Motociclista é flagrado por radar da PRF a mais de 200km/h na BR 365 em Patos de Minas

Um caminhão acima da velocidade também flagrado.

publicado em 01/05/2019, por Maurício Rocha


Os radares registraram as infrações. 

Um motociclista foi flagrado por um radar da Polícia Rodoviária Federal de Patos de Minas trafegando pela BR 365 a mais de 200 km/h. A velocidade foi superior ao dobro da permitida pela via. A fiscalização neste feriado do dia do trabalhador também identificou outros veículos acima do limite de velocidade, inclusive um caminhão a 125 km/h em local onde o permitido é até 90km/h.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

A fiscalização com o uso do radar móvel ocorria no km 421 da BR 365, a cerca de oito quilômetros da sede da Polícia Rodoviária Federal em Patos de Minas. O condutor da motocicleta de grande porte não tomou conhecimento da presença dos policiais e passou a 205km/h. Neste trecho, a velocidade máxima permitida é de 100km/h.

O condutor não foi abordado. A PRF ressaltou o risco de acidentes numa tentativa de abordagem a um veículo nesta velocidade. De toda forma, o condutor foi flagrado pelo radar e vai responder administrativamente. A infração é gravíssima com sete pontos na carteira, multa de R$ 880,41, além da suspensão do direito de dirigir.

O excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes de trânsito graves. Na velocidade em que o motociclista se encontrava, qualquer batida poderia ser fatal. As autoridades alertam os condutores a respeitarem as leis de trânsito. E é bom lembrar que rodovias não são pistas de corridas esportivas.

Autor: Maurício Rocha Postado em 01/05/2019
Compartilhe:

63 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • André Mineiro | 11 meses atrás

    Tá, que está errado desenvolver essa velocidade em uma supermoto, mas, nem entra nas estatísticas acidentantes com esse tipo de motocicleta por que eles raramente acontecem. Agora, com as motinha urbanas, é acidente todos os dias.

    10 5 Responder

    jeraldo - 11 meses atrás

    pode ate não acontecer com eles, mas causam diversos acidentes, atrapalha muito o transito com suas imprudencias, desrespeito e quando colidem estraçalham tudo e todos envolvidos.

    3 4

    Gabriel - 11 meses atrás

    Entende bem de estatística em. Se as motos grandes represetam uma fração ínfima do total de motos no trânsito, com uma quantidade ainda menor de horas rodadas em relação à grande massa de motociclistas, como elas serão estatisticamente relevantes de forma numérica?

    1 7

  • Motoqueiro | 11 meses atrás

    Depois morre vem todos lamentar, nossa era tão bonzinho, gente boa. O problema é que devagar o trânsito já anda muito perigoso, imaginem nessa velocidade. A vida é do cara, faz o que quiser, o problema é que em caso de acidente dificilmente atingirá só ele.

    11 8 Responder

  • Gabriel | 11 meses atrás

    Essa bosta perde o controle por algum motivo e morre... até aí tudo bem, o problema é que existe a possibilidade dele transformar essa moto em um míssil e matar outras pessoas. Daí quando morre vira aquela choradeira e aquele bando de cu-zaum começa a defender e dizer que é gente boa.

    12 8 Responder

  • MARIA HELENA | 11 meses atrás

    Enquanto não se mudar a mentalidade do povo nada mudará. Quando falam que a educação de transito tem que ser dada desde a pré escola acham ruim. Eu vou mais longe a educação se dá ao seu filho desde bebê, você dirigindo dentro das normas, das velocidades permitidas dentro de cada tipo de via, sem ninguém precisar fiscalizar, como ato obrigatório sem neura, sem desobediência. É assim, deve ser cumprido e ponto. ESSA CONSCIÊNCIA É QUE DEVERIA PREVALECER. NINGUÉM FAZ MAIS QUE A OBRIGAÇÃO CUMPRIR AS LEIS. SE CADA UM FIZESSE A SUA PARTE NÃO HAVERIA O QUE CHAMAM DE "MÁFIA DAS MULTAS"., DENOMINAÇÃO ERRADA POIS DEVERIA SE CHAMAR " BABÁS DE IRRESPONSÁVEIS".

    2 6 Responder

  • Q | 11 meses atrás

    Achei que uma moto com velocidade de 200km/h o motociclista ficaria " curvado" na moto, não com a coluna reta.

    12 25 Responder

  • Israel | 11 meses atrás

    Se marca 200 km/h no velocímetro tem que fazer. Comprei para usar ao maximo

    26 38 Responder

    TheBerla - 11 meses atrás

    Boa, garoto!

    3 1

  • passaro | 11 meses atrás

    e eles adora uma multa pois tomei uma em mao dupla de são paulo a registro em pista dupla com tres faixa a 69 km isto e uma mafia do governo ,logo logo vamos ter andar de macha re. :rage:

    12 8 Responder

  • Nivardo Lima 11 meses atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Taquim | 11 meses atrás

    Deixa o homi voar gente!! Aposto que o governo não está preocupado com a vida dele e sim com a multa

    18 5 Responder

  • Federal | 11 meses atrás

    Pelas comentários, o povo sugere que "o governo apenas quer arrecadar com a aplicação de multas de trânsito". Muita conveniência nos comentários, omitindo o quanto é gasto com serviço de emergência médica (Samu, Bombeiros, equipes e leitos de hospitais) previdência (aposentadorias e pensões, precoces). O sistema de trânsito brasileiro tem falhas, visto que é omisso em ações preventivas, entretanto a penalidade de trânsito tem a finalidade de inibir o comportamento lesivo a integridade física do condutor. Verdade que deveria existir desde a pre-escola ações educativas para construir um comportamento cívico nas pessoas, incentivando a obediência às normas de trânsito. Ocorre que nem aqui no trânsito, nem em outro tema nenhum, o governo forma CIDADÃO. Dessa forma, o motorista será sempre infrator e incapaz de compreender o porquê da fiscalização.

    19 11 Responder

    Cidadão de Bem - 11 meses atrás

    Excelente observação!

    1 1

carregar mais comentários