Patos de Minas amanhece com ruas interditadas e um rastro de destruição após tempestade

A enxurrada deixou um rastro de destruição em várias ruas da cidade.

publicado em 04/12/2019, por Maurício Rocha


Depois de assistir cenas impressionantes de alagamentos e ruas transformadas em rios pelo temporal que caiu sobre Patos de Minas no final da tarde dessa terça-feira (03), chegou a hora de calcular os prejuízos. A enxurrada deixou um rastro de destruição em várias ruas da cidade. Alguns trechos tiveram que ser interditados nesta manhã.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

Foi o que aconteceu com rua Tomaz de Aquino. A enxurrada arrancou boa parte do asfalto que tinha acabado de ser colocado em virtude de uma obra que estava sendo feita no local. A rua São Geraldo também teve um trecho interditado nesta manhã por causa dos estragos. A rua Jaime Ramos voltou a ser atingida. A calçada inteira de um comércio em frente ao Unipam foi arrancada.

Outro ponto bastante castigado pela enxurrada foi a rua Ana de Oliveira. A pavimentação também foi arrancada e uma cratera se abriu no asfalto. No bairro Guanabara, a avenida Lucy Mesquita ficou bastante danificada. A Praça Ibraim Pereira foi tomada pela sujeira que desceu de pontos mais altos da cidade.

O secretário municipal de obras, Mauro Lima, informou que todas as equipes foram mobilizadas nesta manhã para reparar os estragos causados pelo temporal. Além disso, duas equipes da Zona Rural foram designadas para auxiliar no serviço. Segundo ele, neste primeiro momento, o trabalho é de mapear os estragos e de fazer a limpeza das ruas.

De acordo com Mauro Lima, a chuva dessa terça-feira impressionou e causou tantos estragos porque o volume de água caiu em um pequeno espaço de tempo. Foram 60 milímetros em um intervalo de apenas 40 minutos. O secretário fez um alerta para que as pessoas não passem pelos pontos de alagamentos durante temporais como os de ontem.

Apesar das cenas de veículos e pessoas sendo arrastadas, segundo a Defesa Civil apenas duas pessoas ficaram feridas. Duas mulheres que foram arrastadas pela enxurrada nas imediações do Unipam foram socorridas e encaminhadas para a UPA com escoriações pelo corpo. Três famílias no bairro Rosário também tiveram suas casas inundadas durante o temporal.

Nota da Prefeitura

A Prefeitura Municipal de Patos de Minas vem, por meio desta nota, informar à população que todas as suas frentes estão mobilizadas no intuito de mapear os estragos causados pelo temporal que acometeu a cidade na tarde dessa terça-feira (3), realizar a limpeza de vias e a reparação desses estragos.

Muitas dúvidas foram levantadas acerca da qualidade do reperfilamento asfáltico após a intempérie à qual Patos de Minas foi submetida ontem. A Prefeitura Municipal categoricamente informa que a grande maioria dos estragos causados nas vias foi em asfaltos já antigos. É necessário ressaltar que em algumas ruas e avenidas, que receberam o reperfilamento, houve estragos, todavia os danos causados aconteceram em trechos não reperfilados. Os trechos que receberam o asfalto, em sua grande maioria, reagiram muito bem ao exorbitante volume de água que os atingiu (calculado em torno de 120mm despejados em pouquíssimo tempo). Portanto, entendemos que a aquisição da usina móvel de asfalto foi um ótimo investimento, estando dentro da expectativa quanto à qualidade do serviço.

Pedimos a todos compreensão, paciência e cooperação para que possamos juntos passar pelas adversidades que possam ser causadas pela natureza neste período de chuvas, ressaltando que estamos trabalhando ininterruptamente no sentido de prevenir possíveis sinistros e reparar os estragos causados, tentando impactar da menor forma o cotidiano do cidadão patense.

Imagens atualizado em 04/12/2019 • 10 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 04/12/2019
Compartilhe:

59 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Kdu | 1 semana atrás

    É inacreditável. Vi agora a pouco, umas 7:50, uma entrevista, ao vivo, no jornalístico da Globo, do secretário de obras. Pasmem. Este sr disse que,embora NÃO recomendado, estava jogando lama asfáltica sobre terreno molhado. Dá para acreditar? Ou seja, está literalmente jogando fora dinheiro do contribuinte. Parece que por aqui tem dinheiro jorrando dos buracos, que os salários estão todos em dia e que não se deve nada a fornecedores. Em lugar sério este sr estaria sumariamente demitido e com processo no lombo. Já por aqui.....

    4 0 Responder

  • Amigo oculto | 1 semana atrás

    Primeiro: não teve tempestade nenhuma. Apenas as chuvas previstas há Muito tempo. Segundo: já era de se ver esse asfaltinho mixuruca não aguentar nenhuma chuva, branda que seja. Dois trabalhos, um pra fazer, outro pra concertar. Nenhum dos dois são bem feitos! Imagina se os engenheiros fossem fazer os prédios da mesma forma que se fazem os assaltos daqui?

