Publicado em 02/10/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Servidores municipais reclamam de redução nos salários e pagamento segue sem data definida

Sem ainda receber este mês, eles cobraram explicações da administração municipal.

Prefeitura Municipal de Patos de Minas.

Alguns servidores da Unidade de Ponto Atendimento entraram em contato com o Patos Hoje nessa segunda-feira (01) informando que os contracheques do mês de outubro foram preenchidos com valores inferiores aos meses anteriores. Sem ainda receber este mês, eles cobraram explicações da administração municipal, ressaltando que não poderá haver redução nos salários.

Nesta terça-feira (02), a Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal informou que, segundo o Secretário Municipal de Administração, José Martins Coelho, o servidor que notar qualquer discrepância em seu contracheque deverá comparecer à Diretoria de Recursos Humanos para esclarecimento. O RH tem feito uma análise de todos os casos.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Com relação ao dia do pagamento, a Assessoria de Comunicação informou que ainda não possui um posicionamento. O cartão alimentação, que mudou de operadora neste mês, já foi creditado e os servidores podem utilizar. O Prefeito Municipal, José Eustáquio, disse na apresentação das metas fiscais do quadrimestre, que o principal problema tem sido a falta de repasse de verbas do governo estadual.

Autor: Farley Rocha Postado em 02/10/2018
Compartilhe:

44 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Decepcionado | 1 mês, 2 semanas atrás

    .. e os vereadores não vão falar nada a respeito disso? Os salários dos vereadores já está pago né?! O senhor José Martins Coelho trata os servidores municipais pior do que lixo! Esquece que a política gira. Tá acabando com o respeito e dignidade dos funcionalismo municipal. Não há como trabalhar motivado. Nem pelo salário... que nunca sabemos o dia da sua chegada... sempre ameaçando... de onde brotou esse indivíduo maléfico?

    12 0 Responder

    - 1 mês, 2 semanas atrás

    Será que políticos são burros, eu acho que sim, mais esse prefeito começou bem, agora tá se revelando que ele igual ao prefeito da administração passada, ferrando servidores, nas próximas eleições, não voto em nenhum candidato de seu partido, se você ta jogandocopiando o plano de governo Pimentel, você tá dando um tiro no pé,

    3 0

  • Eta | 1 mês, 2 semanas atrás

    E amigos trabalhar já não é bom,ainda mais chegar ao final e ainda ter problemas com pagamento e as contas pessoais não param de chegar. Essas prefeituras pode por terra mesmo.

    7 0 Responder

  • Aladim da Lâmpada | 1 mês, 2 semanas atrás

    Eu queria saber se o prefeito contrataria algum funcionário para trabalhar pra ele apenas por 6 horas. É uma vergonha esse negócio de 6 horas. Em lugar nenhum do mundo existe esse tipo de mordomia. Faz concurso para trabalhar 8 horas e vem um prefeito que adora gastar a toa o dinheiro do contribuinte e diz pro povo trabalhar apenas 6 horas. Vexatório isso.

    5 9 Responder

    Pirilampo - 1 mês, 2 semanas atrás

    Aladim, acho que o seu "gênio tá quebrado" cara, o país tá com quase 40 milhões de desempregados, desalentados e vivendo de bicos. Como resolver essa situação? A primeira opção, em quase todos as propostas dos presidenciáveis, é baixar carga horária pra dar mais opção e dividir o trabalho em turnos de forma as empresas contratarem mais pessoas, em todo lugar desse vasto mundo de meu Deus é assim. Se não tem como criar novos postos de trabalho, dividimos os que existem, é assim em todo paizinho vagabundo e sem futuro, Brasil, il, il, il...

    5 4

  • Animal | 1 mês, 2 semanas atrás

    Me mandaram procurar um advogado. É brincadeira? Meu direito. Estão me roubando!!!!!!!!!!!!!! Trabalhei e tenho que receber. Tenho contas para pagar e família para sustentar. Não sou rico. Onde já se viu você contratar um serviço por um valor e depois do serviço feito você pagar menos e sem justificativas. Quadrilha. :rage: :rage:

    20 1 Responder

  • Playboy | 1 mês, 2 semanas atrás

    Pelo serviço prestado à população, deviam trabalhar de graça.

