Publicado em 03/09/2018 por Farley Rocha
Compartilhe:

Incêndio no Museu Nacional também atinge parte da história de Patos de Minas

E Patos de Minas também contribuiu com o acervo do museu.

Dois meteoritos que estavam expostos no Museu foram encontrados em Patos de Minas. (Foto: Thiago Castro).

A tragédia no Grande Museu Nacional nesse domingo (02) levou às lágrimas os brasileiros. Preciosidades históricas se perderam causando um dano irreparável à história do país. E Patos de Minas também contribuiu com o acervo do museu. Dois meteoritos que estavam expostos nas galerias do espaço foram localizados em Patos de Minas.

O morador de Patos de Minas, Thiago Borges Castro, recordou de quando visitou o Museu Nacional. “Durante uma viagem minha ao Rio de Janeiro, visitei o Grande Museu Nacional, o lugar em que nossa Independência foi assinada e que hoje, semana da Independência, só restam cinzas”, lamentou como todo brasileiro pela perda irreparável.  

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Segundo Thiago, das pouquíssimas fotos que tirou, uma foi de um meteorito que caiu em Patos de Minas. “Interessante e triste ao mesmo tempo ver que essa cidade contribuiu, dividindo espaço com tantos ícones”, contou com tristeza. Estavam expostos no Museu o crânio de Luzia, o fóssil mais antigo das Américas, o primeiro dinossauro encontrado em solo brasileiro, as múmias trazidas do Egito por D. Pedro II, dentre outros.

Thiago enviou a foto para o Patos Hoje do meteorito com a placa indicando Patos de Minas, onde foi localizado. Como são mais resistentes, os meteoritos podem ter se salvado das chamas. Funcionários confirmaram até o momento que o Bendegó, o maior do país, e outro meteorito, foram recuperados. Ao todo, eram 62 expostos no Museu.

Os meteoritos de Patos de Minas são o hexadedrite de 32 kg e o octahedrite de 200kg, encontrando na região do Areado por volta de 1925. Em 2013, o Patos Hoje já havia noticiado a existência dos meteoritos. O Museu Nacional é a instituição científica e o museu mais antigos do Brasil, tendo em maio deste ano completado 200 anos. A visitação média mensal é de 5 a 10 mil pessoas.

Fotos: Imagens da Internet

Imagens atualizado em 03/09/2018 • 10 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 03/09/2018
Compartilhe:

25 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Rosimeire | 1 mês, 2 semanas atrás

    Corrupção e má gestão do dinheiro público são as principais causas dessa fatalidade. No nosso município temos a Igreja de Santana de Patos construída em 1820 e que tá para cair a qualquer momento e poucos se interessam pelo assunto...........é lamentável

    5 0 Responder

  • candango | 1 mês, 2 semanas atrás

    Tragedia mesmo foi de Mariana da mineradora Samarco. Vai completar 5 anos em novembro e até hoje a Vale não indenizou ninguem, a natureza e as familias ali afetadas pedem socorro.

    7 0 Responder

  • MARMOTA | 1 mês, 2 semanas atrás

    Deve ser por causa do meteorito que saiu tanto político bom lá do ariado.

    2 6 Responder

  • Pedro | 1 mês, 2 semanas atrás

    Quem disse que povo de Patos irá se importar com está grande tragédia. Basta lembrar que a reconstrução do monumento do homem do balaio teve grandes comentários negativos. Grande maioria prefere que rasguem a avenida Getúlio Vargas para fazer mais pistas . POVO IDIOTA E SEM CULTURA..... POVO QUE NÃO PRESERVA SEU PASSADO NAO CONHECE SEU FUTORO..

    2 4 Responder

    Lu - 1 mês, 2 semanas atrás

    Não podemos generalusar. Patos ao contrario do que muitos acreditam ou querem ver, existe muita gente que se importa com a cultura e a história. Nossa cidade "Fabrica" genialidade e exporta pra todo mundo. Volta e meia damos notícias de Patenses ilustres pelo mundo. O que não podemos é denegrir a imagem de um povo trabalhador em função de meia duzias de idiotas que aparecem lor todo lado.

    1 1

  • Kalakalu | 1 mês, 2 semanas atrás

    Será que não foi faísca que saiu do meteorito do áreado não? É fácil tirar fogo dessas pedras de meteorito. O povo é tolo acha o meteorito e dá pros outros.

    5 11 Responder

  • Pereba | 1 mês, 2 semanas atrás

    Esse incêndio serviu de teste pra saber se era meteorito mesmo!

    5 12 Responder

  • Andrés de Fonollosa | 1 mês, 2 semanas atrás

    O troféu do Campeonato de Gelo do Atlético MG estava lá também, só que com o fogo derreteu!!! O Galo não tem BI :joy: :joy:

    4 14 Responder

  • Revoltado | 1 mês, 2 semanas atrás

    So falta falar que o troféu do mundial do Palmeiras estava nesse museu tambem! :joy:

    9 9 Responder

  • REALIDADE | 1 mês, 2 semanas atrás

    Olhando alguns comentários aqui... como tem pessoas ... qual ligação que tem o incidente com o tal do BOLSONARO??? Pessoas, vamos ser mais inteligentes, vocês sao tao retardados quanto o político mal educado e arrogante de vcs. Deixam de ser ....

    14 9 Responder

    Heder - 1 mês, 2 semanas atrás

    Se você ainda não tem candidato, se informe sobre o candidato João Amoêdo e venha votar conosco no 30

    0 3

  • Marcela | 1 mês, 2 semanas atrás

    Infelizmente o museu está sendo administrado, na maioria do PSOL, onde a verba da lei Rouanet foi desviada para outros projetos.

    9 2 Responder

carregar mais comentários