349669 2216 Ok
Publicado em 18/09/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Moradores encontram Ouriço-Cacheiro perambulando pela principal Rua de Patos de Minas

O animal silvestre estava perambulava pela principal Rua de Patos de Minas, parecendo estar perdido.

Moradores do bairro Alto Caiçaras foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira (18) pela presença de um Ouriço-Cacheiro adulto. O animal silvestre estava perambulava pela principal Rua de Patos de Minas, parecendo estar perdido. O Corpo de Bombeiros teve que ser acionado para fazer a captura.

O Ouriço-Cacheiro é um animal inofensivo, mas que pode trazer problemas para quem tentar apanhá-lo. Esta espécie possui o corpo coberto por espinhos de até 10 centímetros, que entram na pela com facilidade e chegam cada vez mais fundo. Esta espécie chega a medir 65 centímetros e possuem uma cauda poderosa que ajuda a sustentá-los no alto das árvores.

Segundo os moradores do Bairro Alto Caiçaras, as inúmeras queimadas nas imediações podem ter levado o Ouriço para o bairro. Eles filmaram o animal perdido, perambulando pela Rua Major Gote nesta manhã. O vídeo foi encaminhado à redação do Patos Hoje por Roberto Pascau, que agradece a colaboração do leitor.

Os moradores também acionaram o Corpo de Bombeiros. Uma equipe esteve no local por volta de 7h30 desta manhã e capturou o Ouriço-Cacheiro. O animal foi colocado em uma espécie de gaiola e levado para um reserva ambiental, distante do perímetro urbano, onde poderá viver com tranquilidade.

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 18/09/2017
Compartilhe:

23 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Matutinense | 2 meses atrás

    Trata-se de um porco-espinho, e não de um ouriço cacheiro. Parabéns ao Corpo de Bombeiros Militares!

    1 0 Responder

  • JP | 2 meses atrás

    Diferenças entre peso e tamanho Os ouriços são animais insectívoros que podem chegar a alcançar até 30 cm de comprimento e superar 1 kg de peso. Fisicamente são animais com aspeto rechonchudo e patas curtas, o rabo pode medir entre 4 a 5 centímetros de comprimento. O porco-espinho por seu lado é um animal muito maior, pode chegar a medir até 60 cm de comprimento e 25 cm de altura, duplicando o tamanho do ouriço. Além disso podem chegar a pesar até 15 kg, ou seja, 15 vezes mais que um ouriço comum Diferenças no lugar onde vivem Os ouriços são animais que podem ser encontrados em África, Ásia e Europa. Os seus habitats preferidos são pradarias, bosques, savanas, desertos e áreas de cultivo. Os porcos-espinho por seu lado podem encontrar-se também na África, Ásia e Europa, mas além destes continentes existem espécies na América, o que não acontece com os ouriços. Os habitats também são muito semelhantes, incluindo desertos, savanas, selvas e áreas de cultivo. Outra diferença radica no fato de existirem espécies de porco-espinho que vivem em árvores podendo fazer isto toda a vida. Não é um ouriço, e sim um porco espinho

    3 1 Responder

  • Eliliane Santos | 2 meses atrás

    "Parece estar perdido" Perdido que nada, mora na principal rua da cidade a anos...kkkkkkkk

    4 1 Responder

    izabela - 2 meses atrás

    isto e verdade, ja o vi diversas vezes na rua e ligava pro órgão responsável pra pegar o bichinho e ninguém ia, falava que n tinha carro pra fazer o recolhimento.

    1 0

  • Observador | 2 meses atrás

    Infelizmente com queimadas na região ( isso vale pro Alto Paranaíba e triangulo) teremos uma mudança radical na migração destes animais do campo pra cidade...Percorrendo as rodovias da região da do ver quantidade queimadas, este ano superou muito em relação a outros, além seca nos rios e córregos.

    2 0 Responder

  • Marcos Ferreira X-9 | 2 meses atrás

    Não se pode colher rosas sem temer um porco espinho, nem desfrutar uma bela esposa sem o risco dos cornos..

    5 5 Responder

    Capitão Gay - 2 meses atrás

    Falou pouco, mas falou bonito.

    2 0

    Pegador de Égua - 2 meses atrás

    Por essas e outras que prefiro as éguas.

    1 1

  • lagoense feliz | 2 meses atrás

    Na minha modesta opinião , o ser humano que ocupou o espaço do ouriço e não vice e versa. jsf

    7 7 Responder

    Crequeché - 2 meses atrás

    Sr Lagoense Feliz, o sr como matuto que é, deveria saber que se trata de um porco espinho, e não de um ouriço cacheiro.

    1 0

  • Ricardo | 2 meses atrás

    Vamos ver se colocamos um deste ai na cadeiras dos políticos de patos para eles trabalhar ,porque nao fazem nada,so fica com a bunda pregada na cadeira e pronto

    11 0 Responder

  • Roberto Pascal | 2 meses atrás

    Coitado, parecia que estava procurando lugar para descansar. E o pior, teve alguém que falou que se não tivesse ninguém por perto, teria um cardápio diferente nessa segunda.

    4 1 Responder

  • Leila Aparecida | 2 meses atrás

    Vamos nos unir e salva nossas reservas de matas !

    16 0 Responder

  • Incompetentes do CSU | 2 meses atrás

    Vamos chamar a Polícia Ambiental pra recolher este ouriço e devolvê-lo a uma mata nativa. Eles tem mt mais competência do que alguns incompetentes que devolveram de mão beijada as instalações do CSU.

    3 7 Responder

carregar mais comentários