349669 2216 Ok
Banner CNA - TOPO
Publicado em 22/11/2016
Compartilhe:

Ministério Público ajuíza ação contra Prefeitura e empresa para conter erosão gigante

O órgão pede a adoção de medidas imediatas para conter o avanço da erosão que tem causado grandes prejuízos ao meio ambiente.

O buraco aberto ao longo dos últimos anos impressiona.

O Ministério Público, através da 3ª Promotoria de Justiça e da Coordenadoria Regional de Meio Ambiente das Promotorias de Justiça, ajuizou Ação Civil Pública contra a Prefeitura de Patos de Minas e contra a empresa Engepar Empreendimentos para tentar conter uma Voçoroca gigantesca que se formou em Patos de Minas. O órgão pede a adoção de medidas imediatas para conter o avanço da erosão que tem causado grandes prejuízos ao meio ambiente.

Na ação, os promotores Paulo César de Freitas e Marcelo Azevedo Maffra alegam que a implantação dos bairros Jardim Esperança pela Prefeitura e do Residencial Monjolo por empresa particular não atendeu a legislação urbanística vigente, sendo construídos sem o adequado sistema de drenagem das águas pluviais. A enxurrada que desce dos dois bairros ganha força ao longo do caminho e segue destruindo o que encontra pela frente.

O buraco aberto ao longo dos últimos anos impressiona. A enorme Voçoroca fica logo abaixo do Residencial Monjolo, escondida em meio a vegetação e só foi descoberta a partir de uma denúncia feita pela própria Prefeitura. A Polícia Militar de Meio Ambiente foi acionada para verificar a presença de animais em área de preservação permanente e acabaram descobrindo a erosão.

Quando se aproxima que é possível perceber o tamanho do estrago. O buraco gigantesco caberia com certa tranquilidade um prédio de 10 andares. Segundo o promotor de justiça Paulo César de Freitas, além dos danos ao meio ambiente, se nada for feito, o buraco pode começar a comprometer a estrutura urbana.

Imagens atualizado em 22/11/2016 • 13 fotos

Na  Ação Civil Pública, o Ministério Público pede a concessão de Tutela de Urgência obrigando a Prefeitura e a Empresa responsável pela construção do bairro Residência Monjolo a implantarem sistemas de drenagem de águas pluviais nos bairros Jardim Esperança e Residencial Monjolo em um prazo de 180 dias. O órgão pede também a construção de um sistema de dissipação da velocidade das águas para evitar novas erosões.

Após a realização dessas obras, a Prefeitura e a empresa incluída na ação civil pública deverão apresentar um plano de recuperação da área degrada em um prazo de 60 dias.

Autor: Maurício Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 22/11/2016
Compartilhe:

12 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • tômaz | 10 meses, 3 semanas atrás

    parece que a banana vai comer o macaco :alien:

    0 0 Responder

  • amigo da natureza | 10 meses, 3 semanas atrás

    Tenho a solução útil e barato em Patos de Minas tem se muitos pneus a empresa que causou isso leva esse pneus para o local e começa a mota-lo e colocassem terra pois ai a terra que ainda está la não iria sai com água pois os pneus servira como barreira para mesma e também iria retira vários pneus que ficaria ai jogados de qualquer maneira .

    3 0 Responder

  • OLHO VIVO | 10 meses, 4 semanas atrás

    Já que esse tal MP lemba de tudo que tal esse sr promotor refrescar sua memória e ele ajuizar uma ação contra a COPASA ou alguém responsável pela taxa de tratamento de esgoto que pago e todos de PATOS DE MINAS;e que não existe a + ou - 7 anos.ei sr. promotor!!!!!!!!!!!

    8 1 Responder

    Fernando - 10 meses, 4 semanas atrás

    Ele não consegue sete anos e não fez nada, alvo.preferido dele é o.prefeito.

    5 0

    Cidadão - 10 meses, 3 semanas atrás

    Já existem duas ações tramitando referente à taxa de esgoto. Se informe melhor.

    1 1

    Pra vc cidadao - 10 meses, 3 semanas atrás

    Mas não.foi divulgado, vc como defensor como estão estas ações.

    0 0

  • DONALDO TRAMPO | 10 meses, 4 semanas atrás

    É o tipo de ação que vira acordão (TAC)... e nada acontece.. Infelizmente..

