Jovens que teriam provocado acidente na BR 365 são presos por embriaguez e homicídio culposo

Após o acidente, eles fugiram do local da batida com o veículo danificado.

publicado em 30/09/2019, por Maurício Rocha


Após o acidente, eles fugiram do local da batida com o veículo danificado.

Os dois jovens que ocupavam o veículo Ford/Fiesta, que teria provocado o acidente na BR 365 que deixou três mortos e 27 feridos, foram presos em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal e poderão responder por homicídio culposo, embriaguez ao volante e por omissão de socorro. Após o acidente, eles fugiram do local da batida com o veículo danificado.

Segundo o inspetor Diego da PRF, os dois jovens estavam trafegando na estrada vicinal que dá acesso a Lanhosos e entraram na BR 365 sem observar o trânsito. O ônibus da Gontijo que seguia em direção a Patos de Minas atingiu o veículo e foi para a contramão, batendo de frente com a carreta que seguia em sentido contrário. Os dois veículos pegaram fogo.

No momento da batida, o veículo era conduzido por um jovem identificado pela PRF como Bruno Amaral Carneiro. Após a batida ele passou a direção do carro para o jovem identificado como Bruno Xavier Coelho e os dois saíram do local, sendo parados no Posto da Polícia Rodoviária Federal, a poucos quilômetros do local da batida. Eles confessaram que estavam no carro que se envolveu no acidente e que teria fugido do local.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Bruno Xavier apresentava sintomas de ter ingerido bebida alcóolica, mas em pequena quantidade, o que não constitui crime. Bruno Amaral também soprou o etilômetro e o resultado foi teor de 0.78 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, o que constitui crime.

Bruno Amaral deverá responder por homicídio culposo na direção de veículo automotor, omissão de socorro e afastar-se o condutor do veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída. Já Bruno Xavier foi preso por embriaguez ao volante, Omissão de socorro e Afastar-se o condutor do veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída.

O acidente foi no Km 419 da BR 365. O local e bastante perigoso, uma vez que faz cruzamento com duas estradas vicinais, a de acesso a Lanhosos e a estrada da Serrinha. Havia um radar instalado exatamente no ponto do acidente, mas foi retirado. O equipamento obrigava os motoristas a respeitarem a velocidade no local que é de 60km/h.

Imagens atualizado em 30/09/2019 • 6 fotos

Autor: Maurício Rocha Postado em 30/09/2019
Compartilhe:

90 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Riala Mafon | 2 semanas, 1 dia atrás

    No papo reto com palavras que todos entendam eu quero dizer quê: O Bolsonaro implicitamente influiu no comportamento do seu eleitorado que se sente emponderado atrás de um volante que põe a sua vida em risco e de terceiros também. Não se deve seguir um líder que te leva para o precipício. Deu para entender agora ?

    13 29 Responder

    Senta la - 2 semanas, 1 dia atrás

    Ah ta então antes do governo bolsonaro ninguém dirigia alcolizado?

    11 2

    Riala Mafon - 2 semanas atrás

    Senta la -------------------é natural na espécie humana o indivíduo querer ser o que não e num propósito conveniente ao seu "pavão interior". Mas os eleitores do Bolsonaro são o contrário e diferentes em tudo----sentem-se orgulhosos de serem obnóxios. Antes do Bolsonaro já se dirigiam alcoolizados mas não com tanta frequência e com tanta picardia.Não tentem negar que o Bolsonaro é um castigo verde amarelo para todos nós, embora eu tenha lutado para escapar desde o princípio da nefasta intenção do Coiso se candidatar. Malditas fakes news.

    6 5

  • Riala Mafon 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    ???????? - 2 semanas, 1 dia atrás

    Falou. ..Falou. ...e não falou naaada!!!!que comentário besta

    10 2

  • juca piranga 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Eu falei... 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • RADAR | 2 semanas, 2 dias atrás

    Concordo com os argumentos q o ser humano ñ deveria precisar de radar pra diminuir a velocidade em um cruzamento de estradas vicinais, que a rodovia deveria estar em melhores condições, estar duplicada... tudo isso é válido e é o MUNDO IDEAL. Porém eqto ñ chegamos nesse nível como temos em rodovias paulistas e de outras localidades, pouparíamos vidas deixando radares em lugares estratégicos como depois de CURVAS COMO ESSA DA SERRINHA QUE SE ENCONTRAM COM SAÍDAS/ENTRADAS DE ESTRADAS VICINAIS. Votei e possivelmente votarei de novo no Bolsonaro em 2022. Mas foi uma tremenda bola fora tirar os radares sem critério e análise técnica de cada local. Mts eram caça-níquéis, mas esse ai por exemplo ainda poderá tirar outras vidas. "Ah mas ninguem pode andar a 200km/h mesmo sem radar". Ok, aqui é Brasil e ninguém segue regras de convívio em sociedade se não dói no bolso.

    27 5 Responder

    Meliodas - 2 semanas, 2 dias atrás

    Finalmente alguém pra expressar minha opinião! Penso como vc e sempre vai ser assim, as pessoas não seguem regras enquanto não dói no bolso

    9 2

    Ana - 2 semanas, 2 dias atrás

    Concordo em tudo.

    3 0

    HONESTO - 2 semanas, 1 dia atrás

    vc sabe pra que é usado o dinheiro dos infratores? É pra manutenção de vias danificada pelos mesmo ,alem é claro de pagar as contas de hospital das vitimas (60 % dos atendimentos do sus são de vitimas de transito ) , manutenção da sinalização da vias ,policiamento e fiscalização das vias .

    0 0

  • spoiler | 2 semanas, 2 dias atrás

    Se fosse o tal do médico já estava solto! Quer apostar. Afinal. O dinheiro da fiança vai pro estado ou pro bolso só juiz?? ????????

    30 6 Responder

  • Juju | 2 semanas, 2 dias atrás

    Os dois filhinhos de papai em três Marias, inclusive um é filho de advogado. Vamos ver se papai não vai dar jeitinho de tirar ele das grades.

    38 5 Responder

    Jose Tiao - 2 semanas, 2 dias atrás

    Gente que escreve filhinho de papai é invejoso. É claro que é filho de pai e mãe, afinal, homossexuale não reproduz.

    3 15

  • Tete | 2 semanas, 2 dias atrás

    Muito triste conheço os dois rapazes q provocou o acidente fico muito triste pelas as vítimas e deixo meu consolo sem palavras

    15 5 Responder

    Aledriana Cabral - 1 semana, 4 dias atrás

    Espero que a justiça seja feita que a vida do meu pai não seja apenas mais um esquecido entre tantos por está justiça de arrumadinho pois ele deixou sete filhos netos e bisnetos

    0 0

  • Riala Mafon 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    Mão branca 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Amadorismo 2 semanas, 2 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    André Mineiro - 2 semanas, 2 dias atrás

    Mano, o acidente foi lá pra trás; os caras provocaram e vazaram. A policia tinha sim, o dever de verificar o veículo a fim de constatar ou não a presença de drogas, por exemplo. E em casos como esse, perícia só mesmo para confirmar os fatos que são nítidos.

    13 0

carregar mais comentários