349669 2216 Ok
Publicado em 12/04/2017
Compartilhe:

Mototaxista morre após colisão frontal com caminhonete na BR-146 em Serra do Salitre

O acidente aconteceu na BR-146 por volta das 03h00 da madrugada desta quarta-feira (12), no município de Serra do Salitre-MG.

O grave acidente tirou a vida de um mototaxista de 27 anos.

A Polícia Militar Rodoviária registrou na madrugada desta quarta-feira (12) um grave acidente envolvendo uma motocicleta e um veículo de passeio. O acidente, que tirou a vida do mototaxista de 27 anos, aconteceu na BR-146 por volta das 03h00, no município de Serra do Salitre-MG.

Os militares ao chegarem no local depararam com uma motocicleta Honda CG/150, Fan totalmente danificada, caída ao solo com a frente voltada para o acostamento. Próximo à motocicleta encontrava-se o mototaxista Elói Vieira dos Santos, 27 anos, natural de Rio Pardo de Minas (MG), já sem vida. Ele morava e trabalhava em Serra do Salitre.

Ainda nas imediações do acidente se observou marcas de frenagem de uma caminhonete, ressaltando que o ponto de impacto foi possivelmente na pista do lado crescente, segundo uma testemunha. A caminhonete envolvida no acidente foi encontrada abandonada às margens da rodovia, aproximadamente a oito quilômetros do local do fato.

Com apoio de Militares de Araxá, que localizaram o veículo envolvido (Ford Ranger, emplacada em Patos de Minas-MG), bem como qualificou o motorista Dilermando Noronha Vieira, 35, natural de Patos de Minas.

Segundo relatos do senhor Dilermando, que seguia sentido Serra do Salitre a Araxá-MG, a motocicleta que seguia em sentido oposto invadiu a contramão de direção repentinamente, e que para tentar evitar a colisão, executou uma frenagem brusca e direcionou o veículo para o acostamento, porém não conseguiu evitar a colisão, vindo a "bater" de frente com a motocicleta. Afirmou ainda aos militares que permaneceu alguns minutos no local e que ficou assustado com o fato, que por este motivo evadiu desesperadamente.

O senhor Dilermando foi indagado se havia feito uso de bebida alcóolica, informando que havia consumido cerveja no dia anterior, por volta das 17h00m. Convidado, aceitou realizar o teste de alcoolemia, sendo aferido um total de 0,04 MG de álcool por litro de ar alveolar expelido dos pulmões, ou seja, ele não estava embriagado. Em consulta junto ao sistema informatizado, ficou constatado que a CNH do motorista está vencida desde o dia 07/02/2017.

Todo o local foi devidamente sinalizado e preservado até a realização dos trabalhos do perito. Após os trabalhos periciais, o corpo foi liberado para funerária de plantão. O condutor da caminhonete foi encaminhado para delegacia de plantão. Segundo uma fonte, o motorista foi liberado pelo delegado de trânsito, após ter pago uma fiança de R$10.000,00 reais.

Fonte: Patrocínio Online

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 12/04/2017
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Renata | 7 meses atrás

    Motociclista ja sem vida nao tem defesa agora o fugao da sua versao ....alem de fugir do local paga fianca e resolvido a fianca vai pra familia ou pro bolso dos vagabundos ...onde vai parar esse brasil ...uma merda

    1 1 Responder

  • Edio Batista da Fonseca | 7 meses, 1 semana atrás

    é claro que este cidadão na hora do acidente estava alcoolizado...fugiu porque??

    14 0 Responder

  • Xiiii | 7 meses, 1 semana atrás

    Nesse mato tem cachorro.......o cara da camionete disse que o motociclista invadiu a contra mão......mas ele fugiu e depois lembrou que seria pior e resolver parar............ai tem coisa, pois o outro morreu e não pode se defender.....

    10 1 Responder

  • Ze mane | 7 meses, 1 semana atrás

    A tolerancia pra o teste no etilometro e 0,0. O dele deu 0,04. E claro q estava bebado. Fugiu do local por estar assustado. Contra outra. Se 3 horas depois do acidente, o teste deu 0,04. Imagina se ele nao tivesse fugido e tivesse feito na hora. A reportagem esta tentando proteger esse cidadao.

    18 3 Responder

    apoiando o mau feito - 7 meses, 1 semana atrás

    concordo o mesmo que já tem várias passagens e também a pouco saiu da clínica de de pendentes químicos.... pena que ainda exista e pelo jeito sempre existirá a mão de quem tem dinheiro tudo se resolve! A notícia infelizmente tenta desviar a atenção para com a incoerência do cidadão e isso pior levou a vítima fatal!

    13 2

    Andreza - 7 meses, 1 semana atrás

    Estuda que voce consegue!

    1 9

    Gabriela - 7 meses, 1 semana atrás

    Independentemente do ja ocorreu, não da o direito a nenhum CIDADÃO julgar o outro. Se "sabe" tanto da vida desse cidadão, deveria saber das qualidades do mesmo. Tira da boca dele para dar para outro. Então APOIANDO O MAU FEITO, julgue a si próprio. Pq ele não matou ninguém, esse "mototaxista" se matou. Procure saber quem é a "vítima" e depois conversamos.

    0 15

  • Frank | 7 meses, 1 semana atrás

    Um queria ser delegado !

    9 8 Responder

    Psiu. - 7 meses, 1 semana atrás

    Seu comentário sugere o que? Que o delegado teria ficado com os 10.000? Para seu conhecimento este valor é depositado para o estado. Muito cuidado com seus achismos, levantar em falso pode te dar problemas, quem fala o que quer, passa pelo que não quer, o anonimato vai só até certo ponto.

    14 6

    Povo desocupado - 7 meses, 1 semana atrás

    Queria ver se fosse ao contrario estavam todos contra o motociclista.

    5 1