Publicado em 10/07/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Operação “Wanted” da Polícia Civil prende 5 criminosos com armas, munições e veículos

Policiais civis do 10º Departamento de Patos de Minas realizaram operação policial na cidade de Patrocínio visando coibir organização criminosa.

Diversas armas foram apreendidas.

Reportagem atualizada às 13h49 desta quarta-feira (11)

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Policiais Civis do 10º Departamento de Polícia Civil de Patos de Minas, chefiados pelos Delegados de Polícia Ewerton Evangelista, Diego de Moraes Guarnaschelli e Caio Cesar Balleirini Olivo, coordenados pelos Inspetores Bernardo Pereira dos Santos e Rodolfo Antônio Cardoso, deflagraram na manhã dessa terça-feira (10) a operação policial “Wanted” visando desmantelar parte da Organização Criminosa voltada a prática de crimes violentos, especialmente homicídios com emprego de arma de fogo, roubos à mão armada de caminhões, cargas e propriedades rurais, tráfico ilícito de drogas e comércio de armas de fogo de uso restrito e munições.

A operação policial recebeu o nome de “Wanted” – “Procurado” em português, em referência ao chefe da Organização Criminosa, o acusado Renato Eustáquio Timóteo v. “Renato Cabeção”, indivíduo de alta periculosidade e número 1 na lista de procurados da comarca de Patrocínio/MG, estando o mesmo foragido da justiça há longa data e contra quem pesa mandado de prisão de recaptura desde outubro do ano passado.

As investigações se iniciaram no mês de fevereiro, ocasião em que o roubo à mão armada de um caminhão da empresa FOCOGAZ carregado com botijões de gás foi registrado na área territorial de Patos de Minas. Nesse dia, bandidos armados renderam o motorista do caminhão e o mantiveram em cárcere por algumas horas até que o caminhão e a carga fossem disseminados.

Ao longo de vários meses de investigação, apurou-se que os responsáveis pela prática do roubo seriam os integrantes da Organização Criminosa chefiada por “Renato Cabeção”, a qual também seria responsável por deliberar e executar inúmeros outros crimes violentos na região, inclusive o homicídio consumado contra a vítima Jhonatan Borges Silva v. “Bim da Baixada” ocorrido no dia 14.03.2018 e o roubo à mão armada na Agência dos Correios ocorrido no dia 22.03.2018, ambos na cidade de Patrocínio, além de fomentar o tráfico ilícito de drogas e comércio de armas de fogo na região.

Durante a operação policial, além do chefe “Renato Cabeção”, os policiais civis prenderam outros integrantes da Organização Criminosa que atuavam no tráfico ilícito de drogas e comércio de armas de fogo, dentre eles Getúlio de Lima Machado, 26 anos; Vicente Andrade de Araújo Netto, 26 anos; Vinicius Amorim da Silva, 25 anos, e Yago Rodrigues Valadares, 26 anos.

Com o bando, foram encontradas 3 pistolas de calibre de uso restrito .40 e 9mm, estando uma delas com dispositivo para rajadas, farta quantidade de munições, além de porções de maconha, balanças de precisão, ácido bórico e papéis filme e alumínio utilizados no preparo e embalo de drogas, e veículos empregados na prática dos crimes.

As investigações continuam com a identificação dos demais integrantes da Organização Criminosa e novas ações visando coibir a prática de crimes serão desenvolvidas na região.

Diante da operação policial exitosa, a chefia do 10º Departamento de Polícia Civil de Patos de Minas, Dr. Cezar Felipe Colombari da Silva, alinhado com os Delegados Regionais de Patos de Minas, Dr. Luiz Mauro Sampaio Pereira e de Patrocínio, Dr. Valter André Biscaro Salviano esperam contribuir sensivelmente com a redução dos índices de criminalidade restabelecendo a sensação de segurança da população mineira, especialmente na região do Alto Paranaíba.

A Polícia Civil pede ajuda da população para localizar e prender os foragidos.
Autor: Farley Rocha Postado em 10/07/2018
Compartilhe:

8 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • passaro | 5 dias, 8 horas atrás

    :cold_sweat: :facepunch:os bicho da selva amazonica como leão tigre etc vão adorar este mala porla tinha que jogar cada dia um para os bichinho eles vai adora carne fresca , mas não leva pra cadeia la eles tem comida quente cafe etc . :facepunch:

    7 0 Responder

    candango - 5 dias, 5 horas atrás

    Leao e tigre na Amazonia, essa é boa. kkkkkkkkkkkkkk

    1 2

  • Lagoense feliz | 5 dias, 11 horas atrás

    Na minha modesta opinião, a Policia Civil deveria ter esta mesma eficiência ai em Patos de Minas , pois como sabemos a cidade é o ninho dos bandidos em nossa região. Jsf

    5 4 Responder

    revelador - 5 dias, 4 horas atrás

    Na reportagem fala que a polícia civil daqui de Patos apurando um crime ocorrido aqui em Patos chegou até os bandidos de Patrocínio, ou seja, os caras comecaram aprontando aqui e se ferraram

    3 0

  • suricato | 5 dias, 11 horas atrás

    Parabéns aos envolvidos.

    6 0 Responder

  • Manoel | 5 dias, 14 horas atrás

    Pena de morte e a única solução , custo e benefício de 100% para o cidadão de bem .

    10 0 Responder

  • Jose | 5 dias, 23 horas atrás

    So gente boa ai .... Credooo

    6 5 Responder

    JPPTC - 5 dias, 12 horas atrás

    já que todos são gente boa, pega e leva eles para sua casa o mané!!!

    4 5