349669 2216 Ok
Publicado em 28/12/2016
Compartilhe:

Tem problemas de ansiedade? Veja as dicas da psicóloga clínica do Vera Cruz, Andréa Gomes

Segundo estudos da Organização Mundial da Saúde, a doença afeta aproximadamente 10 milhões de pessoas no Brasil.

Os traumas provocados pela ansiedade têm se tornado cada dia mais comuns entre os brasileiros. A psicóloga da clínica do Vera Cruz Hospital, dra. Andréa Rodrigues Gomes, explica que ansiedade se apresenta de duas maneiras, sendo que a forma patológica da doença pode ter consequências mais graves.

Dificuldades de concentração, perda de sono e boca seca são alguns dos sintomas causados pela ansiedade, que podem se agravar com o passar do tempo e provocar também a síndrome do pânico. Segundo estudos da Organização Mundial da Saúde, a doença afeta aproximadamente 10 milhões de pessoas no Brasil.

Andréa Rodrigues explica que o paciente deve procurar ajuda profissional para tratar os sintomas e evitar que ansiedade afete a vida social do paciente.

Autor: Maurício Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 28/12/2016
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Santinha | 11 meses atrás

    Dr vera eu estou com estes sintomas q VC disse,só que agora pra cabar de completa não consigo dormir mais com a luz apagada tem q ficar acesa todos os dias

    3 3 Responder

    Ansiosa - 11 meses atrás

    Santinha, vc precisa se consultar com um médico e com um psicólogo, para que eles façam o diagnostico. Pode ser algo passageiro, mas se não for, precisa sim de tratamento.

    4 0