Temporal dessa terça-feira foi mais de 3 vezes o volume previsto para Patos de Minas

De acordo com a Estação Meteorológica no distrito de Sertãozinho choveu mais de 3 vezes o volume esperado.

publicado em 04/12/2019, por Farley Rocha


Os estragos deixados pelo temporal desta terça-feira (03) em Patos de Minas puderam ser vistos nesta quarta-feira (04) de canto a canto da cidade. O asfalto foi arrancado em diversas ruas. E o volume pluviométrico foi mesmo muito superior do que era previsto. De acordo com a Estação Meteorológica na Comunidade de Sertãozinho choveu mais de 3 vezes o volume esperado.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

De acordo com a informação fornecida pela Estação, a precipitação nesta terça-feira (03) foi de 68 milímetros em Patos de Minas, enquanto a previsão era de 20 mm, o que já não era pouco. Nesse caso, pode-se dizer que choveu 68 litros de água para cada m² ou 68 mm de altura de lâmina d’água para cada m².

E o problema pode se repetir já que a previsão é de mais chuva para os próximos dias. Com previsão de 15 mm para esta quarta-feira (04), moradores voltaram a sentir os estragos. Por volta das 13h00, na Rua São Geraldo, que ficou destruída pela forte correnteza, um grande lamaçal foi arrastado para a via que está interditada.

Na Rua dos Vilelas no bairro Rosário, os moradores voltaram a ter a casa alagada no início da tarde. Após viverem um momento de desespero durante o temporal de ontem eles acabaram registrando a casa coberta de água mais uma vez. Na Rua Mata dos Fernandes, a água mesmo em menor volume voltou a formar correnteza.

A previsão para os próximos dias também é de chuva em Patos de Minas. Na quinta-feira (05), deve chover 12 mm; na sexta-feira (06), mais 20mm; no sábado (07), outros 15 mm e, no domingo (08), mais 15 mm.

Nota da Prefeitura

"A Prefeitura Municipal de Patos de Minas vem, por meio desta nota, informar à população que todas as suas frentes estão mobilizadas no intuito de mapear os estragos causados pelo temporal que acometeu a cidade na tarde dessa terça-feira (3), realizar a limpeza de vias e a reparação desses estragos.

Muitas dúvidas foram levantadas acerca da qualidade do reperfilamento asfáltico após a intempérie à qual Patos de Minas foi submetida ontem. A Prefeitura Municipal categoricamente informa que a grande maioria dos estragos causados nas vias foi em asfaltos já antigos. É necessário ressaltar que em algumas ruas e avenidas, que receberam o reperfilamento, houve estragos, todavia os danos causados aconteceram em trechos não reperfilados. Os trechos que receberam o asfalto, em sua grande maioria, reagiram muito bem ao exorbitante volume de água que os atingiu (calculado em torno de 120mm despejados em pouquíssimo tempo). Portanto, entendemos que a aquisição da usina móvel de asfalto foi um ótimo investimento, estando dentro da expectativa quanto à qualidade do serviço.

Pedimos a todos compreensão, paciência e cooperação para que possamos juntos passar pelas adversidades que possam ser causadas pela natureza neste período de chuvas, ressaltando que estamos trabalhando ininterruptamente no sentido de prevenir possíveis sinistros e reparar os estragos causados, tentando impactar da menor forma o cotidiano do cidadão patense."

Autor: Farley Rocha Postado em 04/12/2019
Compartilhe:

13 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • OLHA AI | 1 semana atrás

    LITERALMENTE / LAVAGEM DE DINHEIRO DE NOSSOS IMPOSTOS.......E NAO ACABARA NUNCA.

    2 0 Responder

  • Nicomedes | 1 semana atrás

    Primeira aula grátis: Asfalto novo, mesmo se fosse bem feito, NÃO adere ao asfalto VELHO e SUJO. Não adianta teimar. :hammer: Segunda aula grátis: Estação em Sertãozinho não reflete a realidade da zona urbana... Clima e chuvas daquela região são diversos, e muito, da cidade. :hammer:

    4 0 Responder

  • PATOS CIDADE DO DINHEIRO LAVADO | 1 semana atrás

    A Major Gote ficou pior depois da obra da Unipam . Pois a Unipam não colocou nenhuma boca de lobo .aí quando chove vira um Rio arrasta carros d faz estragos

    12 1 Responder

  • RESISTÊNCIA | 1 semana atrás

    meu primo me falou que é por conta do bozo por fogo na amazonas que ta dano essas chuva

    0 10 Responder

  • Jean | 1 semana atrás

    Será que algum dia vai aparecer um prefeito que vai ter coragem de abrir a Major Gote e fazer a galeria para passar as águas das fortes chuvas é lógico q a galeria que tem não suporta o volume de água.

    10 0 Responder

  • "Ta serto" | 1 semana atrás

    A usina móvel de asfalto foi um ótimo investimento sim, o povo que é chato demais mesmo :facepunch:

    18 11 Responder

  • Pirilampo | 1 semana atrás

    Blá-blábláblá... chega disso, todo ano a mesma conversa, as mesmas desculpas. Mas de fato, o que fizeram pra melhorar ao menos um pouco e minimizar estragos? NADA. Não fizeram nada. Se tivessem começado a pensar há 10 anos atrás, que já tinha esse problema, talvez hoje tivesse menos transtornos. Papo de políticos, mais nada.

    8 3 Responder

  • Brás | 1 semana atrás

    68 mm não é considerado uma tempestade, patos está cheia de obras mal feitas, é um negócio de começar e não acabar, engenheiros sem visão, empreiteiras incompetentes, fiscais de obras mais incompetentes ainda, administração pública e uma vergonha.Ate quando aquela ponte da Fátima porto com a Piauí vai ficar ali segurando água da enchurrada?Aquela alsa que liga a Fátima porto a prefeitura, não vai ser terminada mais? Prefeita tá na hora de mudança.

    30 16 Responder

  • | 1 semana atrás

    o temporal de ontem não tem relação com zona de alta ou baixa pressão atmosférica, zona de convergência do Atlântico, ventos alíseos , mas pela aproximação do dia de "santa Barbara" a " padroeira dos raios". O incrível é que em pleno século XXI, ainda tem gente com a mentalidade da Idade Média, para crer nessas furadas. Que Deus tenha misericórdia e abra a mente dessas pessoas que vivem nas trevas.

    2 7 Responder

  • Paulo | 1 semana atrás

    No Bairro alto limoeiro choveu 120 mm o maior volume já registrado nos últimos anos tenho tudo anotado em mais de 10 anos. O que não vale é pegar referencia do sertãozinho para Patos de Minas não pela distancia sim pela topografia uma medição só pode ser levada em consideração dentro de uma arrera topografia de águas vertentes, a chuva que vez estrago ontem foi concentrada na parte alta da cidade

    31 1 Responder

carregar mais comentários