349669 2216 Ok
Caiçaras - Full Banner
Publicado em 06/10/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Justiça decreta prisão preventiva de autor de esfaqueamentos de três irmãos em Patos de Minas

Mas a brutalidade dos assassinatos e a frieza apresentada por ele após o crime foram determinantes para que a Justiça decretasse a prisão preventiva.

Pedro deverá permanecer recolhido no Presídio Sebastião Satiro até ser julgado.

Pedro Queiroz Gonçalves, de 29 anos, vai permanecer preso enquanto aguarda o julgamento pelo ataque aos três irmãos universitários na madrugada dessa quinta-feira (05) em Patos de Minas. O autor se entregou na delegacia, entregou a arma do crime e confessou. Mas a brutalidade dos assassinatos e a frieza apresentada por ele após o crime foram determinantes para que a Justiça decretasse a prisão preventiva.

O pedido foi feito pelo delegado de homicidios Érico Rodovalho e pelo Ministério Público. Diante da brutalidade do crime, o promotor Paulo César de Freitas encaminhou o pedido de prisão preventiva de Pedro Queiroz Gonçalves, que foi prontamente acatado pelo juiz Vinicius de Ávila Leite. Diante disso, Pedro deverá permanecer recolhido no Presídio Sebastião Satiro até ser julgado por duplo homicídio e tentativa de homicídio qualificados.

A frieza demonstrada pelo autor foi determinante para o pedido de prisão preventiva. Em entrevista ao Patos Hoje, Pedro contou em detalhes como esfaqueou os irmãos e, sem demonstrar qualquer arrependimento, disse que faria tudo de novo. Autor ainda teve a capacidade de enviar um áudio para a família contando que havia matado os irmãos.

“A alta periculosidade demonstrada por ele, a alegação de que faria tudo de novo, o que em tese coloca em risco a vida da terceira vítima e de outros familiares; a ameaça velada contida na mensagem enviada à família, o que pode inibir testemunhos caso ele esteja solto; o fato de ele não residir no Estado de Minas, havendo receio fundado de fuga e prejuízo para a aplicação da lei penal fizeram com que o Ministério Público pedisse a prisão preventiva”, disse o promotor Paulo César de Freitas. Ele disse que levou em conta também os requintes de barbárie e frieza com que Pedro praticou uma verdadeira chacina, com um homicídio triplamente qualificado e dois feminicídios quadruplamente qualificados. “Além, claro, da comoção social causada pelo crime, retratada pela imprensa local e regional, causando sérios abalos à ordem pública”, conclui o promotor.

Pedro era casado com a universitária Darck Souza Queiroz, com quem tinha uma filha de pouco mais de dois anos. Os dois estavam separados desde o final de semana e a estudante foi morar no apartamento dos irmãos mais novos Abner Calebe e Damaris no bairro Caiçaras. Na madrugada de ontem, depois de passar o dia amolando uma faca, Pedro foi até o local e matou a ex-mulher, esfaqueou a ex-cunhada Damaris com quem encontrou nas escadas do prédio, subiu no apartamento e matou o ex-cunhado Abner Calebe com mais de 20 facadas.

O crime chocou a cidade. O Unipam, instituição em que os três irmãos estudavam, suspendeu aulas e atividades dos cursos que eles frequentavam, o prefeito decretou luto oficial, assim como fez o prefeito da cidade de Grajaú no Maranhão, terra natal dos estudantes.

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 06/10/2017
Compartilhe:

79 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Simone Nogueira Lima Lima | 2 meses atrás

    Que a justiça de Deus seja feita .

    2 0 Responder

  • Isaias Fernandes | 2 meses atrás

    Preventiva ???? Devia ser perpétua ,!!

    2 0 Responder

  • Cirlene Gonçalves | 2 meses atrás

    Também não é pra menos.

    1 0 Responder

  • Pedro Viana | 2 meses atrás

    Coloca ele na cela do Paulão pé de mesa

    2 0 Responder

  • Abadia de Fátima | 2 meses atrás

    Esse cara tinha que ter o mesmo destino dessas pessoas que ele matou

    1 0 Responder

  • Fabio Junior Pereira Luiz | 2 meses atrás

    A credo com indivíduo desse

    1 0 Responder

  • Anderson Araujo | 2 meses atrás

    #Bolsonaro2018 Faca no pescoço desse vagabundo.

    1 0 Responder

  • Rick Soares NP | 2 meses atrás

    Acho que tinha quer ter uma justiça mais rigorosa para um caso desse Porque a lei desse Brasil e uma bosta A minha justiça para esse safado e ele pagar com a própria vida Bicho safado né merece respirar não

    1 0 Responder

  • Eliane Gomes Coutinho | 2 meses atrás

    tem que pegar uma bosta dessa é soltar pelado la no meio a Amazônia pra ele se virar sozinho com as sucuris,aranhas venenosas e aqueles índios canibais

    1 0 Responder

  • Val Morais | 2 meses atrás

    Solta ele dentro de uma Jaula de Leões,a justiça não tem é vergonha prisão preventiva deixa ele lá pra morrer de fome e de sede tem que sofrer muito ainda.

    1 0 Responder

carregar mais comentários