Publicado em 04/12/2018 por Maurício Rocha
Compartilhe:

MP investiga falhas em repasses de recursos para o tratamento de câncer em Patos de Minas

A direção da Clínica Oncológica AZ, que realiza os procedimentos, reclama que não está recebendo todo o dinheiro a que tem direito.

O promotor de Justiça Jaques Ferreira Souto é que está à frente das investigações.

O Ministério Público de Minas Gerais, através da Promotoria de Justiça de Patos de Minas, abriu um inquérito civil público para investigar denúncias de falhas nos repasses de recursos para tratamento de doenças de câncer em Patos de Minas. A direção da Clínica Oncológica AZ, que realiza os procedimentos, reclama que não está recebendo todo o dinheiro a que tem direito.

O promotor de Justiça Jaques Ferreira Souto é que está à frente das investigações. Ele explicou que o Hospital São Lucas é o credenciado para fazer os tratamentos oncológicos em Patos de Minas e que o serviço é terceirizado para a Clínica Oncológica AZ. Desta forma, o Hospital São Lucas recebe e repassa o dinheiro para a clínica.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

O pagamento pelos procedimentos realizados na cidade é feito pela Prefeitura de Patos de Minas. Ocorre que a Clínica vem reclamando que não está recebendo a totalidade dos recursos. Segundo promotor Jaques Ferreira Souto, o que ocorre é um desacordo de valores. Ele disse que o Hospital também reclama da Clínica. Com relação ao inquérito civil público, o promotor disse que as investigações ainda estão em curso e que está confiante em solucionar o problema antes que o caso seja levado à Justiça. Os valores não foram divulgados.

A Câmara Municipal de Patos de Minas também recebeu a denúncia e está investigando o caso. Os responsáveis pela Clínica Oncológica AZ e também pelo Hospital São Lucas foram convidados para prestar esclarecimentos. Eles vão participar da reunião ordinária que acontece na próxima quinta-feira (06), às 14h.

Patos de Minas é referência em saúde para uma região que possui 700 mil habitantes. O desentendimento é frustrante para quem espera uma evolução do serviço de oncologia no município. Segundo o promotor Jaques Ferreira Souto é preciso haver um entendimento e um esforço para que os tratamentos contra o câncer em Patos de Minas sejam ampliados. 

Imagens atualizado em 04/12/2018 • 3 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 04/12/2018
Compartilhe:

17 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Contribuinte | 5 dias, 11 horas atrás

    E O CARTEL DOS COMBUSTIVEIS AQUI EM PATOS DE MINAS? PQ O MP NAO FAZ NADA?

    0 1 Responder

  • Ditinho | 5 dias, 11 horas atrás

    E as obras de construção da Av Fatima porto? Quando vão resolver a abrir a vice-versa? Teve rolo demais ali desde o início.

    1 0 Responder

  • Regis | 5 dias, 19 horas atrás

    Ministério Público, foquem nos responsáveis pelo Hospital São Lucas. Verifiquem o histórico deles ... Ruy... não permitam q façam a Patos o q fizeram c/ Montes Claros e regiao. Fica a dica!

    12 0 Responder

  • TRANSPORTE | 5 dias, 21 horas atrás

    Até quando o município vai pagar a concessionária local altos valores do transporte coletivo gratuito? Até quando a concessionária vai mandar no trânsito central da cidade e mais agora como presidente do consep? O MP tem acompanhar também...e muito dinheiro que o município deve a empresa e muitos favores em troca do silêncio (cobranca)

    6 7 Responder

  • Pirapora | 5 dias, 21 horas atrás

    Esse novo administrador do São Lucas o senhor político ladrão Ruy Muniz . Cheio de progressos . Desviou muito dinheiro do Banco do Brasil nos anos 90 . fraudou contratos com a prefeitura de Montes Claros . foi preso e condenado nas justiça juntamente com sua esposa . Agora roubando verba de câncer . Terá seu castigo

