Publicado em 06/09/2018
Compartilhe:

IDEB da Rede Municipal de Ensino de Patos de Minas supera média estadual e nacional

Desde sua criação, em 2007, a cada dois anos o índice é calculado, avaliando a aprovação nas escolas e o desempenho dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática.

Alunos da Escola Municipal José Paulo de Amorim fazendo passeio ecológico em Pindaíbas. 

Já estão disponíveis para consulta os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que é reconhecido como o principal parâmetro de qualidade da educação nacional. Desde sua criação, em 2007, a cada dois anos o índice é calculado, avaliando a aprovação nas escolas e o desempenho dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática.

Os resultados de Patos de Minas mostraram que a educação municipal está no caminho certo. Houve um crescimento da maioria das escolas, que superaram as metas estipuladas pelo INEP/MEC. Os dados indicam que nos anos iniciais do Ensino Fundamental, houve um aumento de 0,6 pontos em relação ao índice de 2015. Desse modo, a rede municipal de ensino, avaliada com a média 6,5 em 2015, passa a figurar com a média 7,1. Segundo a Secretária Municipal de Educação em exercício, Denise Barros, o crescimento é bastante significativo. “Esse número demonstra o resultado de um trabalho sistemático realizado pela equipe pedagógica da Semed e pelas instituições de ensino. Assim, precisa ser comemorado e divulgado pelas comunidades escolares, que trilham uma trajetória de comprometimento em torno da aprendizagem dos estudantes”, ressaltou a secretária. A média nacional foi de 5,8 (anos Iniciais) e 4,7 (anos finais) e a Estadual foi de 6,3 (anos iniciais) e 4,5 (anos finais) em 2017.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Nos anos finais do Ensino Fundamental, a rede municipal de ensino manteve a média anterior: 5,5, considerada satisfatória. “É preciso ressaltar, que os índices alcançados são superiores às médias estadual e nacional”, explica Denise, revelando que as escolas municipais de Patos de Minas também apresentaram desempenho superior ao de municípios importantes de Minas Gerais como Uberaba (5,3) e Uberlândia (4,5). “Tendo em vista o seu IDEB, na região do Alto Paranaíba, o município se mantém como uma referência educacional”, acrescenta a secretária.

Resultados superiores às Metas

Segundo Denise Barros, as escolas municipais de Patos de Minas apresentaram um crescimento significativo no índice. Em sua grande maioria, elas ultrapassaram a meta estabelecida pelo Ministério da Educação. As três escolas municipais que mais se destacaram nos anos iniciais dos Ensino Fundamental foram Norma Borges Beluco (7,6); Marluce Martins (7,3) e Frei Leopoldo (7,2). Em 2015, essas escolas tiveram respectivamente as notas 6,7; 6,5 e 6,9; mostrando o quanto elas superaram as notas daquele ano.

A escola municipal Jacques Correia, também nos anos iniciais, teve um aumento bastante significativo, saindo do patamar de 5,9 em 2015 para 7,0 em 2017. “A escola superou as expectativas e isso se deve ao trabalho de toda a equipe escolar, do empenho de professores, pais e alunos em transformar a realidade da instituição. Estamos muito felizes com esse resultado.

Nos anos finais do Ensino Fundamental, também houve um crescimento. Nas escolas urbanas, os três melhores resultados foram das escolas Maria Inez (5,7), Norma Borges (5,6) e, na 3ª posição estão empatadas as escolas Jacques Correia e Marluce Martins (5,4). No meio rural, destacaram-se as escolas Adbias Caldeira Brant, de Alagoas (6,0); Cônego Getúlio de Pilar (5,9) e Delfim Moreira, de Lanhosos (5,8).

A educação municipal teve um salto de qualidade de acordo com os números do IDEB no último ano, se forem comparados os anos de 2013 (6,3); 2015 (6,5) e 2017 (7,1). A consulta pública dos resultados por instituição está disponível por meio do endereço ideb.inep.gov.br.

