Publicado em 22/08/2017
Compartilhe:

Indicador da CNI mostra estabilidade na produção industrial e melhora no emprego

O levantamento mostra também que as grandes empresas registraram aumento da produção.

O índice de evolução da produção industrial do país subiu para 50,5 pontos em julho e ficou acima da linha divisória dos 50 pontos. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o resultado indica estabilidade. O índice de evolução do número de empregados alcançou 48,2 pontos. Embora ainda indique retração no emprego, o índice é o maior desde março de 2014, informa a Sondagem Industrial, divulgada hoje (22 ), pela CNI. Os indicadores da pesquisa variam de zero a 100 pontos. Quando ficam abaixo dos 50 pontos mostram queda na produção e no emprego.

O levantamento mostra também que as grandes empresas registraram aumento da produção. Na indústria de grande porte, o indicador de evolução da produção subiu para 53,3 pontos. Já o índice de evolução do número de empregados alcançou 49,5 pontos, próximo da linha divisória. O dado indica que as grandes empresas praticamente interromperam os cortes de pessoal em julho.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

“A CNI observa, no entanto, que há dados negativos em julho: há um pequeno excesso de estoques e a ociosidade continua elevada. O índice de evolução de estoques em relação ao planejado ficou em 51 pontos, o maior valor desde dezembro de 2015”, diz o estudo. O indicador varia de zero a cem pontos. Quando está acima dos 50 pontos mostra que os estoques estão acima do planejado pelas empresas. O indicador de utilização da capacidade instalada ficou em 65%, o mesmo percentual registrado em julho de 2016.

Apesar disso, segundo a CNI, os empresários mantêm as perspectivas favoráveis para os próximos seis meses e esperam o aumento da demanda, da compra de matérias-primas e das exportações. “O indicador de expectativas de demanda, por exemplo, aumentou para 56,4 pontos e atingiu o maior valor desde abril de 2014”.

A entidade destaca que a boa notícia é que, depois de 27 meses, a indústria espera encerrar as demissões. “O indicador de expectativa em relação ao número de empregados subiu para 49,4 pontos em agosto e ficou muito próximo da linha divisória dos 50 pontos, mostrando que as perspectivas em relação ao emprego melhoraram”. Com isso, os empresários estão mais propensos a investir, diz o levantamento.

Já o índice de intenção de investimento cresceu 1,3 ponto em agosto e alcançou 47,9 pontos, o maior valor desde março de 2015. O indicador varia de zero a cem pontos. Quanto maior o índice, maior a propensão para investir na indústria.

A Sondagem Industrial divulgada nesta terça-feira pela CNI foi feita de 1º a 10 de agosto com 2.930 empresas industriais de todo o país. Dessas, 994 são pequenas, 865 são médias e 531 são de grande porte.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 22/08/2017
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.