349669 2216 Ok
Caiçaras - Full Banner
Publicado em 25/09/2017 por Farley Rocha
Compartilhe:

Foragido desde 2016, acusado de roubo e estupro é preso e encaminhado para o presídio

Ele estava foragido desde o final de 2016, quando foi acusado de roubo e tentativa de estupro na cidade de Lagoa Formosa.

Marcelo Graciano de Paula, 33 anos.

Marcelo Graciano de Paula, atualmente com 33 anos, foi preso na semana passada na cidade de Betim/MG. Ele estava foragido desde o final de 2016, quando foi acusado de roubo e tentativa de estupro na cidade de Lagoa Formosa. Ele possui outras passagens policiais, inclusive por estupro.

Marcelo foi preso pela Polícia Militar no último dia 16 no Bairro Homero Gil daquela cidade. A guarnição suspeitou quando, ao ver os policiais, ele se mostrou inquieto e começou a caminhar em direção contrária à viatura. Os policiais resolveram fazer a abordagem e constataram que havia um mandado de prisão em seu desfavor.

Ele foi preso e apresentado para a autoridade policial daquela cidade e depois transferido para Patos de Minas. Ele chegou ao Presídio Sebastião Satiro nesse fim de semana, onde deve responder pelos crimes ocorridos na madrugada do dia 24 de dezembro de 2016, na cidade de Lagoa Formosa.

Ele é acusado de render um casal que estava em um loteamento, obrigando o rapaz a entrar no porta-malas do carro e a garota no banco da frente. A jovem disse que só não foi estuprada porque pulou do carro quando ele reduziu a velocidade para entrar em uma estrada vicinal. Segundo a vítima, Marcelo passava a mão em suas partes íntimas e dizia que iria manter relações sexuais com ela. Depois que pulou do carro, a garota foi alcançada e estava sendo estrangulada, quando o namorado conseguiu sair do porta-malas.

O crime anterior de Marcelo foi bem parecido. Em 2009, Marcelo e outros três comparsas sequestraram um casal em Patos de Minas. O rapaz foi amarrado e mantido em uma carvoeira. A garota foi levada para um hotel na cidade de Patrocínio e estuprada. Eles também fizeram saques na conta do jovem. As vítimas desses delitos são filhos de famílias tradicionais na cidade e, na época, o crime teve grande repercussão.

Marcelo havia sido condenado a 15 anos, mas, após cumprir parte da pena, ganhou a liberdade. Com relação ao roubo de Lagoa Formosa, ele também chegou a ser preso, mas como estava fora do flagrante acabou sendo liberado. Desde então, ele estava foragido. Ele deve perder o benefício da progressão do regime da pena que cumpria, devendo aguardar a nova decisão preso. 

Autor: Farley Rocha Postado em 25/09/2017
Compartilhe:

29 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • dr Afonso | 2 meses, 2 semanas atrás

    Fico amargurado com um bandido deses a solta. Vejo muito preconceito em um ponto: nunca ví um homossexual ser estuprado. Nenhum homem nunca se aproximou de minha pessoa. Os estupradores deveriam olhar mais para nós, homossexuais, que inclusive, fazemos um excelente oral.

    3 6 Responder

  • Jair bolsonaro | 2 meses, 2 semanas atrás

    Depois quer reclamar de cadeia cheia ,quer reclamar de maus tratos na cadeia etc, sou a favor do armamento do cidadão de bem sim, pq se tivesse com seu 38 ou sua pistola automática qq um desses agredidos q passaram na mao desse sujeito teria coragem de encher a cabeca dele de bala conheço bem esse rapaz e das crueldades q ele é capaz tomara q fique o resto desse negócio q ele chama de vida numa cela lotada e que dê entrada no regional mais uma vez com ânus aflorado como aconteceu com ele da primeira vez q foi preso judiaram do traseiro dele e tomara q repita a ação

    5 1 Responder

  • Adalberto | 2 meses, 2 semanas atrás

    Em 1998, eu tipo que precisei fazer justiça, pois o poder público não fez. Um peão de minha fazenda abusou de minha sobrinha. Foi preso e solto no dia seguinte, tipo me ameaçava. Nas hora dei um bom "carinho" nele. Desde então ele faz xixi sentado, pois não tem mais o órgão. Capei ele no canivete. Estuprador bom é estuprador morto, ou capado pelo menos.

    10 1 Responder

  • Bolsomito2018 | 2 meses, 2 semanas atrás

    A cadeia é lugar do cara pagar seus pecados e não uma colônia de férias. Se não quer ir pra cadeia é só não roubar, sequestrar, estuprar. Pena de morte funciona pois nunca vi o executado voltar a cometer crime. Eu me preocupo com a maioria de cidadãos de bem que estão presos em casa do que a minoria de vagabundo que estão nas ruas cometendo delito. Vagabundo tem que se f*d#r mesmo e cabô.

    12 1 Responder

  • TAJ MAHAL DO CERRADO | 2 meses, 2 semanas atrás

    Ah.....é o Marcelinho....deixa que eu cuido dele na minha casa.....adoro.... :grinning:

    2 1 Responder

    kkkk - 2 meses, 2 semanas atrás

    Hum..moça

    0 0

  • Xiii | 2 meses, 2 semanas atrás

    Quando esse verme praticou um estupro em Patos de Minas, junto com seus amigos, ele não teve uma recepção boa no presidio não, na época eu trabalhava no Hospital Regional, e ele foi internado por ter ingerido muito esperma............acredito que essa noite dele, não deve ter sido das melhores não.....MERECE CADA COTA .....fora as pregas arrancadas que já não pertencem ele mais.....

    8 0 Responder

  • Negão | 2 meses, 2 semanas atrás

    Daqui 5 anos ele esta souto é começar a estuprar é roubar da mesma forma, enquanto a sociedade não der um jeito de acabar com ele, esse crápula vai continuar estuprando o resto da vida.

    8 1 Responder

    candango - 2 meses, 2 semanas atrás

    5 anos??? Duvido que fique até o natal preso, no Brazil é assim.

    1 0

  • russonow | 2 meses, 2 semanas atrás

    MAIS UMA VITIMA DA SOCIEDADE DIREITOS HUMANOS JA PRECISAMOS CUIDAR DELE E INSERIR NA SOCIEDADE E VITIMA DA MESMA.

    4 8 Responder

  • FRANCO | 2 meses, 2 semanas atrás

    Pena que não tem pena de morte. Por mim nem deveria ir preso gastar meu dinheiro. Deveria sim, ser apedrejado em praça pública. Pra ser limpeza e servir de exemplo.

    10 2 Responder

  • Acorda Brasil | 2 meses, 2 semanas atrás

    Bolsonaro 2018

    8 6 Responder

carregar mais comentários