falar palavrões, que sala de aula é lugar para aprender a gramática, a matemática e os conhecimentos gerais, é para o desenvolvimento cognitivo e não para teste de força bruta ou para saber quem grita mais alto, ou até mesmo para ver quem se comporta de maneira mais inadequada. Professor é polivalente! De tudo um pouco, médico, psicólogo, palhaço, artista, assistente social, entre tantas outras atividades! Somos importantes, mas desvalorizados! Somos indispensáveis para a sociedade, mas por ela inferiorizados! Somos convocados para as causas coletivas, mas abandonados nas nossas lutas singulares! Somos militantes da justiça e da verdade, mas tratados sempre como mercenários! Ainda que sejamos atacados, hostilizados, feridos nos nossos direitos, vamos para a sala de aula falar de amor, de paz, de tolerância, além de todos os saberes curriculares obrigatórios! Somos o pilar desta sociedade, o princípio de todas as profissões, o dia que nos derrotarem, não estarão derrotando apenas uma categoria, derrotada estará toda a humanidade!????????????????

    11 4 Responder

  • patense | 8 meses, 2 semanas atrás

    A reforma tributaria e a política fica apenas na conversa. Antes de fazer uma reforma da previdencia seria melhor e mais produtivo fazer uma auditoria no inss e um pente fino nas aposentadorias. 40% das aposentadorias são fraudulentas. O inss sabe disso.

    12 1 Responder

  • kim | 8 meses, 2 semanas atrás

    E esses balões vermelhos??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk perderam a credibilidade pela cor dos balões... RIDICULO!!!

    14 20 Responder

carregar mais comentários