Publicado em 11/05/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Obras na Estrada da Serrinha param de novo e moradores cobram providência dos responsáveis

A principal causa da paralização, segundo a empresa responsável, é a falta de recursos financeiros.

Ainda faltam ser asfaltados cerca de 3,9Km.

A redação do Patos Hoje recebeu diversas reclamações por parte dos moradores da região da Estrada da Serrinha dando conta de que as obras voltaram a ser paralisadas. Nossa equipe de reportagem foi até o local e registrou a situação da estrada. A principal causa da paralização, segundo a empresa responsável, é a falta de recursos financeiros. Ainda faltam ser asfaltados cerca de 3,9Km.

Os moradores que utilizam a Estrada da Serrinha estão bastante incomodados com a demora e principalmente com mais uma paralização na obra que deve asfaltar a estrada até a BR 365. De acordo com José Wilson Ribeiro, Diretor da Paesan, Empresa que está cuidando das obras no local, o principal motivo das paralizações se dão por causa da falta de recursos financeiros.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Segundo ele, várias prefeituras estão em dívida com a empresa, o que dificulta para a compra de material. Já são 10 dias sem nenhum tipo de recurso financeiro. Ele conta que as dificuldades partem também da Caixa Econômica Federal que demora a repassar o dinheiro para a empreiteira. Em contra partida, o diretor disse que em quatro meses a obra estará finalizada.

Até o momento foram asfaltados cerca de 3,2 Km, faltando 3,9Km para o término da obra. Ao todo, os trabalhos na Estrada da Serrinha já passaram de quatro anos e meio. O prazo inicial da obra era de oito meses. A Prefeitura Municipal havia informado no dia 14 de abril que já havia o recurso total para a conclusão. Os R$3.509.532,51 foram adquiridos em convênio celebrado com a União, via Ministério da Agricultura que entraria com R$2.925.000,00 e o restante de R$584.532,51 seria repassado pelo Município em forma de contrapartida.

Nós entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Patos de Minas para saber o que realmente teria provocado a paralisação da obra, mas até o momento não tivemos resposta.

Ainda faltam ser asfaltados cerca de 3,9Km.

Autor: Farley Rocha Postado em 11/05/2018
Compartilhe:

20 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Rai | 7 meses atrás

    As eleições vem aí. Vamos dar uma lições nestá corja de ladrão. A se vamos dar.

    0 0 Responder

  • Rai | 7 meses atrás

    Prefeitura comeu o dinheiro. Ou desviou. Dinheiro. tava liberado. Pode ir fundo que tá lá.

    0 0 Responder

  • luiz | 7 meses atrás

    que dizer da Rodovia da rocinha que aparece em todos os mapas como asfaltada e cujos recursos foram certamente para o bolso dos governantes e ninguém do ministério dos transportes presta qualquer conta ou informação sobre isso... ainda deram por puxa-saquismo o nome de um banana que ocupou o ministério da educação criando leis para protejer os filhos de poderosos e sonegando educação para o povo: GUSTAVO CAPANEMA...

    2 0 Responder

  • sincero | 7 meses atrás

    :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: Políticos PATENSES pela aula de retrocesso que vocês dão a nossa cidade, é assim que Patos está crescendo :muscle: não esqueçam que esse ano teremos eleições :smirk: .

    2 0 Responder

  • Cabeleira feliz | 7 meses atrás

    O senhor prefeito de patos de Minas cadê o dinheiro rapaz ??? para com isso Zé !!!

    5 1 Responder

  • Thalys | 7 meses atrás

    Vocês tem que ver é a estrada que liga Patos de Minas a Boassara ta horrível, péssima condição de andar, ta osso esse prefeito e cambada de vereador ladr..

    14 0 Responder

  • Faria | 7 meses atrás

    Se os recursos estao na Caixa Economica, nao da pra entender por que nao sao liberados ! Algo errado nisso tudo ! A funçao do Banco eh vistoriar a obra e liberar o pagamento correspondente ! Eh obrigaçao do gerente daquela instituiçao se pronunciar a respieito porque a Caixa esta sendo taxada de caloteira !!!!!

    10 0 Responder

  • Usuária | 7 meses atrás

    Vale ressaltar que toda obra com recursos públicos têm prazo determinado para utilização dos mesmos, para a obra em questão o prazo termina em 31 de agosto de 2018. É muito triste mas infelizmente nós que dependemos daquela via vamos continuar sem a conclusão da obra. Os membros dos concelhos de desenvolvimento da região estão cobrando providencia e alertando, tanto a prefeitura municipal quanto a empreiteira Paesan, sobre os prazos, mas sempre nos é dada a mesma desculpa. Mas é como um certo vereador disse "região da serrinha é lugar de lixão e ferro velho não é necessário investimento".

    9 0 Responder

  • Primo rico | 7 meses atrás

    Oh lugar para ter problemas com obras. A incompetência reina absolutamente em todos os cantos, todos políticos que entram por essa zona eleitoral não conseguem fazer uma gestão brilhante. Sempre as mesmas desculpas, pegamos a prefeitura cheia de dividas. Assim vai remendando os panos de bunda aqui, acolá, o povo fica nessa situação.

    4 0 Responder

  • SITIANTE | 7 meses atrás

    Gostaria que está administração morasse aqui próximo a Estrada, comesse a poeira com este tempo seco, tivesse seus bens todo empoeirado o tempo todo além risco iminente de acidentes. Só fazem merda, a empreiteira alega que não tem crédito pra comprar lama asfáltica porque não recebe de (Prefeituras) mas quem contratou a obra e única interessada (Prefeitura de Patos de Minas) além ser estranho a quantidade de obras que está empreiteira ganha e nunca finaliza ou e de péssima qualidade. Outra empresa que sumiu da tampa buracos tão divulgada pela administração e cidade destruída. Agora a moda e aproveitar que nossa Câmara Municipal está apagada em seus atos de fiscalização e MP cansou cobrar e não ter resposta, o município partiu pra faturar em conjunto com empresa contratada pra efetuar multas fixas, só que a mesma sem fiscalização da Câmara está ganhando uma porcentagem no aluguel do sistema e smartphone na mão da polícia militar e futuros agentes de trânsito. Com isso e instantâneo a aplicação do auto. Mesmo motoristas estando errados a maioria das placas do município estão indevidamente instaladas e não existe o retorno da advertência e educação de trânsito.

    6 0 Responder

carregar mais comentários