Publicado em 04/10/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Professores enfrentam obstáculos e cobram adaptação de prédios para deficientes visuais

Nesta quinta-feira (04), eles puderam perceber as várias dificuldades que as pessoas que não possuem a visão passam.

Poucos prédios públicos possuem o piso tátil, usado para viabilizar a mobilidade dos deficientes.

Professores do Município de Patos de Minas estão participando de um curso sobre Orientação e Mobilidade para deficientes visuais. Nesta quinta-feira (04), eles puderam perceber as várias dificuldades que as pessoas que não possuem a visão passam. Poucos prédios públicos possuem o piso tátil, usado para viabilizar a mobilidade dos deficientes.

Sônia Aparecida Soares é uma das participantes do curso. Ela destacou que o piso tátil é muito importante para os deficientes e que há lei obrigando a instalação. Ela explicou que visitaram alguns prédios construídos recentemente em Patos de Minas e os professores puderam perceber que ainda falta muito para que os deficientes consigam se locomover com facilidade.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Na Praça Abner Afonso e Caixa Econômica Federal, os professores notaram que o piso tátil, faixa instalada no chão para permitir a locomoção com o uso de uma bengala, está adequado e ajuda muito a vida dos deficientes visuais. “Quando se passa a bengala, ela corre e eles podem perceber o momento de seguir e de parar”, contou.

No entanto, na Igreja Matriz o piso tátil não está adequado. De acordo com Sônia, o piso foi instalado de forma irregular e a bengala acaba não deslizando. Além disso, há obstáculos como árvores perto da faixa onde o cego se locomove. “Ainda não há orientação para o cego entrar na igreja, apenas ao redor do local. É preciso se preocupar mais com esta questão”, disse.

Os deficientes visuais têm garantido o acesso a espaços públicos. “No cinema, eles também devem ter acesso, basta o sistema de som seja compatível”, contou. Os professores estão passando por este curso para aprender melhor como lidar com alunos com deficiência visual. “Eles conseguem fazer tudo, muitas coisas até com mais habilidade”, destacou Sônia. 

Imagens atualizado em 04/10/2018 • 13 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 04/10/2018
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • . | 1 mês, 2 semanas atrás

    Vocês reclamam daí,porque não conhecem as instalações da nova sede da Prefeitura aqui do Carmo do Paranaiba. V E R G O N H A .

    0 0 Responder

  • Sisau | 1 mês, 2 semanas atrás

    Ta certo professoras tem que cobrar mesmo ,o município recebeu muito das multas de trânsito !

    2 1 Responder