349669 2216 Ok
Publicado em 19/07/2017
Compartilhe:

Moro determina que dinheiro do caso triplex seja destinado à Petrobras

A decisão é do juiz federal Sérgio Moro, no despacho publicado em resposta a embargos de declaração da defesa do ex-presidente no processo.

O apartamento triplex do Condomínio Solaris, no Guarujá, litoral paulista, peça central do julgamento em primeira instância que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão, será repassado à Petrobras. A decisão é do juiz federal Sérgio Moro, no despacho publicado em resposta a embargos de declaração da defesa do ex-presidente no processo.

"Tanto o produto do confisco criminal como o valor mínimo para a reparação dos danos são devidos à Petrobras", escreveu o juiz.

Na publicação da sentença, na semana passada, Moro já havia decretado o confisco do apartamento por considerá-lo "produto de crime de corrupção e de lavagem de dinheiro". A fim de assegurar o confisco, o juiz decretou o sequestro do imóvel independentemente dos recursos que devem tramitar em segunda instância.

O despacho de Sérgio Moro também aponta a Petrobras como destinatária dos valores de reparação de danos a que os réus foram condenados a pagar. A decisão inclui os R$ 16 milhões da suposta conta-corrente compartilhada entre a OAS Empreendimentos e o PT.

"Embora a ver do Juízo isso estava implícito na sentença, não há óbice em deixá-lo explícito", escreveu Moro em resposta ao embargo de declaração da Petrobras.

Fonte: Agência Brasil

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 19/07/2017
Compartilhe:

1 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • POTENKIM | 4 meses, 3 semanas atrás

    Moro nega pedidos da defesa de Lula e compara tríplex a contas de Cunha No caso do tríplex, um dos principais documentos que apontam o ex-presidente como destinatário da cobertura no Guarujá é um termo de adesão de 2004 sem a assinatura do petista. Outro ponto relevante refere-se ao fato de Cunha e sua família terem usufruído das contas no exterior. Acusado de ter se beneficiado de valores milionários desviados da Petrobras em um contrato de exploração de campo de petróleo na República do Benin, Cunha teria disponibilizado uma parcela da propina à conta de sua mulher na Suíça. Ela teria mantido e gasto 1 milhão de dólares supostamente desviados. Ainda assim, Moro absolveu Cláudia Cruz da acusação de lavagem de dinheiro.

    0 0 Responder