    24 0 Responder

  • CONTRIBUINTE | 5 dias, 21 horas atrás

    O ministério Público tem investigar onde é aplicado o dinheiro da taxa de iluminação pública. As empreiteiras indicadas pela Cemig são suspeitas, o contribuinte não sabe quanto custa uma lâmpada, quantas foram trocadas no mês, quanto se arrecada (é muito no mes) quanto se paga as empreiteiras, porque a iluminação pública ainda não é de LED. Municípios menores e até vizinhos de Patos estão bem adiantados e aqui nada. Outra o Sr Pedro Lucas voltou pro caixa do município (dotação) dinheiro usado na sua gestão pra pagar 13° dos funcionários?o atual prefeito será não está usando este dinheiro que tem finalidade específica? Onde e qual saldo destas contas da taxa iluminação pública. Vereadores como sempre escondidos sem se manifestar....

    1 1 Responder

    carlos alberto lombriga - 5 dias, 20 horas atrás

    Acho que vc não deve ser CONTRIBUINTE né, deixa de ser falastrão meu jovem e diante de tanta palavrinha bonita colocado no seu texto vc deveria aproveitar e acessar o portal. Lá tem tudo. E fim de papo com contribuinte tbm tá

    1 0

  • Patense Ausente | 5 dias, 21 horas atrás

    Que legal o MP advogando paga instituições privadas. ???????????????? O senhor promotor já entrou com algum processo sobre o atraso das verbas estaduais ?

    1 15 Responder

    Paulo - 5 dias, 21 horas atrás

    Patense ausente, não comente aquilo que você não conhece. O Ministério Público está intervindo num assunto que é de interesse da população pobre, carente e sofredora. Existe uma verba que o Sus paga ao Hospital São Lucas que é conveniado para receber pelos procedimentos, e por sua vez o São Lucas não está repassando para a Clínica Oncológica. Sem receber, a Clínica não consegue atender os pacientes com câncer e muito menos receber novos pacientes que estão morrendo sem ter o tratamento iniciado. Ficou claro? Se não puder ajudar também não atrapalhe.

    20 0

    Fulana - 5 dias, 20 horas atrás

    Não sei se é do seu conhecimento, mas o MP tb exerce a função de curador das fundações. E a clínica mencionada é uma fundação. Às vezes ler é bom!!

    4 5

    Paulo - 5 dias, 15 horas atrás

    Resposta para a "Fulana ": A Clinica Oncológica não é uma Fundação e sim uma empresa privada com fins lucrativos. Desculpa, mas você está equivocada.

    4 0

  • Zé Seixas | 5 dias, 22 horas atrás

    Enquanto isso vários pacientes foram transferidos para Uberlândia (inclusive uma pessoa querida minha), pegando micro-ônibus da prefeitura as 2 horas da manha e retornando as 23 horas ou mais, uma viagem super desgastante para uma pessoa em tratamento de quimioterapia, e enquanto isso a verba sendo desviada para o bolso sei lá de quem. REVOLTANTE!!!

    16 0 Responder

  • Perito | 5 dias, 22 horas atrás

    Câncer mesmo são essas instituições de saúde pública que prestam serviços imundos e cobram barbaridades e fortunas em seus procedimentos. A gente vê o que o ser humano é capaz quando falta algum dinheirinho, são capazes de deixar pessoas sofrendo ou morrer se não receberem o "seu".

    7 0 Responder

  • Cidadao | 5 dias, 23 horas atrás

    Meu Deus por favor ???? entre com suas meias e ajudem essas pessoas a resolver isso , meu pai faz tratamento lá e essa é nossa única esperanca eu lhe peço senhor pra cobrir a clínica Az com seu manto sagrado e não deixar que desacordo nenhum interrompa o tratamento das pessoas que lá estão e que precisa do tratamento no centro oncológico ????

    9 0 Responder

carregar mais comentários