349669 2216 Ok
Publicado em 05/11/2016
Compartilhe:

Mais de 8 mil estudantes devem realizar o Enem no UNIPAM em Patos de Minas

Os portões do UNIPAM foram abertos ao meio dia.

A movimentação de estudantes é grande em frente ao UNIPAM.

As ruas no entorno do Campus do Unipam foram interditadas. A Polícia Militar reforçou a segurança para garantir a tranquilidade dos cerca de 8 mil estudantes inscritos no Enem em Patos de Minas. Os portões foram abertos ao meio dia. Nesse primeiro dia, os estudantes vão responder a 90 questões de ciências humanas e ciências da natureza. Os candidatos terão quatro horas e 30 minutos para concluir as provas.

A área de ciências da natureza e suas tecnologias abrange os conteúdos de química, física e biologia. Em ciências humanas e suas tecnologias, as provas são de geografia, história, filosofia, sociologia e conhecimentos gerais. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário de Brasília. E como sempre acontece, teve estudante que ficou de fora.

Dois candidatos em Patos de Minas não conseguiram chegar a tempo.  Luiz Augusto de Cristo Chaulet disse que passou a noite trabalhando e acabou perdendo a hora. O segundo candidato que ficou de fora é de Lagoa Formosa. Infelizmente, eles deverão esperar o ano que vem para realizar os testes novamente.

Para fazer a prova é fundamental apresentar documento de identidade original com foto e usar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente. Outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

Imagens atualizado em 05/11/2016 • 14 fotos

É proibido o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o fim das provas. Em anos anteriores, candidatos foram eliminados por postar imagens da prova em redes sociais.

O candidato também não poderá usar lápis, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, boné, chapéu, gorro e similares e portar armas de qualquer espécie, mesmo com documento de porte. Se estiver com um desses objetos, eles deverão ser colocados no porta-objetos.

Para enfrentar as longas horas de prova, os candidatos levaram água e comida. O Ministério da Educação informou que haverá fiscalização dos lanches. Neste ano, pela primeira vez, haverá identificação biométrica dos estudantes. O objetivo é prevenir fraudes. As impressões digitais serão colhidas durante as provas.

O aluno poderá deixar o local após duas horas do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas. Caso descumpra qualquer uma dessas regras, será eliminado. O Ministério da Educação adiou para os dias 3 e 4 de dezembro as provas dos candidatos que fariam o exame em prédios ocupados por estudantes em protesto contra medidas do governo federal.

Autor: Maurício Rocha

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Postado em 05/11/2016
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • PEC do GOLPE | 1 ano atrás

    O nome até que é louvável... PEC DOTETO DOS GASTOS PuBLiCOS... Na verdade está PEC não trata dos desperdícios e despesas com coisas supérfluas. Está PEC somente corta, a longo prazo, os investimentos em saúde, educação e segurança. É incrivelmente, diminuirá o tamanho e consequentemente o poder dos órgãos que fiscalizam o governo. Nesta PEC, se um gestor gastará mais do que arrecada, ele receberá uma incrível pena, estará terminantemente proibido de reajustar os salários. É inacreditável que o governo cortará os investimentos justamente naquilo em que a Constituição de 1988 lhe outorga a obrigação, saúde, educação e segurança. A Peça 241, hoje PEC 55, está disponível na internet, leiam....

    4 2 Responder

  • Uai credo-+''''''''''''''''''''''''''''''' | 1 ano atrás

    NÃO ACREDITO, que o menino jesus ficou de forra.. :innocent: Pra quem endende. k

    1 2 Responder