Fonte: Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Postado em 06/09/2018
Compartilhe:

10 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Parabéns. | 2 meses, 2 semanas atrás

    Parabéns para a equipe pedagógica da Semed, para todos os professores e demais envolvidos na educação do município de Patos de Minas, este mérito é todo de vocês e traz orgulho para nossa cidade.

    5 1 Responder

  • Pirilampo | 2 meses, 2 semanas atrás

    Como diria o personagem Pantaleão do Chico Anisyo: "é mentira Zefa? -Verdaaaaade!"... hummm sei.

    2 3 Responder

  • Fernanda | 2 meses, 2 semanas atrás

    Parabéns a todos da família Frei Leopoldo,por todo amor e dedicação as nossas crianças.Orgulho de fazer parte desta família.

    7 0 Responder

  • Lorrane | 2 meses, 2 semanas atrás

    Em qual série começa a alfabetização nas escolas municipais? Como é feito essa avaliação nos anos iniciais ? Entram com 4,5 anos na escola estão com quase 7 anos que não sabem ler. Acompanho uma criança que estuda no Norma que teve uma nota relativamente boa, mas não vejo tanto desempenho dela e dos colegas.

    0 7 Responder

    Fica caladim - 2 meses, 2 semanas atrás

    Isso não é exclusiva responsabilidade da rede de ensino. Depende da capacidade de cada aluno. Meu filho com 5 anos, em escola pública, já sabe ler e escrever. Lê fluentemente, hoje com 6anos, tem capacidade de ler letra cursiva e elabora pequenos textos. Cabe aos pais aprofundarem os ensinamentos que receberam na escola. Incentivando ao estudo, a leitura. Dê se como exemplo. Nós últimos meses, você adquiriu algum produto que incentivasse a leitura da criança? Você leu para a criança? Os pais hoje querem culpar a escola, os professores, mas não ajudam em nada. Não incentivam o estudo. Reclamam das atividades em casa. Escola é futuro e educação é a base. Por muitos não pensarem assim, que nosso país está esse caos.

    7 0

    Mãe de aluno - 2 meses, 2 semanas atrás

    Olha Lorrane, não sei qual seria o seu envolvimento na vida escolar de seu filho, mas meu filho estuda na Norma Borges, e com 6 anos está lendo uma gracinha. Eu particularmente não deixo de ajudar e incentivar ele em nenhum momento. Vê se seu filho não apresenta um quadro de dificuldade de aprendizagem também. Pode ser isso.

    3 0

    Lica - 2 meses, 1 semana atrás

    LORRANE, CRIANÇAS ENTRAM NA ESCOLA COM 4 ANOS, NÃO COM O OBJETIVO DE APRENDER A LER E SIM APRENDER CONCEITOS QUE AS FAVORECERÃO NO APRENDIZADO PARA UMA VIDA TODA. SÃO ESSES CONCEITOS QUE DARÃO A CRIANÇA, UMA MELHOR INTERPRETAÇÃO DO MUNDO QUE A CERCA. QUANTO À CRIANÇA NÃO SABER LER, SINTA-SE TAMBÉM RESPONSABILIZADA POR ISSO. ESCOLA CRIA OPORTUNIDADES DE APRENDIZAGEM E AS FAMÍLIAS ABRAÇAM ESSAS OPORTUNIDADES E INVESTEM NOS FILHOS.

    0 0

  • Df | 2 meses, 2 semanas atrás

    Se a educação de patos está Boa, fico imaginando a pior ! Kk

    8 9 Responder

  • CEBOLINHA | 2 meses, 2 semanas atrás

    Parabéns, porém, o mesmo não podemos dizer das escolas estaduais e mesmo assim, ainda há muito o que ser melhorado na qualificação dos docentes e instalações das escolas municipais, mas se estão em crescimento, significa que estão sendo olvidados esforços para a consecução dos objetivos a serem alcançados!

    1 0 Responder

    Cascão - 2 meses, 2 semanas atrás

    Talvez você quis dizer envidados esforços, porque olvidados significa esquecidos.

    4 0