Jornal da Manhã destaca proposta de implantação do Projeto Olho Vivo Cidadão na cidade

O capitão Hebert Santana, idealizador do Projeto, explicou como funcionaria esta parceria entre as forças de segurança e a população.

publicado em 06/09/2019, por Maurício Rocha


Projeto Olho Vivo Cidadão de Patos de Minas.

A segurança pública foi o tema do Jornal da Manhã da Rádio Jovem Pan Patos desta sexta-feira (06). O centro da discussão foi a proposta apresentada pela Polícia Militar e pelo Conselho Municipal de Segurança Pública para implantar o Olho Vivo Cidadão em Patos de Minas. O capitão Hebert Santana, idealizador do Projeto, explicou como funcionaria esta parceria entre as forças de segurança e a população.

O Projeto Olho Vivo Cidadão propõe que a população instale câmeras de segurança em cada esquina da cidade, com os custos sendo rateados entre os moradores. As imagens seriam disponibilizadas em tempo real para os motoristas e também para a Polícia Militar e para a Polícia Civil. Esta iniciativa já existe em outras cidades e alcançado bons resultados. 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

O capitão Hebert explicou que existem milhares de câmeras de monitoramento instaladas em residências e empresas de Patos de Minas. O problema, segundo ele, é que as imagens nem sempre são disponibilizadas para as forças de segurança, o que dificulta a prevenção e a identificação de criminosos. 

Durante a entrevista, o oficial explicou como o Projeto Olho Vivo Cidadão funcionaria na cidade. Confira!

Autor: Maurício Rocha Postado em 06/09/2019
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • carlla | 2 semanas, 1 dia atrás

    E resolver os problemas de onde a criminalidade é alta, mas a população é pobre e marginalizada nada ne?! O olho vivo no centro era praticamente uma segurança particular para os comerciantes da cidade. So querem saber dessas coisas e parar viaturas em cima da calçada.

    4 1 Responder

    DIMITRI NISHIMURA - 2 semanas atrás

    Ilustre Carlla, e inegável que houve uma redução significativa Boa nos crimes violentos na cidade. Entretanto, concordo que a segurança pública tem sido prioridade de uma minoria. As viaturas da PM tem um celular para atender a um determinado segmento da cociedade em detrimento dos demais. Isso está errado e o MP tem sido conivente.

    1 0