Prefeitura libera R$ 1 milhão para o Hospital São Lucas, mas dívida já passa de R$ 14 milhões

O dinheiro foi depositado no dia 19 de junho em uma conta judicial e deverá ser liberado para a Pró Saúde, que foi designada pela Justiça para administrar a unidade hospitalar, nas próximas horas.

publicado em 25/06/2019, por Maurício Rocha


Hospital São Lucas de Patos de Minas.

O prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves informou nessa segunda-feira (24) que a Prefeitura de Patos de Minas liberou recursos da ordem de R$ 1 milhão para o Hospital São Lucas. O dinheiro foi depositado no dia 19 de junho em uma conta judicial e deverá ser liberado para a Pró Saúde, que foi designada pela Justiça para administrar a unidade hospitalar, nas próximas horas.

O anuncio de que o dinheiro já estava depositado foi feito após manifestação dos funcionários do Hospital São Lucas. Eles reclamam que estão sem receber os salários referentes ao mês de maio e sem o vale alimentação. Outra queixa é com relação às condições de trabalho. Enfermeiros e técnicos alegam que o Hospital está sucateado e com falta até mesmo dos medicamentos mais básicos.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

A Pro Saúde prometeu quitar os salários ainda esta semana, mas os funcionários decidiram entrar em greve a partir dessa terça-feira (25). Nesta manhã, representantes da Pro Saúde e dos funcionários se reúnem na sede do sindicato da categoria em busca de um acordo. A situação preocupa, tendo em vista que o São Lucas é o único hospital particular a atender pelo SUS na região.

Com a liberação dos recursos por parte da Prefeitura de Patos de Minas, a Pro Saúde poderá quitar os salários dos cerca de 300 servidores, como afirmaram os administradores em nota enviada ao Patos Hoje. A promessa é de que os vencimentos sejam liberados para os trabalhadores no máximo até sexta-feira (28). Mas o valor de R$ 1 milhão está longe de ser suficiente para resolver os problemas da unidade hospitalar.

A nota encaminhada pela Pró Saúde ao Patos Hoje informa que “em avaliação preliminar, prevista para ser concluída nas próximas semanas, a Pró-Saúde identificou um déficit que já ultrapassou R$ 14 milhões, incluindo dívidas com funcionários (trabalhista) e com fornecedores. A Pró-Saúde, porém, estima que este valor seja maior em razão de dívidas ainda não apuradas. Foi constatada, também, a falta de insumos e medicamentos essenciais para o funcionamento do hospital.

Desde o dia 21 de maio, a Pró-Saúde vem tomando medidas para assegurar a continuidade dos serviços e realizou o abastecimento do hospital, bem como regularizou o pagamento dos salários atrasados (abril) no próprio mês de maio, após repasse de recursos da Prefeitura de Patos de Minas. Já os salários vencidos no quinto dia útil de maio devem ser quitados nesta semana. Os salários de junho serão quitados com prioridade, assim que o Hospital dispor de recursos.

Nos próximos dias, será apresentado à Justiça um plano de trabalho com foco na sustentabilidade, qualidade e humanização do atendimento oferecido aos pacientes do Hospital São Lucas”.

Autor: Maurício Rocha Postado em 25/06/2019
Compartilhe:

41 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • FORA PRO SAUDE | 1 ano atrás

    Até quando pacientes e funcionários vão ficar nesse vulcão? CADE O PREFEITO a Secretaria Denise. Sra Noemi da GRS ... todos vão ficar calados até quando? Tenho parentes nessa pocilga fazendo Hemodiálise. Qualquer hora vai morrer muitos de uma vez só. Máquinas sucatas funcionando sem condições. Necessidade de limpeza do ambiente. Falta de materiais e medicamentos. Pelo AMOR DE DEUS....TRANSFIRA nossos parentes antes que ocorra uma TRAGÉDIA.

    4 1 Responder

  • Creuza | 1 ano atrás

    Seria muito melhor abrir uma filial do SIRIO LIBANÊS, para atender essa população chik de PATOS....

