349669 2216 Ok
Publicado em 06/11/2017 por Maurício Fernandes
Compartilhe:

Preço da gasolina sobe 2 vezes em uma semana e deixa motoristas indignados em Patos de Minas

O condutor que abastecer o seu veículo a partir desta segunda-feira (06) terá que pagar de R$4,23 a R$4,29.

O condutor que abastecer o seu veículo a partir desta segunda-feira (06) terá que pagar de R$4,23 a R$4,29. ( Foto: Arquivo Patos Hoje )

Quem precisou abastecer o veículo neste final de semana teve uma surpresa bastante desagradável ao ver os valores nos postos de combustíveis em Patos de Minas. O acréscimo em alguns locais foi de quase R$0,20. Em uma semana, o preço da gasolina chegou a subir duas vezes.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, foram coletados dados que mostram que, até o último dia 28 de outubro, o menor preço da gasolina em Patos de Minas era de R$4,12 e o maior R$4,19.

Diante da reclamação de alguns motoristas, a equipe do Patos Hoje ligou em sete estabelecimentos. O condutor que abastecer o seu veículo a partir desta segunda-feira (06) terá que pagar de R$4,23 a R$4,29.

O que assustou os motoristas foi que o combustível já sofreu um acréscimo no valor na última quinta-feira (02) e agora mais um nesse domingo (05) sem aviso prévio, pegando todos os motoristas de surpresa. E não foi só isso que subiu. O gás de cozinha também teve alteração nos preços.

Revendedoras de gás pesquisadas pelo Patos Hoje informaram que o gás subiu 3 vezes em outubro. O botijão de 13kg passou de R$55,00, para R$58,00, depois para R$60,00 e até R$65,00. Houve outros aumentos e o produto essencial na casa de toda família deve ser vendido atualmente na casa dos R$70,00 ou R$75,00 na Capital do Milho.

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Fernandes Postado em 06/11/2017
Compartilhe:

113 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Karina Roberta | 1 semana, 2 dias atrás

    Uau está mais caro que aqui em Ribeirão SP nossa!!

    2 0 Responder

  • Renato Gonçalves de Carvalho | 1 semana, 2 dias atrás

    Moro no Paraná hj. Mas sou apaixonado por Patos de Minas a cidade em q nasci. Gasolina aki ta 3.69 em alguns posto. Patos ta uma vergonha

    5 0 Responder

  • Lidyanne Soares | 1 semana, 2 dias atrás

    Uma cidade pequena como essa mais parece desfile de carro novo o pobre aqui deixa de comer p.aparecer povo metido nunca vi...#andadebike.além de ser saudável

    5 1 Responder

  • Luiz Martins | 1 semana, 2 dias atrás

    Intervenção militar e prisão imediata de todos os corruptos. #Bolsonaro 2018

    7 0 Responder

  • Edson Fernandes | 1 semana, 3 dias atrás

    Veja como está as coisas aqui no Brasil Adivaldo da Silva

    1 0 Responder

  • Hygor Linhares | 1 semana, 3 dias atrás

    Patos nunca vai pra frente

    3 0 Responder

  • Isabella Oliveira | 1 semana, 3 dias atrás

    Bate mais panela! Ajudou muito!

    1 4 Responder

  • Vilmar Soares | 1 semana, 3 dias atrás

    Pior que não tem ninguém que corre atrás disso mas na hora de pedir tais votos aparece muitos

    3 0 Responder

  • Observador | 1 semana, 3 dias atrás

    E viva a economia liberal, viva a não-intervenção do estado. Depois que vincularam o preço diretamente ao mercado internacional sem interferência do governo o preço disparou ainda mais. Imagina quando privatizarem a Eletrobrás, Cemig (capital aberto mais com o estado como maior acionário hoje)... Já pensaram no valor da conta? Ou alguém acha que no livre mercado empresas assim vão pensar na população em detrimento dos altos lucros? "Ah, mais tem a concorrência do mercado que fará os preços baixarem!" Quem concorre com petrobrás? Com a Cemig em MInas? Esses pseudointelectuais do lado xucro dessa direita gagá que se diz conservadora querem afundar o país...

    1 2 Responder

    Joao - 1 semana, 2 dias atrás

    Só para lembrá-lo que a principal meta para recuperação da economia apresentada por Lula é aumento de impostos. Melhor solução no momento independentemente de partido politico seria cobrar impostos que as grandes empresas não pagam e reduzir a maquina publica. Empresas nas mãos de partidos políticos só servem para cabides de empregos e desvios de verbas. Preço da gasolina no Brasil é alto por causa dos impostos e não porque está ligado ao preço internacional.

    5 0

  • Pirilampo | 1 semana, 3 dias atrás

    Já deu né? Ninguém aguenta mais. O problema é que o combustíveis é meio pra tudo, então tudo depende dele e se aumenta, tudo aumenta. Aí vem o governo dizer essa balela de "deflação", mentira descarada. Roubaram a Petrobrás e agora estão pondo na conta no trabalhador e consumidor final, ninguém merece. O mais engraçado é que o preço quando sobe lá fora, sobe aqui no Brasil, quando cai lá fora, não cai aqui na bomba, eles vão à mídia e falam balelas pra dizer que não baixaram o preço por isso ou por aquilo. Vergonha, paizinho sem vergonha.

    5 0 Responder

carregar mais comentários