Publicado em 05/06/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Para reabastecer estoques do comércio, Prefeitura altera estacionamento de carga e descarga

O ofício tem o objetivo de facilitar o reabastecimento do estoque dos comércios locais nesta semana.

O ofício solicita à Polícia Militar que não efetue multas de trânsito para veículos com placas de carga e descarga.

A Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (Settram) divulgou, nessa segunda-feira (04), o ofício n° 239 de 2018, para alteração temporária na regulamentação da carga e descarga de veículos.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

O ofício solicita à Polícia Militar que não efetue multas de trânsito para veículos com placas de carga e descarga e que estejam acima da tonelagem prevista para aquele determinado horário. O objetivo é auxiliar os comércios locais a reabastecer seus estoques, que se encontravam desfalcados, por causa da paralisação dos caminhoneiros, realizada na semana passada.

A alteração da regulamentação será válida até o próximo domingo (10), dando tempo suficiente para que os comerciantes se preparem para a semana que antecede o Dia dos Namorados.

Fonte: Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas 

Autor: Farley Rocha Postado em 05/06/2018
Compartilhe:

9 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • observador | 4 meses, 1 semana atrás

    :mag_right:Eu acho que esta carga e descarga o lixeiro tinha que começa de madrugada quando não tem movimento. Isto serve para ajudar circulação e de proteção para quem esta descarregando ou coletando lixo.

    1 0 Responder

  • Manoel | 4 meses, 1 semana atrás

    Prefeitura , vai planta coquinho no asfalto vai .

    3 1 Responder

  • Rita | 4 meses, 1 semana atrás

    Até entendo essa mudança provisória! Só não entendo o porquê dessa secretaria não buscar melhorias gerais permanentes! Continuamos com um trânsito pesado e desnecessário! Trabalho no centro fico perdida onde posso estacionar minha moto! Na Rua Tenente Bino é uma baderna Morro de medo de estacionar e ser guinchados,pois a vários relatos de pessoas revoltadas que tiveram seus carros guinchados! Vamos sinalizar organizar colocar o lugar certo de moto! Nossa que baderna! O colégio das irmãs continua transtornando! Tira o estacionamento de lá e deixa aquelas vagas pra fazer um corredor para os pais apenas deixar e buscar sem estacionar! Fila dupla não da! Essa secretaria só mexe pra piorar! Não pesquisa não pede opinião de quem usa as vias! Tantos lugares perigosos precisando de sinalização faixa de pedestre e quebra molas..Mas pelo amor de Deus é quebra molas e não quebra carros, pq aquele da rua ataualpa dias Maciel ficou ridicula!

    0 0 Responder

  • Bala de Prata | 4 meses, 1 semana atrás

    Até parece que o povo respeita placa e que a policia faz alguma coisa. Isso é falta do que fazer lá naquela prefeitura! E a pintura das ruas feita pra festa do milho já saiu tudo das ruas. Que tinta foi usada? Cadê o MP pra pedir a devolução do dinheiro pago pelo prefeito por um serviço meia-noite?

    1 1 Responder

  • Observador | 4 meses, 1 semana atrás

    Aos prejudicados com veículos guinchados durante a festa no entorno do parque fica aí a dica. Procure um advogado e entre com uma ação contra o município pois não havia uma portaria no diário oficial do município onde as ruas aqui do meu bairro teriam a modificação por placas de proibição além faixas explicativas advertido os moradores e motoristas. Cabe restituição, devolução taxa do guincho, baixa da multa, danos morais pelo constrangimento. Houve falha do município além que agentes de trânsito estavam sem identificação, PM usando equipamento eletrônico irregular (sem registro no patrimônio e sem contrato específico de locação e custo) faltando a Câmara Municipal fiscalizar e MP. Corram atrás...

    9 3 Responder

    Amadorismo crônico - 4 meses, 1 semana atrás

    Eu nunca vi uma cidade ter tanta gente que se diz autoridade, despreparada igual patos de minas. Em todos os poderes e em todas as instituições. Isso aqui virou o cu do mundo. Cidade sem lei, onde as "prioridades" vivem de dar carteiradas e humilhar os pobres. Parece a boca do inferno.

    7 5

  • Robin Hood | 4 meses, 1 semana atrás

    meu estoke ja ta cheio pra caraio, diliciaaaaaaa

    0 6 Responder

  • TEREZA RAQUEL | 4 meses, 1 semana atrás

    Multa mesmo são para esses motociclistas que arrancam o escapamento de suas "motos" para fazerem muito barulho e incomodar a população.

    14 2 Responder

  • Hipocrisia demais desse povo! | 4 meses, 1 semana atrás

    Tudo no Brasil é motivo pra não cumprir a lei. Pouca vergonha mesmo. Parece até que o povo respeita placa aqui em Patos e que a PM faz alguma coisa! Tudo fica no papo furado.

    14 9 Responder