Publicado em 11/10/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Jovem que deixou o Presídio ontem em Patos de Minas volta a ser preso e pede emprego

Com muitas contradições, ele concedeu entrevista e disse que aceita uma oportunidade de trabalho.

Lucimar saiu do Presídio Sebastião Satiro nessa quarta-feira (10).

A Polícia Militar levou para a delegacia na tarde desta quinta-feira (11) um jovem de 19 anos que estava perturbando o sossego de clientes e funcionários de uma churrascaria em Patos de Minas. Lucimar Neris Bonfim havia saído do Presídio Sebastião Satiro nessa quarta-feira (10). Com muitas contradições, ele concedeu entrevista e disse que aceita uma oportunidade de trabalho.

A perturbação aconteceu na Avenida Rodrigo Castilho de Avelar, Bairro Planalto. De acordo com os policiais, Lucimar estava jogando produtos das prateleiras no chão e incomodando as pessoas que estavam no restaurante. Os funcionários relataram para os militares que na noite passada, ele já havia aprontado no local.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Os militares foram então até o local e o conduziram até a delegacia. Com pouca lucidez, Lucimar concedeu entrevista. O jovem contou que já usou vários tipos de drogas, mas que hoje não usa mais. Quando questionado porque acabara de ser preso, ele contou que foi perseguição, dizendo que ingerira cachaça em um bar e se lembra apenas de estar esmurrando a porta da casa.

Ele confirmou que havia saído do presídio no dia anterior, mas que não gostaria de voltar para lá. Durante a entrevista, ele narrou a história do dia em que foi preso por induzir um garoto a usar droga. “Ninguém coloca a droga na boca de ninguém. O policial foi direitinho na droga”, contou falando sobre a droga encontrada com ele.

Sobre sua recente reclusão, ele contou que havia sido por outro motivo. O jovem relatou que é natural da cidade de Manga/MG e que veio para Patos de Minas por acaso. “Foi um chamamento de Deus”, disse. Lucimar relatou que trabalhou pela última vez como cortador de cebola e que aceitaria um novo emprego, além de querer voltar a estudar. 

Os policiais relataram que Lucimar está realmente sem muita noção da realidade. De acordo com o militar, durante o trajeto da churrascaria até a delegacia, o jovem chegou a relatar que conseguiria apagar os quebra-molas com o poder da mente. Ele já possui outras passagens policiais.

Imagens atualizado em 11/10/2018 • 4 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 11/10/2018
Compartilhe:

27 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Amazonas | 1 mês atrás

    ATÉ PARECE QUE QUER AÇGUMA COISA. TAI ... QUE ESTA TENTANDO AJUDA ESSES MALA MAS ELES NÃO QUEREM. VAI PRA LA E ESTUDA QUEM SABE. TA NOVO NEM TUDO ESTA PERDIDO BASTA QUERER E SER FORTE.

    0 0 Responder

  • Cavalo loco | 1 mês atrás

    Já.ja vai viajar o homem tá chegando o Sr Jair Bolsonaro

    3 7 Responder

  • passaro | 1 mês, 1 semana atrás

    quem vai dar emprego para um mala deste so se for na boca de fumo ai la tem vaga para quem anda sertinho nao mata nao rouba nao tem passagem na pm agora isto ai duvido posso ate esta errado . :+1:

    7 4 Responder

  • Cumedo de queijo | 1 mês, 1 semana atrás

    ESSA NÃO É ATITUDE DE QUEM PERDEU A NOÇÃO. ISSO É VAGABUNDO MESMO.

    10 2 Responder

  • Lewandovski | 1 mês, 1 semana atrás

    Já tá na rua de novo! Graças a eficiente judiciário!

    7 1 Responder

  • Tiagao | 1 mês, 1 semana atrás

    Se o Bolsonaro ganhar ele logo logo vai tá comendo alface pela raiz... Bandido bom é bandido morto

    10 6 Responder

  • jurubeba | 1 mês, 1 semana atrás

    eu vi esse rapaz onten numa lanchonete na praca proximo a policia civil o cara esta totalmente sem nocao com um olhar vago nao fala nada ofereci um sanduiche ele nao quiz eatava sem camisa e descalso , vi um motorista do baratao dando o chinelo e a propia camisa pra ele , esse rapaz realmente preciza de ajuda .

    9 7 Responder

    Flavio - 1 mês, 1 semana atrás

    Exato. Ser humano merece uma oportunidade sempre.

    8 1

    tisiu - 1 mês atrás

    eu tmb estava la..foi na Disney..o rapaz realmente deu uma camisa e um chinelo pra ele..ele estava do meu lado...e ria ate pras parede..nao me incomodei..pq n tava trazendo perigo algum..so achei triste a vida desse sujeito

    5 0

  • maria lavadeira da vila operaria | 1 mês, 1 semana atrás

    uma desgraça destas fala em estudar ? vai estudar nos quintos dos infernos meu filho . uma praga infernal destas dentro de uma sala destrói qualquer aula . isto no emprego arruma encrenca até com o cachorro que fica nos fundos . isto não prestou nem pra colher cebola .... é este tipo de gente que tem vindo do norte e nordeste pra patos . só tranqueira e vagabundo ...

    7 9 Responder

    tisiu - 1 mês atrás

    Nao precisa vim gente de fora, aqui sempre teve tranqueira e vagbundo..

    3 0

    xenofóbica! - 1 mês atrás

    Para Dona Maria lavadeira da vila operaria: A senhora como qualquer outro ser humano com certeza já deve ter cometido erros, Somente Deus tem o poder de julgar, e "desgraça" e o lixo de palavras que sai da boca de gente como a senhora notoriamente xenofóbica e com falta de humanidade no coração,antes de julgar a situação de alguém que está no fundo do poço tenha conhecimento de como essa pessoa parou lá, antes de tudo ele é um ser humano que precisa de Deus e de pessoas de boa fé que possam lhe ajudar, é visível que ele é um rapaz fora de si e que precisa de muita ajuda.Poderia ser seu filho...repense antes de soltar veneno.

    2 0

  • Luly | 1 mês, 1 semana atrás

    Dão oportunidade a ele, pois quando ele ingere bebidas alcoólicas ele só Lembra de: "Apenas de estar esmurrando a porta da casa".

    4 1 Responder

  • | 1 mês, 1 semana atrás

    Depois eles ainda falam que o agente dá segurança pública ganha bem, a sociedade sente ameaçada com um verme desse, imagina isso aí dentro do presídio, com mais trezentos ou mais igual ou pior que isso aí.

    10 3 Responder

carregar mais comentários