    0 0 Responder

  • Adriana | 10 meses, 4 semanas atrás

    Na oportunidade gostaria de informar que no fundo da minha casa também tem um buraco quase do tamanho deste.no mesmo bairro residencial monjolo parte nova condomínio.gostaria de uma atenção especial . :+1:

    3 0 Responder

    Antonia - 10 meses, 4 semanas atrás

    Zé Eustaquio vai.entupir buracos te todos, o cara é fera!!

    1 1

    Janaina - 10 meses, 4 semanas atrás

    É verdade Adriana, precisamos mesmo de chamar a atenção das autoridades para esta área de preservação ambiental, que de fato no que depende dos órgãos competentes não é preservada e muito ignorada.

    0 0

  • andre | 10 meses, 4 semanas atrás

    esse ministerio publico. ta e brincadeira, nunca fez nada contra prefeitura, e nem vai fazer..esse prefeito vai ficar pra estoria ..por tem troxa pra vota neles...

    4 5 Responder

  • PEDRO PEDREIRA | 10 meses, 4 semanas atrás

    Daqui uns 10 anos sai a sentença.

    4 0 Responder

    eu - 10 meses, 4 semanas atrás

    Pedro Pereira, se o prazo que você disse, será de 10 anos, só os netos do próximo prefeito, poderão saber se foi cumprido a sentença. kkkkk

    1 0

  • Moradora do Bairro | 10 meses, 4 semanas atrás

    A Polícia Militar do Meio Ambiente e o Ministério Publico estão de parabéns pela conduta, :clap: :clap: há tempos que estamos convivendo com este tipo de descaso ao nosso bem maior , A NATUREZA, natureza esta que nenhum ser humano conseguiria sequer imitar, Aproveitando a oportunidade, gostaria de saber, se alguém poder me informar, qual o procedimento para fazer uma denuncia em desfavor da COPASA, pois a mesma implantou a rede de esgoto do bairro Sol Nascente e parte do bairro Esperança e lançou em uma vala a céu aberto, escondido por entre as arvores, de forma que as arvores nativas cresceram e nada mais pode ser notado de longe, apenas ao aproximar. O pior nem é o fato da referida empresa publica, regada com o nosso dinheiro, tentar nos fazer de otário, O PIOR mesmo é que o esgoto deságua em uma região (LINDA) com várias nascentes que formam o nosso famoso Córrego do Monjolo, como se já não bastasse o fato de poluirmos o Córrego no seu percurso pelo perímetro urbano, agora poluir as nascentes já é no mínimo INTOLERÁVEL!!!!! :rage: :rage:

    13 2 Responder

    Perito - 10 meses, 4 semanas atrás

    Onde exatamente é o local tenho interesse em denunciar, essa COPASA.

    3 0

    Perito 2 - 10 meses, 4 semanas atrás

    Ministerio publico nao faz nada contra COPASA, fica so Atormentando a prefeitura. Porque nao fazem nada contra esta copasa, vcs ficam Por Conta e ganham muito bem pra isto.

    5 1

  • MF | 10 meses, 4 semanas atrás

    Parabéns pela iniciativa Srs. Promotores! Mas e a COPASA?????????? Estão causando danos ao meio ambiente tambem!! Esgoto sem tratamento jogado nas águas do Rio Paranaíba Srs. Promotores!! Quando teremos a mesma iniciativa??? A população de Patos de Minas esta esperando uma resposta faz tempo!!!

    17 0 Responder

    Jorge - 10 meses, 4 semanas atrás

    Mp nao fas nada contra a maior poluidora da Cidade, esta heranca maldita: COPASA

    4 0

  • Maria | 10 meses, 4 semanas atrás

    O novo prefeito vai ajeitar isso aí, pois uma das promessas de campanha dele foi ligar o Sebastião Amorim ao Jardim Esperança kkkkk . Vamos cobrar dele.

    9 6 Responder

    anjo bom - 10 meses, 4 semanas atrás

    Se ligasse esses dois bairros ficaria uma mão na roda. A gente que mora pras bandas do Tião Côco, Planalto, Jardim Victória, etc... dá muita volta se quiser sair da cidade, passando pela Marabá. Pois temos que descer pela Dilermando e pegar o início do prolongamento da Fátima Porto. Dá muita volta. Um já havia prometido isso, agora dizem que esse outro prometeu. Será que essa obra sai do papel? Ou vai ficar feito pelas metades igual a Estrada da Serrinha?

    6 0

carregar mais comentários