    4 4 Responder

  • Gilson ribeiro | 1 ano atrás

    Ingrassado funcionários estão preocupado e com salários atrasados, e a qualidade no atendimento que e péssimo, tem que analisar,e um verdadeiro açougue

    5 3 Responder

  • Canarinho | 1 ano atrás

    Discussao Boba. O Fato de Atender SUS nao é prerrogativa legal para o Prefeito Doar Dinheiro Público à Instituição Privada. Ainda mais em se tratando da Pro Saúde com o histórico de Problemas que carrega. Só pesquisar no Google e no YouTube que vocês entenderão como a Pro Saúde Trabalha. Mas em Patos ja se deram mal. Acharam que ia ter Grana. Vao ter dividas e um monte de processos que carregará por anos.

    9 0 Responder

    Canarinho babaca - 1 ano atrás

    Vai estudar legislação do SUS....

    0 5

  • Putz! | 1 ano atrás

    Essa situação é pra lá de complexa, pois de uma lado está o população carente não só de Patos mais de várias cidades que precisam dos serviços desse hospital, porém do outro lado temos dois empresários em disputa por essa quase sucata, então deixando de lado as pessoas carentes de várias cidades que infelizmente precisam ser atendidas só por um instante, me digam se cabe ao prefeito liberar recursos do município para essa briga de interesses? Se vc falar que não estará sendo cruel com quem precisa ser atendido! Mas se vc falar que sim estara tirando recursos da cidade pra dar a uma instituição privada! Isso é realmente estar entre a cruz e a espada! Desta vez sou a favor de quem precisa e vejo como ato solidário da cidade em prol dos necessitados, até que o proprietário dessa se vire pra colocar as contas em dia, Mas se voltar a acontecer passa dos limites da caridade e passa a ser abuso com verbas públicas, visto que se trata de instituição privada e que eles recebem do SUS, que recebendo bem ou mal ninguém os obrigou a atender pelo mesmo!

    5 0 Responder

  • Forasteiro | 1 ano atrás

    Primeira vez que eu vejo fala que hospital está dando prejuízo ...Vai se dos gestores ruim pra lá ...

    3 1 Responder

    Farmacêutica - 1 ano atrás

    Primeira Vez Não. O Sérgio Piau sempre disse isso toda vez que vinha passar o Pires aqui na Prefeitura kkkk

    3 0

  • Will | 1 ano atrás

    Essa Pró saúde deixou o Caos na saúde aqui em Uberaba.

    6 0 Responder

  • SORTE | 1 ano atrás

    éee sorte tem os funcionários que saiu antes, que estão de atestados e os que foram transferidos... não estão passando por essa situação... é muito triste, mas muitos sabia que isso ia acontecer... mas por implicância acharam melhor assim... talvez seja uma lição para as pessoas serem mais humildes e saber entender as coisas não querer de mais, tem males que vem pra bem... quem sabe breve isso melhore ????????

    9 0 Responder

  • TRISTE | 1 ano atrás

    é muito triste a realidade que o hospital está passando, pois tem muitos que precisam... infelizmente a população tem que aceitar e enxergar que foi um erro ter tirando a FUNAM ( não é querendo defender ninguém), mas o hospital não consegue se manter com o dinheiro que fatura, precisa de alguém que coloque dinheiro ali, Pro Saúde apenas administra ela não vai investir, a FUNAM fez muito ali, mesmo que pouco sei que eles colocaram pelo menos um pouco de dinheiro, pq se não o hospital já tinha fechado... me dizem como um hospital que fatura 1 milhão e 200 mil vai conseguir se manter, sendo que só a folha de pagamento de funcionários e médicos da esse valor... fora Medicamentos, fornecedores, mantimentos e as outras coisas... então o problema não está em quem administra, o problema está no dinheiro que fatura não é possível manter o hospital de pé!!! pra conseguir reerguê-lo precisa de alguém que invista, que tire do seu próprio bolso e coloque ali dentro!!! mesmo se Dr. Sérgio, Pro Saúde e Ruy quisesse roubar, seria impossível...

    16 6 Responder

    Super sincero - 1 ano atrás

    Vc deve ta louco pra falar pro hospital voltar pro ladrao do Ruy. Nao e possivel. Todos sao unanimes em nao querer de volta aquele..... Nem falo

    5 10

    FUNCIONÁRIO - 1 ano atrás

    é pura verdade!! esse hospital do jeito que esta não da, falta suprimentos básicos na farmácia, nos funcionários estamos sem receber esta muito difícil trabalhar aqui, não podemos se quer pedir conta. precisamos de ajuda... infelizmente o felizmente eu sou #voltaFUNAM

    12 2

carregar mais comentários