349669 2216 Ok
Publicado em 14/12/2016
Compartilhe:

Operação Natalina reforça a segurança em Patos de Minas com mais 150 policiais militares

O esforço do comando é para garantir a segurança dos consumidores e comerciantes neste final de ano.

São cerca de 150 homens a mais no patrulhamento da região central da cidade.

Os consumidores que circulam pelo centro de Patos de Minas já notaram o reforço na segurança. A Operação Natalina desencadeada esta semana pela Polícia Militar disponibilizou cerca de 150 homens a mais no policiamento ostensivo. O esforço do comando é para garantir a segurança dos consumidores e comerciantes neste final de ano.

Este é o período mais importante do ano para o comércio em geral. A maioria dos trabalhadores destina pelo menos parte do 13º salário para as compras. Mais dinheiro circulando na cidade aumenta também a possibilidade de furtos e roubos. A Operação Natalina da Polícia Militar é para coibir a ação dos criminosos.

Segundo o capitão R. Santos o reforço na segurança vem dos alunos que fazem o curso de formação de soldados, do efetivo que trabalha no setor administrativo e também da Banda de Música. São cerca de 150 homens a mais no patrulhamento da região central da cidade e dos demais centros comerciais, como avenida Brasil, rua Mata dos Fernandes e Ponto Chic.

O reforço na segurança é para coibir e também para prender possíveis infratores. Na tarde dessa terça-feira, uma dupla de assaltantes foi flagrada minutos depois de roubar os funcionários de um supermercado na avenida Afonso Queiroz. O adolescente foi apreendido e a moto que ele estava, era furtada e também foi apreendida.

A Polícia Militar também recomenda aos comerciantes e consumidores que adotem medidas de prevenção para evitar a ação de criminosos. Cuidados com a bolsa, evitar o manuseio de grandes quantias de dinheiro em público e o uso do telefone celular são alguns dos exemplos apontados pelo comando da PM.

Autor: Maurício Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 14/12/2016
Compartilhe:

1 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • jose | 11 meses, 1 semana atrás

    Seria muito bom se eles estivessem mesmo fazendo a segurança publica, ao invés de ficaram anotando placas de veículos para posteriormente aplicarem multas. :smirk:

    4 8 Responder

    smolder - 11 meses, 1 semana atrás

    É só não andar errado. Simples assim!

    6 5

  • MIMI | 11 meses, 1 semana atrás

    atenção bandidos da um tempo para roubar e assaltar no centro pode voltar no fim do mes porque como sempre não vai ter pm kkkkkkkkk :+1: :ghost:

    3 8 Responder

  • Zap Zap | 11 meses, 1 semana atrás

    Por que PM só anda a pé em época de natal? Nas outras épocas dá alergia proteger a população?

    4 9 Responder

  • de olho | 11 meses, 1 semana atrás

    nao adianta muita coisa esses PMs com cara de paisagem. Além da segurança em relaçao a roubos e assaltos, há a segurança do transito e esses PMs nao atuam em nada em quem fica comentando abusos. No centro é toda hora gente estacionando em local proibido ou faixa dupla pq nao há fiscalizaçao.

    8 12 Responder

    Marcia - 11 meses, 1 semana atrás

    Liga pro Batman, quem sabe ele tira essa sua bunda sedentária da cadeira e te coloca para fazer alguma coisa útil desse sua medíocre vida... Parabéns a PM e Obrigado

    6 11

  • candango | 11 meses, 1 semana atrás

    Esse tipo de policiamento deveria ser o ano todo, não só durante o período natalino. Afinal de contas aqui em patos te um batalhão e o contingente é grande.

    24 2 Responder