349669 2216 Ok
Publicado em 27/12/2016
Compartilhe:

Patos de Minas tem queda no número de furtos, mas roubos e homicídios crescem em 2016

Os números foram apresentados nesta segunda-feira (26).

Delegado regional, Luiz Mauro Sampaio e o comandante do 15º Polícia Miliar tenente-coronel Azevedo.

O comando do 15º Batalhão da Polícia Militar apresentou nessa segunda-feira (26) um balanço de alguns dos principais indicadores da segurança pública em Patos de Minas em 2016. A cidade apresentou crescimento no número de roubos e homicídios. Por outro lado, o número de furtos teve queda expressiva na cidade ao longo do ano. Projetos de parceria com a comunidade apresentaram bons resultados.

Assim como acontece em todo o país, o número de roubos apresentou crescimento preocupante. De 360 ocorrências dessa natureza registradas em 2015, este ano no mesmo período, foram registradas 473. Segundo o comando do 15º BPM, tenente-coronel Azevedo, o percentual era pior no início do ano e, com ações efetivas, a Polícia Militar conseguiu frear esse tipo de crime no final do ano.

O número de homicídios também cresceu, passando de 14 em 2015 para 18 em 2016. Esse número, no entanto, permanece abaixo da média registrada em Patos de Minas nos últimos anos. Em 2013 e 2014, por exemplo, a cidade registrou 25 homicídios. Já as tentativas de homicídio saltaram de 28 para 54, mas também ficaram abaixo de médias anteriores. A Polícia Militar ainda registrou em 2016, nove tentativas de estupro e oito estupros consumados.

Por outro lado, a Polícia Militar registrou uma redução significativa no número de furtos. Foram 2.803 ocorrências desse tipo no período de janeiro a novembro de 2016. No mesmo período do ano passado foram registrados 3.152 furtos. De acordo com o tenente-coronel Azevedo, ações de parceria com a comunidade, como as redes de “Vizinhos Protegidos”, “Fazendas Protegidas” e “Comércio Protegido” contribuíram para a redução do número de furtos.

Outro dado importante foi o aumento na apreensão de armas de fogo. Foram retirados de circulação ao longo do ano 128 revólveres, pistolas, garruchas e espingardas, contra 103 do ano anterior. Segundo a Polícia Militar, cada arma retirada de circulação evita que outros 30 crimes sejam cometidos.

O delegado regional, Luiz Mauro Sampaio, destacou a parceria da Polícia Civil com a Polícia Militar, Ministério Público e Judiciário para combater a criminalidade e ressaltou a importância da participação da sociedade na segurança pública. Assim como as redes de proteção criadas pela Polícia Militar, programas como o Zap Cidadão tem dado bons resultados também para a Polícia Civil.

Os comandantes das duas corporações se comprometeram em continuar se empenhando para defender a população de bem e garantir a segurança da comunidade.

Autor: Maurício Rocha

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 27/12/2016
Compartilhe:

13 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • alexandra | 8 meses, 3 semanas atrás

    parabens dr mauro sampaio ...

    1 0 Responder

  • Tô de olho. | 8 meses, 3 semanas atrás

    Amrram, tô sabendo viu!!! SEI!!!!

    1 1 Responder

  • Mcd | 8 meses, 3 semanas atrás

    E claro q cairia o numero de furtos poi hjvc precisa se deslocar ate a delegacia para fazer o bo ....e a maioria do povo nao acreditando na acao da policia nao o faz...

    3 0 Responder

  • Rafael | 8 meses, 3 semanas atrás

    Em 2017 espero que a estatística de mortos aumente, mas que seja a de bandidos, pois assim diminua gastos do governo com esses vermes que dão só despesas para os estados.

    3 0 Responder

  • Mcd | 8 meses, 3 semanas atrás

    Na verdade o numero de furtos caiu porque agora se vc sofrer um em sua casa por exemplo vc tem q ir ate a delegacia registrar...a viatura nao vem ate sua casa fazer o bo....patos esta uma calamidade...as policias ganham em media nove dez salario minimos e naos fazem seu trabalho como deveriam....

    2 2 Responder

  • e noos criminalidade | 8 meses, 3 semanas atrás

    ha.ha.ha vaai ver 2017 sooh foorça pro criime e nooss kkkk

    0 8 Responder

    vai nessa - 8 meses, 3 semanas atrás

    Dá pra ver mesmo que além de marginal é burro. Não sei como essa página ainda aceita esse tipo de comentário

    1 0

  • Cidadão | 8 meses, 3 semanas atrás

    Reconheço o esforço, mas se o ministério público e a justiça não ajudar, nois tão é lascado, tudo tem que funcionar.

    0 0 Responder

  • Campos | 8 meses, 3 semanas atrás

    Resumindo: Piorou !!!

    1 0 Responder

  • Sei ... | 8 meses, 3 semanas atrás

    Há duas semanas atrás, à noite, furtaram minha bicicleta aqui na minha casa. Vocês acham que eu chamei a polícia, claro que não, pois sei que não adianta, assim como sei também que muitos outros fizeram o mesmo que eu. Por isso dos números estarem baixos.

    6 2 Responder

    PAPA FOX - 8 meses, 3 semanas atrás

    Vc deveria ter registrado a ocorrência para que essas estatísticas ficassem mais próximas da realidade.. A correta mensuração dos crimes auxilia as autoridades no planejamento de suas ações, principalmente as Polícias. Ao não registrar a ocorrência Vc está contribuindo para que as autoridades, com suas já deficientes ações em segurança pública, passem uma falsa sensação de segurança à população. VOCÊ PRECISA FAZER A SUA PARTE, a obrigação pela manutenção da ordem e segurança É DE TODOS NÓS.

    4 4

  • Risadinha | 8 meses, 3 semanas atrás

    :joy: :joy: :joy: :joy: :joy: :joy: :joy: :joy:

    0 7 Responder

carregar mais comentários