Publicado em 03/10/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Morador denuncia acúmulo de lixo em residência e cobra providências em Patos de Minas

Nossa equipe de reportagem foi até o local e registrou a situação em que se encontra a casa.

A sujeira da casa está atraindo ratos, baratas e escorpiões.

Moradores do Bairro Jardim Esperança entraram em contato com a redação do Patos Hoje nesta quarta-feira (03) relatando que o lixo está tomando conta de uma residência. A reclamação dos moradores se dá devido à sujeira em que se encontra o imóvel atraindo bichos como ratos, baratas e escorpiões para toda a vizinhança. Nossa equipe de reportagem foi até o local e registrou a situação em que se encontra a casa.

De acordo com um vizinho, que preferiu não se identificar, há vários anos, a residência na Rua Paraopebas se encontra nesse estado. Ele disse que o mau cheiro está ficando insuportável e que até já fez contato com a Prefeitura Municipal, mas nada ainda foi feito. Em conversa com nossa reportagem, um dos vizinhos disse que um caminhão da prefeitura chegou a tirar doze caminhões com lixo de dentro do imóvel há alguns anos.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Segundo ele, a proprietária da residência estaria morando no local com mais dois filhos. Os vizinhos contam que chegaram a falar para com familiares para tentar solucionar o problema, mas a situação continua. A principal reclamação dos vizinhos é a infestação de bichos que acabam invadindo suas casas devido ao lixo que, além do imóvel, tomou conta também da calçada Eles contam que são comuns baratas, escorpiões, ratos e vários outros insetos saírem da casa.

Eles pedem uma providência da Prefeitura Municipal para que algo seja feito e esse problema seja resolvido. Os vizinhos ainda relataram que o local é bastante perigoso, pois serve de ponto de uso e esconderijo de drogas. 

Servidores da Prefeitura já fizeram várias limpezas em imóveis dessa maneira em Patos de Minas. A suspeita é de que a moradora tenha a Síndrome de Diógenes, distúrbio que ficou mais comum nos últimos anos. A pessoa que sofre com este problema tende a coletar e armazenar uma grande quantidade de pertences e posses, normalmente entulhos.

A Secretaria de Saúde disse que já está tomando as providência, já fez reuniões técnicas com equipe multiprofissional a fim de buscar a melhor maneira de tratar a paciente que possivelmente é portadora de Síndrome de Noé e de Diógenes e dar a destinação correta dos resíduos sólidos e abrigar os animais.

Reportagem atualizada às 20h29.

Imagens atualizado em 03/10/2018 • 11 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 03/10/2018
Compartilhe:

6 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Cade Blitz e fiscalização | 1 mês, 2 semanas atrás

    Cadê a prefeitura povo de... eles é tão preguiçoso que nem limpa a própria ...

    0 0 Responder

  • reflexao | 1 mês, 2 semanas atrás

    Alguns anos atrás, essa mesma casa já foi denunciada sobre o mesmo problema. Inclusive a vigilância sanitária, junto com outros órgãos, foi ate ao local fazendo um mutirão para fazer toda a retirada do lixo que estava em sua propriedade. Infelizmente a proprietária do imóvel sofre de um transtorno chamado "SÍNDROME DE DIÓGENES" mais conhecido como transtorno de acumulação. Infelizmente para esse moradora, isso é um transtorno, e sem tratamento sempre ira acontecer isso. Referente aos filhos, na verdade eram 3 que moravam na casa, e ambos são maiores de 20 anos e ainda se encontram na residencia nessas condições por questão do querer de cada um, sendo que hoje conforme a reportagem, se encontra somente 2 filhos na residencia.

    0 0 Responder

  • Morador do Jardim Esperança | 1 mês, 2 semanas atrás

    Tem que dar um jeito nesse lixo, isso é um absurdo, esse bairro esta esqueciso, os politicos tem que pensar que o voto dos moradores daqui valem o mesmo do morador do centro, nao se esqueçam... entre as ruas canjeranas, sapucaias e araças tem uma praça abandonada que esta sendo usada p descarte de lixo, isso a 3 km do centro da cidade, pq essa regiao esta muito perto do centro, isso nao pode ser tolerado, MP, Poder Executivo, Parlamentares, vejam se dao uma olhada p este Bairro pq esta dificil :pray: Sem falar na area entre a Rua dos Eucaliptos e a Rua Zulmira Vieira que esta sendo usada p criaçao de cavalos.. e estao cercando e tomando conta de la. :bell:

    6 2 Responder

  • Malaquias | 1 mês, 2 semanas atrás

    Eu fico com dó é dos filhos, que são obrigados a viverem num lixão desse... espero que a proprietária se conscientize de seu estado e dê um jeito nessa bagunça...

    5 3 Responder

    Vizinho - 1 mês, 2 semanas atrás

    Dó dos filhos ? São os dois maiores de idade. Vivem num lixão desse como você disse por querer mesmo , ambos tem condições de ajudar a mãe a pelo menos Nantes a higiene do local. Porém fazem de conta. Que nem existe tamanho descaso com a própria situação de sua casa

    3 0

  • solidaria | 1 mês, 2 semanas atrás

    E necessario que uma assistente social a visite,uma equipe de saude,caso delicado!

    11 0 Responder