349669 2216 Ok
Publicado em 27/01/2017
Compartilhe:

Jovem que disparou e matou a mando do próprio pai da vítima é preso em Patrocínio

O crime chocou a população por ter sido encomendado pelo pai da vítima.

José Henrique Cunha, 25 anos.

Foi preso na noite dessa quinta-feira (26), o jovem que disparou e matou Maurício Lázaro Alves em Patrocínio no dia 23 de novembro de 2016.  José Henrique Cunha, 25 anos, teria recebido do próprio pai de Maurício a quantia de R$5 mil. O crime chocou a população por ter sido encomendado pelo pai da vítima.

De acordo com informações da Polícia Civil, no dia do crime, dois autores montados em uma motocicleta chegaram à praça da Igreja Nossa Senhora de Fátima, onde se encontrava Maurício. O atirador disparou diversas vezes contra a vítima, que morreu no local. Os assassinos fugiram, mas a placa da motocicleta foi anotada por uma testemunha.

O proprietário do veículo foi identificado como Valdereley Olímpio de Paula, primo da vítima. Interrogado por investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, ele confessou participação no homicídio. Relatou que motivados por problemas familiares, uma vez que a vítima era usuária de drogas, ele e Valdir Alves Barbosa, irmão de Mauricio, contrataram um assassino. O valor de cinco mil reais foi pago por José Alves Pedrosa, pai da vítima.

Os três familiares foram presos em flagrante delito pela Polícia Civil, mas não quiseram informar o autor dos disparos. José Henrique foi identificado através de informações obtidas por testemunhas, mas não foi localizado. O inquérito policial foi enviado à justiça com pedido de prisão preventiva em desfavor dele e o mandado foi expedido no dia 23 de janeiro. Durante esta semana, policiais civis tentaram cumprir o mandado e realizar a prisão do autor, mas ele não foi localizado.

Durante a noite dessa quinta, José Henrique foi abordado por policiais militares no Bairro Santa Terezinha por suspeita de envolvimento dele em roubos realizados na cidade durante os últimos dias. Com ele, foram localizados um revólver calibre .38 e onze munições. Ele foi preso e a arma apreendida será encaminhada para perícia a fim de se apurar se foi a mesma utilizada para matar Mauricio. O acusado é conhecido no meio policial dá região por envolvimento em tráfico de drogas, roubos e homicídios.

Autor: Farley Rocha

Postado em 27/01/2017
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.