Governo inicia pagamento da segunda parcela do Bolsa Merenda de R$50,00

Benefício será depositado para auxiliar famílias de baixa renda durante a pandemia.

publicado em 18/05/2020, por Farley Rocha


Imagem Ilustrativa.

O Governo de Minas começa a pagar nesta segunda-feira (18/5) a segunda parcela, no valor de R$ 50, do Bolsa Merenda, criado para auxiliar as famílias de alunos da rede estadual nesse momento de dificuldades devido à pandemia. Ao todo, serão beneficiados 380 mil estudantes por meio de parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Até esta segunda-feira (18/5), 117 mil alunos haviam se cadastrado no PagBank PagSeguro - plataforma utilizada pelo Estado para fazer a transferência - e recebido o benefício. As demais crianças e adolescentes que têm direito ao Bolsa Merenda devem se inscrever no aplicativo para ter acesso ao auxílio.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

Ao todo, serão pagas quatro parcelas e o pagamento pode ser consultado no MG App, disponível para download nas lojas virtuais dos sistemas Android e iOS. Baixada a ferramenta, basta o interessado clicar no menu “Desenvolvimento Social”. 

Com a primeira parcela do Bolsa Merenda a moradora de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, Edionne Gomes Batista Silva conseguiu comprar leite, frutas, biscoitos e iogurte para os três filhos, Wanderson, João Vitor e Thauany Silva, que estudam Escola Estadual Custódio da Costa Pereira. “Essa ajuda veio em boa hora.

Como estamos sem condições financeiras, estávamos precisando de alguns alimentos. Assim que recebi o valor já fui ao supermercado” conta a mãe, que espera a outra etapa do auxílio. “Esses produtos são mais caros para comprarmos no dia a dia, então estamos aguardando o segundo depósito”, completa Edionne.

Em Campina Verde, também no Triângulo Mineiro, Kátia de Souza Alves vai utilizar a outra parcela do Bolsa Merenda para comprar os alimentos de café da manhã e lanche da tarde para o filho, Dione de Souza, de que estuda na Escola Estadual Ana Chaves. “Estou ansiosa para receber o benefício e poder comprar bolachas, leite, chocolate, e as frutas que ele gosta de comer”, afirma. 

Quem tem direito

Para ter acesso ao benefício, a família deve estar incluída na faixa de extrema pobreza, em que a renda per capita não ultrapasse R$ 89 mensais. Todos os filhos matriculados na rede estadual de ensino têm direito ao auxílio. Em um núcleo familiar com quatro alunos matriculados nas escolas estaduais, por exemplo, será fornecido um cartão único no valor de R$ 200.

O responsável pela família inscrito no CadÚnico deve se cadastrar no aplicativo PagBank, que fará a aprovação do benefício. A inscrição é simples: basta baixar o aplicativo PagSeguro PagBank, disponível no Google Play e na App Store e realizar o cadastro. Também é possível realizar o processo pelo site https://cadastro.pagseguro.uol.com.br/. Porém, neste caso, é preciso concluir a abertura da conta no aplicativo efetuando o envio dos documentos (foto do RG ou CNH e selfie segurando este documento).

O pagamento está sendo feito desde abril, dois dias após a abertura do cadastro autorizado pela plataforma PagSeguro. Os cartões, no entanto, chegam à casa das famílias em até 20 dias úteis após a aprovação da inscrição.

O cadastro pode ser feito de qualquer celular, mesmo que o aparelho não seja da pessoa beneficiada. No entanto, o benefício é concedido apenas para o CPF fornecido. É necessário ter muito cuidado para não deixar informações confidenciais com terceiros, além da senha de acesso à conta do beneficiário. É aconselhável, se for utilizar o celular de outra pessoa, que conte com a ajuda de familiares ou amigos próximos de extrema confiança.

Valor

Dos R$ 50 disponibilizados, R$ 30 vêm do Governo de Minas e os outros R$ 20 do Ministério Público. O recurso pode ser utilizado na aquisição de alimentos em supermercados, padarias, sacolões, feiras livres, lanchonetes e outros estabelecimentos.

Mesmo antes da chegada do cartão, qualquer estabelecimento pode aceitar o pagamento via QR Code, desde que tenha uma máquina PagSeguro (Moderninha Pro, Moderninha X, Moderninha Plus e Moderninha Smart). Após a entrega do cartão, qualquer loja que tenha a bandeira Visa pode fazer a venda de produtos.

Além dos R$ 50 disponibilizados pelo Governo de Minas, os pais ou responsáveis inscritos no CadÚnico têm direito a outros R$ 20 de cashback, um método de compra em que o consumidor recebe de volta parte do dinheiro de utilizou na aquisição dos produtos. 

Confira abaixo como fazer o cadastro na plataforma PagSeguro: 
1. Baixe o super app PagBank e o acesse de seu celular;
2. Informe seus dados cadastrais;
3. Crie um PIN (Senha) e garanta mais segurança nas transações;
4. Para finalizar, envie a foto do RG ou CNH do titular da conta e uma selfie segurando esse documento. Ambas as fotos tem que estar legível para validação.

Fonte: Ascom Secretaria de Governo de Minas Gerais

Autor: Farley Rocha Postado em 18/05/2020
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Serjão | 5 dias, 16 horas atrás

    Lemrei da sopa que eu tomava lá no Estadual na minha época de infância... vai ser bão picolé de limãooo.

    2 0 Responder

  • Robin Hood | 5 dias, 20 horas atrás

    só isso kkkk 50 mal da uma caixa de amstel kkk mixaria

    2 7 Responder