Procon compara preços de materiais escolares em 8 papelarias de Patos de Minas

Foram visitadas oito papelarias e pesquisados preços de 46 itens.

publicado em 15/01/2020,


Imagem Ilustrativa.

O Procon de Patos de Minas realizou, mais uma vez, pesquisa de levantamento de preços de materiais escolares para o ano letivo de 2020. A lista compara o valor de 46 itens em oito papelarias (quatro na região central e quatro em bairros), observando o menor preço, independentemente da marca.

Os preços divulgados são para pagamento à vista e referem-se à data de 10 de janeiro. Nesse dia, o valor da resma de papel ofício A4, por exemplo, variou de R$ 16,50 a R$ 23,90, ou seja, diferença de R$ 7,40 (30%). Esse caso confirma a importância de o consumidor pesquisar antes de efetivar a compra, hábito que resulta em economia, como destaca o coordenador do Procon de Patos de Minas, Rafael Godinho.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

O princípio da transparência consagra que o consumidor tem o direito de ser informado sobre todos os aspectos de serviço ou produto exposto ao consumo, traduzindo assim no princípio da informação, descrito no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Fonte: Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Imagens atualizado em 15/01/2020 • 2 fotos

Postado em 15/01/2020
Compartilhe:

28 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Contrariado | 1 semana, 1 dia atrás

    Que pesquisa é está:: O povo quer saber é preço de cadernos de lápis de cor coisa que faz diferença na lista! Só papel e cola ????

    0 0 Responder

  • Patense | 1 semana, 2 dias atrás

    :rage: :rage:As pessoas estão reclamando que não tem marca, mais acho mto valida a pesquisa, pois as famílias carentes não estão atrás de marca e sim te preço e tem mta coisa de marca inferior que é boa tbm, por exemplo a caixa de lápis de cor da Faber Castelo e a da Labra que não é mto ruim tem uma diferença de preço bem grande e a de menor valor tbm vai atender a uma criança. Parem de tanto mimimi, se vc quer coisa de marca vc tem condição e tempo pra sair pesquisando, a pesquisa ajuda sim quem mais precisa. :rage:

    2 0 Responder

  • Consumidor consciente | 1 semana, 3 dias atrás

    Quem realizou essa pesquisa para o Procon, infelizmente deixou muito a desejar,apenas aprece o produto e Não a marca... Há de se atentar que nenhuma das papelarias pesquisadas tem culpa nessa pesquisa tão vazia e duvidosa, primeiro que a meu ver o órgão deveria ter o zelo de pesquisar as marcas mais procuradas pelos consumidores e a partir dessa pesquisa elencado cada produto e as variedades de marcas desenvolver a pesquisa e divulgá-la.Porém, Pesquisa eficiente e Boa quem faz é o próprio consumidor que sabe as suas predileções e as suas possibilidades. Fica a dica. Colaboradores do órgão de de defesa ao consumidor, revejam os seus métodos e técnicas de pesquisa. Bom 2020 a todos nós.

    14 10 Responder

  • O bolsonaro segue enganando | 1 semana, 3 dias atrás

    Isso quer dizer que a lista mais barata é nesta papelaria principal ... a pesquisa foi bem mal feita, mas as outras empresas também tem marcas menos famosas e apresentaram a marca de menor preço. .. então, é o mesmo produto

    3 18 Responder

  • Patrocinio | 1 semana, 3 dias atrás

    Pesquisa essa pratrocinada pela Principal e claro

    3 17 Responder

    Justiça - 1 semana, 2 dias atrás

    Você tem noção da gravidade que é essa sua alegação? Onde estão as provas?

    2 0

  • Inversão de valores | 1 semana, 3 dias atrás

    Procon de Patos defende empresários. kKKKKKKKKKKK

    4 15 Responder

    Pirilampo - 1 semana, 3 dias atrás

    Você não entendeu senhor "inversão", a pesquisa é de preços "ao consumidor", pra facilitar a vida deles ao irem às compras desses produtos. "Ao consumidor", agora se você quiser sair pesquisando indo aos locais, ligando, cotando preços, fique a vontade. Procon ajuda os consumidores sim, quem já precisou sabe disso. O que seria de "nozes" sem o Procon, usar a carroça do judiciário? Que piada mais sem graça.

    11 1

  • Lembrança ao prefeito | 1 semana, 3 dias atrás

    Prefeito, você ficou 4 anos no governo e não conseguiu fazer o concurso do PROCON? Por quê?

    3 13 Responder

  • Senhor Aposentado | 1 semana, 3 dias atrás

    Má num faz o menór sentindo Zé Procón... Quando eu estudava só de caneta tinha Bic, Compactor e Faber-Castello ... a pesquisa tem q ter a marca uai, sem marca num adianta!!!

    2 11 Responder

  • Lili | 1 semana, 3 dias atrás

    Onde é essa papelaria alvorada,se for verdade ela está com preços asseciveis

    9 0 Responder

  • Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Procon | 1 semana, 3 dias atrás

    Essa pesquisa mostra o despreparo dos "funcionários " do nosso Procon, igual aos funcionários da prefeitura mesmo, ficam apenas aguardando o fim do mês para receberem seus salários.

    6 13 Responder

carregar mais comentários