Publicado em 04/06/2018
Compartilhe:

Primeira audiência da Revisão do Plano Diretor começa nesta quarta-feira

A audiência da Revisão do Plano Diretor é a oportunidade dos cidadãos debaterem sobre os principais anseios das comunidades

Folder da Campanha do Plano Diretor.

Na próxima quarta-feira (06), acontecerá, no Centro Comunitário de Santana, às 13h, a primeira audiência da Revisão do Plano Diretor do Município. Esta primeira reunião contará com a presença das Comunidades de Santana, Contendas, Paraíso de Baixo, Lanhosos, Campo Alegre, Vieiras e Assentamento 2 de Novembro.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

A Revisão do Plano Diretor tem como objetivo garantir a todos os cidadãos do Município um lugar adequado para morar, trabalhar e viver com dignidade, proporcionando acesso à habitação adequada, ao saneamento ambiental, ao transporte e mobilidade, ao trânsito seguro e aos serviços e equipamentos urbanos.

Para que a Revisão do Plano Diretor funcione, e possa beneficiar a todos, é imprescindível a participação das comunidades. Nessas audiências, a população terá a oportunidade para debater, nortear ideias e apresentar demandas das áreas urbana e rural do município de Patos de Minas.

Novas audiências já estão marcadas: acontecerá, na próxima segunda-feira (11), às 19h, na Escola Municipal Professora Madalena Maria de Melo, abrangendo a reunião Norte da cidade; no dia 18 de junho, segunda-feira, para a região Nordeste, às 19h na Escola Estadual Doutor Paulo Borges; e dia 20 de junho, quarta-feira, no Centro Comunitário de Pindaíbas às 13h, com a presença das comunidades de Pindaíbas, Buracão, Areado, Leal, Batatas, Posses, Vertentes, Abelha, Cabeceira da Abelha, Firmes, Ranchinho e Sapé.

Para saber outras informações e não perder as datas das audiências na área urbana e rural acesse a Página da Revisão do Plano Diretor no Facebook.

Fonte: Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Postado em 04/06/2018
Compartilhe:

3 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Patos de Minas, terrra de beócios na política. | 2 meses, 1 semana atrás

    É muito dinheiro do contribuinte jogado fora em coisas que não resolvem nada. Essa é a diferença de um país como os EUA e o Brasil. Lá eles olham o custo-benefício de tudo e não se metem a fazer esse tipo de bobagem. Administrador-executivo é pra tomar decisão. Se for pro povo ensinar o administrador, podemos demiti-lo porque ele é inútil, incompetente e desinformado. Será que é o nosso caso?

    2 1 Responder

  • cidadao | 2 meses, 1 semana atrás

    Vamos ver qual sera o projeto de arborismo p sociedade, de ciclovias etc... Precisamos de vias para bicicletas uma vez que ninguem da conta de ficar dependendo so de carros p locomover, a cidade é plana e necessita de diversificar o meio de transporte. Todas as sociedades mais evoluidas do Mundo estao investindo em ciclovias. Precisamos de verde, area arborizada para melhorar o clima e a qualidade de vida da populaçao, com isso diminui o barulho, a poluiçao e o estresse da populaçao!

    3 2 Responder

    Patos, terra dos caranguejos na política - 2 meses, 1 semana atrás

    A ex-prefeita Béia teve o momento de falta de lucidez que tirou a ciclovia entre o antigo Fórum e a Major Gote. Ela foi contra tudo que os países e povos mais avançados e progressistas recomendam. Pois é, tirou um pedaço da ciclovia da cidade num lugar estratégico. Cadê um prefeito de pulso pra voltar aquilo lá? Agora, não tem fórum mais ali.

    2 0