    4 18 Responder

    Eta - 1 mês, 2 semanas atrás

    Então vai vc trabalhar de graça pau no rabo

    4 2

    - 1 mês, 2 semanas atrás

    Infelizmente Aladim sua opinião e de um comunista safado, quero ver você trabalhar numa creche oito horas diárias, com uma sala sem estrutura, com 20 crianças, com diversos temperamentos difícil, ou trabalhar numa UPA lotada com um perigoso imenso de contágio de infecção ou por agressão, vai trabalhar área de serviço gerais para você ver, ai você pública sua mensagem novamente, tenho certeza que você e um doente do PT.

    1 0

  • Eu vou falar | 1 mês, 2 semanas atrás

    Os profissionais da UPA estão desmotivados, receosos, recuados e amedrontados. O principal agente desses fatores inconvenientes e danosos são os gestores. Estamos convivendo diariamente com incertezas, ameaças veladas, assédio moral e uma série de episódios, boatos, zunzunzuns e calúnias atravancadas. Não há respeito com os profissionais. Trabalhamos em um regime de medo e intimidações constantes. Na verdade, estamos sendo tratados como lixo pela administração municipal. Diga-se de passagem o secretário de administração José Martins Coelho

    15 1 Responder

  • Tenso | 1 mês, 2 semanas atrás

    Tem que perguntar ao prefeito e ao secretário onde aceitam o cartão alimentação para pagamento de contas! Ou eles acham que não vence água luz entre outras!!

    16 0 Responder

    Cansado - 1 mês, 2 semanas atrás

    Pois é, mas aproveite o seu cartão alimentação, pois na reunião da semana passada o secretário de administração (José Martins Coelho) insinuou que irá cancelar o cartão alimentação dos funcionários da UPA. Pode perguntar para qualquer um que estava presente na reunião do dia 25/09/2018 (quinta-feira).

    12 0

  • Servidor | 1 mês, 2 semanas atrás

    "A culpa é do estado" já não cola mais, se o estado errou, o gestor municipal mais ainda. No início dos atrasos de repasse deviam ter "administrado" outros recursos pra já garantir as folhas subsequentes. O pior de tudo isso é que as terceirizadas recebem antes dos funcionários, pra mim isso já é motivo pro MP intervir. Ridículo essa desculpa esfarrapada por motivos claramente políticos, eleitoreiros. Uma vergonha pra essa gestão, ficar marcada como ruim e que não paga salários em dia, semelhante a outros anteriores... prometeu e não entregou o prometido, ao término desse mandato: tchau, foi tarde.

    16 0 Responder

    Salete Silva - 1 mês, 2 semanas atrás

    A CULPA agora É DO PEDRO LUCAS! Não tem 17 Vereadores para apoiarem o FUNCIONALISMO PÚBLICO MUNICIPAL numa GREVE GERAL, por tempo indeterminado, por melhores salários e por pagamento em dia? Façam valer os seus direitos agora com a dupla ZEZÃO-PAULÃO no comando ou vão esperar 2020?

    6 3

    Joaquim Felizardo - 1 mês, 2 semanas atrás

    A redução da carga horária de 8h para 6h/dia pressuporia uma redução salarial de 25%. O MP interveio? Não. Então, se a Turma do Zezão atrasar o salário em 30 dias, está dentro da normalidade casual.

    1 1

  • Rosimeire | 1 mês, 2 semanas atrás

    o mensalão, o petrolão e outros casos de corrupção mergulharam o Brasil num profundo caos; domingo tem eleição pense nisso

    7 1 Responder

  • MMR | 1 mês, 2 semanas atrás

    O que eu acho engraçado é que fica dependendo do governo por não usa o dinheiro das multas para pagar os servidores? Porque as multas já viraram foi comercio aqui em Patos, já que ninguém denunciou o guarda que foram contratados irregularmente em concurso. Aqui em Patos pagamos muitos impostos pra ter que aturar que façam pouco caso dos cidadãos. Quatro meses que atrasam nosso salário tá demais, porque depois temos que tirar dinheiro dá onde não tem pra pagar o juros e ainda reduzem nosso salário. O interessante é nunca erram em nosso favor, só o governo que se beneficia.

    9 0 Responder

carregar mais comentários