349669 2216 Ok
Banner Unipam 2017 - Institucional
Publicado em 29/08/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Força-tarefa vai coibir o consumo de álcool entre crianças e adolescentes em festas e eventos

Um Termo de Compromisso foi firmado definindo a atuação de cada órgão.

O modelo de atuação conjunta foi definido em uma reunião na manhã desta terça-feira (29) no Fórum da Comarca.

Órgãos que atuam na proteção da criança e do adolescente em Patos de Minas vão formar uma Força-Tarefa para coibir o consumo de álcool e outras drogas entre crianças e adolescentes. O modelo de atuação conjunta foi definido em uma reunião na manhã desta terça-feira (29) no Fórum da Comarca. O encontro foi coordenado pelo Ministério Público.

Um Termo de Compromisso foi firmado definindo a atuação de cada órgão. O Corpo de Bombeiros vai intensificar a fiscalização em locais de festas e eventos. Todos terão que apresentar o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – o AVCB. A Polícia Militar também vai passar a fiscalizar com mais intensidade as festas que são realizadas na cidade.

Conselho Tutelar e Comissariado de Menores vão manter telefones de plantão 24 horas para receber denúncias de festas irregularidades. A Polícia Civil vai dar mais agilidade as investigações que envolverem o consumo de álcool e drogas entre crianças e adolescentes. E o Ministério Púbico vai elaborar a minuta de lei mais rigorosa que será encaminhada para aprovação na Câmara Municipal de Patos de Minas.

A Força-Tarefa é mais uma reação dos órgãos de proteção da criança e do adolescente após o flagrante de uma festa realizada em uma boate de Patos de Minas com bebida liberada para adolescentes. A denúncia foi feita pelo pai de um garoto de 13 anos que foi levado para o Hospital em estado de coma alcóolico.

A boate na avenida J.K foi interditada pelo Corpo de Bombeiros por não ter Auto de Vistoria. O Ministério Público também acionou a Justiça e conseguiu uma liminar interditando judicialmente o local. Os órgãos de proteção da criança e do adolescente também querem maior envolvimento dos pais.

As denúncias de festas clandestinas e irregulares devem ser feitas diretamente ao Conselho Tutelar pelo telefone (34) 3822 9694 e o plantão (34) 99669 1813 e para o Conselho Tutelar (34) 3822 0213 ramal 1 e o plantão (34) 99879 2955.

Imagens atualizado em 29/08/2017 • 13 fotos

Clínica Impar - Início: 21-08-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 29/08/2017
Compartilhe:

26 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Jacaré | 2 meses, 3 semanas atrás

    Quando não querem resolver nada e nem tomar decisão , aqui em Patos fazem reunião!

    0 0 Responder

  • e | 2 meses, 3 semanas atrás

    e se pegarem eles bêbados , quem sera responsabilizado ?pai ,mãe ,ou responsável ?e o dono da festa ? quem tem que vigiar estes bêbados é pai e mãe .

    3 4 Responder

  • FREITAS | 2 meses, 3 semanas atrás

    É preciso realizar a fiscalização na porta das escolas, muitos alunos ficam na porta utilizando entorpecentes. Passem na porta da Escola Normal na Getúlio Vargas após as 19:00hs e vejam a vergonha que é nossa fiscalização, droga e álcool livres.

    2 0 Responder

  • Sonhador | 2 meses, 3 semanas atrás

    PARABÉNS AS AUTORIDADES! SÓ NÃO DEIXAM DE FISCALIZAR NA ÉPOCA DA FESTA NACIONAL DO MILHO . NÃO ADIANTA PEGAR NO PÉ DO LADO MAIS FRACO É FECHAR OS OLHOS QUANDO A FESTA É DOS CORONEL . A JUSTIÇA TEM QUE SER IGUAL PARA TODOS . SERÁ QUE SE PEGAREM UM MENOR ALCOOLIZADO NA FESTA DO MILHO ELES VÃO CANCELAR A FESTA ? É MUITA HIPOCRISIA . É justo fazer essa fiscalização, pois tem pessoas sérias que trabalham dentro da lei e outras não ! SÓ NÃO DEIXAM DE FISCALIZAR NA ÉPOCA DA FESTA NACIONAL DO MILHO ! ALI SIM É UM AMBIENTE ONDE À VÁRIOS MENORES SÃO INDUZIDOS AO USO DO ÁLCOOL

    5 0 Responder

  • SERVE PRA NADA ISSO | 2 meses, 3 semanas atrás

    Gente acorda essa mulecada vai beber do mesmo jeito. Com ou sem fiscalização. Isso não vai adiantar de nada. Balela. Papo furado. Se o cara quiser beber ele encontra um jeito e pronto. Vai beber e acabou.

    5 0 Responder

  • V, R. A. | 2 meses, 3 semanas atrás

    Tomara que surta um bom efeito, mas com essas leis do ECA, fico com um pé atrás. Qual seria a punição a altura para estes adolescentes de hoje sem ideal na vida (a maioria, infelizmente)? Até um certo tempo atrás, a coisa era coercitiva,e funcionava, autoridades faziam valer as leis.Quem se lembra do famoso "Mario de Zuza" na cidade de Lagoa Formosa, sinceramente, eu tenho saudades desse tempo! Torço para que realmente, essa força-tarefa não fique só no papel, pois aí tem pessoas de alto nível.

    2 0 Responder

  • chicao justiceiro | 2 meses, 3 semanas atrás

    eu queria até poder expressar, mas o PH nao posta o que eu falo ,a verdade nao serve .

    2 0 Responder

  • Maria Sapatao | 2 meses, 3 semanas atrás

    Tem comércio que vende carteirinha aqui em Patos.

    3 0 Responder

  • Ditinho | 2 meses, 3 semanas atrás

    Isso aí é reunião ou festa de Reis? Precisa desse tanto de gente?

    4 0 Responder

  • . | 2 meses, 3 semanas atrás

    Fiquem de olho nos documentos também!! A maioria usa identidade e carteirinha falsificada

    9 0 Responder

carregar mais comentários