HNSF implementa protocolos rígidos para garantir a segurança dos seus pacientes e equipe

Além de mudanças no fluxo de atendimento de casos suspeitos de COVID-19, o hospital adotou medidas rigorosas de triagem da sua equipe, com o afastamento de todo e qualquer caso suspeito.

publicado em 29/06/2020, por Maurício Rocha


Hospital Nossa Senhora de Fátima - HNSF.
 
Sempre buscando garantir a segurança dos seus clientes, do seu corpo clínico e dos seus associados, o HNSF tem implementado uma série de medidas para mitigar os riscos de contaminação pelo novo coronavírus dentro das suas instalações. Desde o início da pandemia, o hospital já revisou o seu Manual de Isolamento, cobrando uma atenção ainda mais rigorosa por parte da sua equipe no atendimento de pacientes suspeitos; promoveu um treinamento para o corpo clínico e o seu time de associados para atualização em relação aos protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde; padronizou as recomendações de atendimento a casos suspeitos de COVID-19, seguindo, também, as recomendações do Ministério da Saúde; revisou os pontos de higienização alcoólica, com distribuição de novos dispensers de álcool em gel em locais estratégicos; orientou corpo clínico e associados quanto ao uso correto de EPI’s; promoveu mudanças no fluxo de triagem de casos suspeitos, com encaminhamento para sala de atendimento individual, longe da circulação de pessoas; e vem orientando o público com relação aos sintomas e às formas de prevenção da doença.
 
Outro ponto bastante relevante na estratégia adotada pelo HNSF na batalha contra o novo coronavírus é o monitoramento rigoroso da equipe, o que inclui corpo clínico e associados. Os profissionais que vêm atuando na linha de frente são triados diariamente, tanto pela manhã quanto à noite, no momento em que vão bater o ponto, com aferição de temperatura e investigação de possíveis sintomas gripais. Diante de qualquer evidência de contaminação, o profissional é afastado para garantir a segurança dos seus colegas e dos clientes.
 
Conforme explica o Diretor Clínico do HNSF, Dr. Dalton Fonseca, o rígido protocolo é uma medida preventiva. “Colhemos o PCR de todos os casos suspeitos de COVID-19 dentro da nossa equipe. Quando chega o resultado, aqueles que atestaram negativo para a doença retornam ao trabalho, enquanto os que atestam positivo, seguem afastados”, esclarece o Diretor Clínico.
 
Segundo o Diretor Administrativo do HNSF, Dr. Guilherme Mendonça, todos esses esforços só vêm reafirmar o compromisso do HNSF em garantir uma prestação de serviços em saúde de alta qualidade com segurança, cortesia, respeito, paixão e ação. “O HNSF está preparado para receber e tratar, de forma bastante segura, qualquer paciente, qualquer tipo de doença. Então, deixamos aqui um recado, aliás, um apelo a todas as pessoas: não deixem de procurar tratamento médico por medo de adquirir a doença. Várias medidas foram tomadas, tanto na área de internação quanto na área dos consultórios, do ambulatório e do Pronto Atendimento para minimizar esse risco. Então, não deixem de tratar as suas doenças, pois muitas delas não podem esperar”, constata.
 
FLUXO DE ATENDIMENTO CLÍNICO PARA COVID-19
 
O HNSF oferece um atendimento acolhedor aos pacientes com suspeita de COVID-19 e, ao mesmo tempo, garante a segurança dos demais pacientes.
 
Logo na chegada ao hospital, o paciente é triado e, em casos de suspeita de COVID-19, é direcionado a um atendimento específico, em uma ala isolada, para evitar qualquer tipo de contaminação por parte da equipe e dos demais clientes.
A consulta será realizada por um médico habilitado para o tratamento da doença.
Caso necessite de internação, será direcionado para uma ala isolada do hospital, sempre em leito privativo, evitando a proximidade com outros pacientes.
Todo atendimento é realizado por uma equipe específica, devidamente paramentada com todos os EPI’s necessários. A área de atendimento e os materiais utilizados passam por um processo rigoroso de desinfecção após a realização da consulta. O HNSF tem adotado todas as precauções para atender os casos de COVID-19, garantindo a segurança de todos.
Para proporcionar maior comodidade e segurança para os pacientes de consultas eletivas, o HNSF conta com uma entrada separada do Pronto Atendimento, pela Rua Padre Caldeira, na Recepção Central.
 
Informe Publicitário
Autor: Maurício Rocha Postado em 29/06/2020
Compartilhe: