349669 2216 Ok
Banner CNA - TOPO
Publicado em 22/09/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Nem sob tortura existe cura gay, afirmam psiquiatra e promotor de eventos na Jovem Pan Patos

O psiquiatra Ricardo Pião e o promotor de eventos Carlinhos foram convidados para falar sobre o assunto e foram unânimes em discordar da decisão judicial.

A polêmica decisão da Justiça Federal que decidiu, em caráter liminar, que psicólogos possam tratar homossexuais como doentes e disponibilizar terapias de reversão sexual foi o tema do Jornal da Manhã da Jovem Pan Patos desta sexta-feira (22). O psiquiatra Ricardo Pião e o promotor de eventos Carlinhos foram convidados para falar sobre o assunto e foram unânimes em discordar da decisão judicial.

O psiquiatra Ricardo Pião abriu a entrevista falando que não existe possibilidade de cura gay nem sob tortura. Carlinhos confirmou, dizendo que sofreu diversos tipos de tortura, principalmente por parte do pai para mudar sua orientação. Ele disse que chegou a ser levado ao médico para mudar sua orientação sexual.

Resolução do Conselho Federal de Psicologia proíbe aos profissionais a realização de tratamento para gays e lésbicas, uma vez que desde 1990 a homossexualidade deixou de ser considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. Entretanto, a decisão do Juiz Federal Waldemar Cláudio de Carvalho que mudou o entendimento da resolução é apenas liminar e ainda cabe recursos.

Confira a íntegra da entrevista de Carlos Roberto e Ricardo Pião!

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 22/09/2017
Compartilhe:

70 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Marta | 3 semanas atrás

    Ecuuuuuu, como o ser humano está arrumado coisas, para talvez ganhar dinheiro, ou aproveitar dos menos esclarecidos. Falta do que fazer ou pessoas desequilibras que inventam essas coisas. Ser gay não é doença, que palhaçada, vão procurar o que fazer e deixa o povo ser feliz nas escolhas ou na não opção de escolha, penso que não é questão de escolha é de sentir, já não basta o preconceito que estes sofrem, agora vem com essa idiotice.

    2 0 Responder

  • Nayana Vieira Caixeta | 3 semanas, 2 dias atrás

    Pq não chamaram um advogado, juiz, promotor pra ler e interpretar corretamente a decisão judicial em foco?

    1 1 Responder

  • Edivania Cruz | 3 semanas, 2 dias atrás

    O sus não oferece psiquiatra direito para tratar de pacientes realmente doentes. Agora estão querendo tratar pacientes normais como doentes. Preconceito puro. Daqui a pouco vão falar que os ladrões de terno e gravata que estão detonando o Brasil são doentes e tem que tratar. Me poupem.

    2 0 Responder

  • Lao | 3 semanas, 2 dias atrás

    Sexualidade é algo indiscutível. No meu entendimento o caminho para tudo é o respeito. Não há espaço para preocupação com a vida que se leva entre 4 paredes. Não há cura para aquilo que não é doença.

    2 0 Responder

  • Mateus Queiroz | 3 semanas, 2 dias atrás

    Enquanto o povo discuti a opção sexual alheia, o Brasil esta acabando de afundar o resto. Vamos acordar, pois além de respeito uns com os outros nós precisamos de dinheiro.

    3 0 Responder

  • Wander | 3 semanas, 3 dias atrás

    Procura um psicologo ou psiquiatra quem quer. A pessoa é livre para levar seus problemas a esses profissionais. Não sei porque tanta confusão nisso. E mais essa "cura gay" quem inventou isso foram os defensores dos gays. Com o intuíto de prejudicar profissionais. Não existe cura gay.

    3 0 Responder

  • Wander | 3 semanas, 3 dias atrás

    O que o Juiz determinou é se alguém que é gay e quer ajuda pode sim procurar. Não existe a tal cura gay de um profissional da medicina. Só Jesus Cristo pode fazer isso e se o individuo aceitar.

    3 2 Responder

  • Zé Pikeno | 3 semanas, 3 dias atrás

    Não sou puritano, cada um faça com o seu o que bem quiser. No meu modo de ver as coisas há uma grande diferença entre homossexualismo e viadagem. Os homossexuais que conheço são pessoas sérias e íntegras, respeitam o espaço e a condição de cada um, além de serem discretissimos. Já a viadagem, ao meu ver, são os esculachados que fazem alvoroço na rua e adoram aparecer. Esses sim, precisam de tratamento mas não pela orientação sexual, mas pela falta de tipo. Tem agora a questão dos transgêneros (ou transexuais) muito em voga por causa da novela. Todo mundo acha que é moda, quer fazer igual. A questão é muito mais séria que se pensa. Antes de "entrar na moda" procurem ler a respeito. É um sofrimento eterno que a pessoa passa...

    12 1 Responder

    Buchudo - 3 semanas, 3 dias atrás

    100% de acordo contigo. Mas é aquele Jean Willys o que é??

    9 0

    Zé Pikeno - 3 semanas, 2 dias atrás

    Veja o comportamento dele na câmara e tire suas conclusões.

    2 0

  • Engenheiro | 3 semanas, 3 dias atrás

    Nos meus projetos tudo que foi feito pra saída não pode ser transformado indevidamente em lugar de entrada. E o maior dos engenheiros foi Deus!

    3 9 Responder

    Capitão Gay - 3 semanas, 3 dias atrás

    Q lindo mona. Poderia explicar melhor essa teoria?

    5 5

    Corno Suicida - 3 semanas, 3 dias atrás

    Essa teoria tbém me interessou. Me explique por favor. Talvez alivie a minha dor.

    5 3

    Buchudo - 3 semanas, 3 dias atrás

    A explicação é simples, o negócio é cano de descarga, nunca de carga.

    4 2

  • Ion Alves Ferreira | 3 semanas, 3 dias atrás

    qUANTO MIMIMI.

    4 2 Responder

carregar mais comentários