    2 1 Responder

  • SRl | 1 semana atrás

    É agora quero ver se o prefeito não mostra serviço só assim pra eles trabalhar os brasileiros so andam atrasado kkkkk

    0 0 Responder

  • CADÊ OS Carros Rebaixados?? | 1 semana atrás

    Uai que engraçado hoje não vi nenhum carro rebaixado andando nas ruas kkkkkk . Graças a Deus o rebaixados sumiram . Nem os entregadores de comida em alta velocidade

    22 3 Responder

  • Paulo | 1 semana atrás

    Precisamos apartar os assuntos, a chuva TODOS do poder público sabem que ela vai ocorrer, ou será que é novidade para eles?? O problema não é a chuva, mas essa lama asfáltica que fizeram, as ruas não tem drenagem pluvial, enfim....são os governantes que o povo votou.... Chuva é uma benção, ela vai ocorrer e precisa para a sobrevivência humanda. Existe uma palavra que chama PLANEJAMENTO....então Prefeitura faça bem feito da primeira vez, fiscalize é por isso que nós pagamos nossos impostos. Quando coloca culpa na CHUVA é muita IMCOPETÊNCIA!!!

    22 1 Responder

  • Paulistano | 1 semana atrás

    Ruas dessas cidades são terríveis, as últimas gestões de prefeitos não fizeram nenhum planejamento para um bom escoamento da água da chuva, conheço várias cidades e patos dou nota 0 para suas ruas. Uma cidade rica dessa com um malha péssima dessa. O prefeito atual até se esforçado mas os últimos fizeram nada então é um b.o grande a se resolvido e para lembra sobre chuva. Chuva vai até março meus amigos!

    13 4 Responder

  • Tiozão do Corcel | 1 semana atrás

    O Senhor secretário de obras acha que 30mm de asfalto vai aguentar todo o período chuvoso, inclusive a enxurrada que desce dos bairros altos. Ficou comprovado que a obra da marabá só foi dinheiro mal gasto e sem eficiência de escoamento de água.

    15 0 Responder

    Gringo - 1 semana atrás

    Em certos países, o asfalto chega ater ,de 10 a 15 cm. Não 30 mm, o Brasil perde dinheiro, e não é pouco, e bilhões, jogados em construções desertas, materiais, maquinários, todo serviço pelo governo do Brasil e mal feito em consequência disso dinheiro jogado fora, não existe um planejamento para resolver um problema e sim só pra remediar e pronto, o que se gasta reformando, daria pra fazer um resultado bem feito e ainda sobraria dinheiro.

    0 1

  • Sempre vai ser assim | 1 semana atrás

    Infelizmente não é somente Patos que sofre com isto, mas a incompetência de todos faz gerar mais transtorno do que deveria. Culpa de quem? Das gestões passadas? Dos atuais? De nos mesmos?/ Nossa cidade tem projeto de rede Pluvial arcaica que é culpa dos antigos, porém os novos não fazem uma rede decente nem nos novos bairros, e muito pouco boeiros e não existe galerias, Fátima Porto nunca mais terminará, Av. Marabá também não, até aquela rua nova que liga a prefeitura com a Fátima P. Está inacabada e o cara me coloca a boca de lobo do lado errado PQP kkk?kk muito dinheiro pra nada

    5 1 Responder

  • mito | 1 semana atrás

    3 meses atrás saiu a notícia que estava prestes a liberar aquele acesso abaixo a prefeitura e até agora nada.

    9 4 Responder

  • Mariângela | 1 semana atrás

    Eu cheguei em Patos em 1992 e fui morar no bairro Guanabara, na época da construção da avenida Padre Almir. Tinha um radialista famoso que tds os dias criticava o Arlindo Porto por causa da obra. Que era dinheiro desperdiçado, que ninguém merecia tanta bagunça e sujeira. Que a obra estava sendo feita pq tds os lotes da avenida eram dele e por aí ia. Nossa saga aqui foi dez vezes maior que aquela vivida pela Avenida Fátima Porto, principalmente aquela rua em frente o Mocambo. Lembro que dentro da galeria passavam-se caminhões. E somente depois da construção da rotatória do fórum eu vi alagamentos e destruições aqui. Pq a Fátima Porto continua dando problema? Não são obras mal feitas? As obras devem ser feitas pensando no futuro da cidade e não para ganhar votos para esse ou aquele partido. Vamos pensar grande e exigir serviços públicos de qualidade. A solução está nas nossas mãos. Não se pode mais deixar-se convencer por partidos políticos que detém a mídia local. Ano que vem é ano eleitoral. Vamos pensar a longo prazo.

    40 0 Responder

    Brás - 1 semana atrás

    Comentário perfeito, cadê os defensores do atual prefeito, ele vivia na ... criticando os ex prefeitos e dando receitas para os problemas, hoje ele tem a máquina na mão, não faz, não dá entrevista e fica a população sofrendo com os mesmos problemas de sempre, ou teve fato novo nestas chuvas? Pode observar que os locais onde tem problemas, são locais com obras inacabadas, hoje um mutirão de pessoas na rua, jogando dinheiro público fora, se der uma boa chuva está noite, amanhã vai estar a mesma coisa.

    5 0

carregar mais comentários