Obras de restauração da BR 354 finalmente são iniciadas para o alívio dos usuários da rodovia

As obras de recuperação da rodovia deverão se estender pelos próximos quatro meses.

publicado em 12/08/2019, por Maurício Rocha


As máquinas começaram a arrancar todo o asfalto.

A empreiteira que venceu a licitação para a realização das obras de restauração da BR 354 finalmente iniciou as obras nesta semana. Máquinas e homens trabalham nesta segunda-feira (12) no trecho mais crítico da rodovia, próximo ao trevo de acesso a Rio Paranaíba. A restauração do asfalto era uma reivindicação antiga dos motoristas, que reclamam dos riscos de acidentes em decorrência da precariedade da pavimentação.

A BR 354 está em condições precárias, principalmente no trecho entre o município de Rio Paranaíba e a BR 262. O tráfego de caminhões pesados ao longo dos anos fez surgir sulcos no asfalto que representam um sério risco, principalmente para os condutores de veículos de passeio. A massa asfáltica foi colocada nos trechos mais críticos, mas a situação ainda é precária.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

O risco de acidentes no local é grande. Para se ter uma ideia, nos últimos cinco anos, a Polícia Rodoviária registrou 600 acidentes no trecho de pouco mais de 140 quilômetros da BR 354, sendo que 332 pessoas ficaram feridas, 87 em estado grave e muitas pessoas perderam a vida. Após se envolver em um grave acidente na rodovia, o deputado federal Nilton Cardoso Júnior se empenhou e conseguiu a liberação de cerca de R$ 90 milhões para fazer a obra.

O contrato foi assinado em maio do ano passado. A demora levou moradores e motoristas a protestarem e agora, finalmente, as obras de restauração da BR 354 estão sendo iniciadas. A empresa Pavidez é a responsável pela recuperação do asfalto no trecho que vai de Patos de Minas até a BR 262.

A Polícia Militar Rodoviária orienta os motoristas a redobrarem a atenção durante o trajeto, uma vez que o trânsito de veículos poderá ficar mais lento devido as obras e o chamado “pare e siga” nos locais em que as máquinas estiveram atuando.

Imagens atualizado em 12/08/2019 • 4 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 12/08/2019
Compartilhe:

25 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Éric. | 1 semana, 5 dias atrás

    Faltou o cronograma do trabalho. Previsão para término.

    0 0 Responder

  • Marcos Emerson | 1 semana, 6 dias atrás

    Só espero que esta empresa faça um trabalho melhor que a Apia ,pois se nao for feito uma melhor fundação para o novo pavimento ,este problema irá aparecer novamente, é só fazer a coisa certa!

    6 0 Responder

    José Carlos Sussekind - 1 semana, 5 dias atrás

    Há empresa séria que fiscaliza a execução????? Controle tecnológico de fundações? Compactação? Método executivo conforme normas? Foi licitado capeamento de 5cm?10cm? , quem fiscalizará? Ou há apenas uma empresa fazendo uma"maquiagem " pra durar mais uns 3 anos pras próximas eleições? Ministério público, fique de olho!!! CREA, que já não faz nada pra sociedade devia ajudar a cobrar isso....

    3 0

    vaguim - 1 semana, 5 dias atrás

    crea n faz nada nem pra quem ele representa que são os engenheiros, vc acredita que eles farão pela sociedade? kkkkkkkkkk nessa questão n sonhe muito alto n...

    1 0

  • Elias Henrique | 1 semana, 6 dias atrás

    Espero que duplifiquem esse trecho, com os impostos que pagamos dá pra fazer!

    3 0 Responder

  • Acidentes com Deputados | 1 semana, 6 dias atrás

    Beira ao cúmulo do absurdo, mas agora a população terá que torcer para que cada rodovia ruim do país, ou seja, 90%, tenha um deputado acidentando-se!

    8 2 Responder

  • Andre | 1 semana, 6 dias atrás

    Teve q um deputado sofrer um acidente pra criarem vergonha na cara? Tao de brincadeira ne, populaçao burra pra kct q vota nessas esgraças. Povo q n aprende a votar

    7 4 Responder

  • Resistência | 1 semana, 6 dias atrás

    Convido a população para fiscalisar, porque a turma do boso já tá pronta pra roba

    4 11 Responder

    Resistência de chuveiro - 1 semana, 6 dias atrás

    Única resistência que funciona é a do chuveiro o RESTO e somente mimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimimi

    4 0

    bingo - 1 semana, 5 dias atrás

    hahahaha, petista falando em roubo é uma piada. Da pra entender pq falam tanto de "bozo", são os verdadeiros palhaços, eles adoram isso. ETARDADO MENTAL.

    0 0

  • Carl | 1 semana, 6 dias atrás

    Que absurdo, to revoltado que estao interditando a pista pra fazer a reforma. Cade a tecnologia? Cade as novas invençoes q permite um asfaltamento com transito fluente? Uma vergonha. Vamos ver qto tempo dura este comentario, os jumentos vao ler e logo pensar no absurdo dito. Mas mal sabem q tao caindo no joguinho de pegar trouxas.

    6 4 Responder

  • Felipe | 1 semana, 6 dias atrás

    Mentira. Esse deputado de Contagem não teve nada a ver com essa verba para a reforma

    5 3 Responder

  • Patureba | 1 semana, 6 dias atrás

    Ótima notícia. Agora pra ficar 100% basta reativar as balanças de pesagem novamente. Não sei o motivo, mas a muitos anos não estão funcionando nas rodovias federais da região.

    7 0 Responder

  • TIRICHA | 1 semana, 6 dias atrás

    TEM QUE HAVER FISCALIZAÇÃO POIS ESSE ASFALTO TEM POUCO TEMPO QUE FOI REFEITO E JÁ TÁ PRRCISANDO REFAZER NOVAMENTE.

    7 0 Responder

carregar mais comentários