Publicado em 02/11/2018
Compartilhe:

Presidente eleito desautoriza informações de "equipe de Bolsonaro"

Pode ser criado um imposto relativo às movimentações financeiras.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse hoje (2), pelo Twitter, que desautoriza informações divulgadas por “equipe de Bolsonaro”. Segundo ele, tratam-se de especulações sobre os mais variados assuntos.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

“Desautorizo informações prestadas junto à mídia por qualquer grupo intitulado “equipe de Bolsonaro”, especulando sobre os mais variados assuntos, tais como CPMF [Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira], Previdência, etc”.

O posicionamento ocorre após diversas notícias terem sido veiculadas na imprensa com informações atribuídas à equipe de Bolsonaro. Hoje (2), o jornal O Globo publicou que a CPMF pode ser recriada para financiar a Previdência. A notícia foi atribuída à "equipe econômica do presidente eleito"

Ontem (1º), Bolsonaro concedeu a primeira entrevista coletiva após a eleição. Ao contrário do que é usual, apenas as TVs (exceto a TV Brasil) e algumas rádios e sites foram convocados para a entrevista, organizada pela assessoria do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente eleito.

Os jornais impressos (e seus portais online), agências de notícias nacionais e internacionais - inclusive a Agência Brasil - tiveram seus pedidos de credenciamento ignorados. O presidente eleito disse que não pediu para excluir ninguém e que desconhecia quem tinha organizado a coletiva.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 02/11/2018
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.