Ex-prefeito de Patrocínio, Júlio Elias, volta a ser preso pela Polícia Civil pelo crime de estupro

A prisão aconteceu no bairro São Francisco.

publicado em 19/11/2019, por Farley Rocha


Júlio César Elias Cardoso, de 60 anos foi preso no bairro São Francisco. ( Foto: Arquivo Patos Hoje )

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da equipe de Investigadores da 2° Delegacia Regional de Patrocínio, durante diligências para cumprimento de Mandado de Prisão pelo crime de Estupro de Vulnerável ocorridos no município, prendeu nesta terça-feira (19) o ex-prefeito, Júlio César Elias Cardoso, de 60 anos.

A prisão aconteceu no bairro São Francisco. De acordo com informações da Polícia Civil, Júlio Elias é ex- prefeito do Município de Patrocínio, e já havia sido preso anteriormente pelo mesmo fato, contudo estava respondendo ao processo em liberdade.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

A Polícia Civil de Patrocínio aproveitou para reiterar seu compromisso com a repressão da prática de crimes, informando que não mede esforços no combate à criminalidade. E pediu a participação da população através do disque denúncia unificado 181 ou através do telefone 3831-1432, para um resultado mais rápido e eficaz das ações.

Representantes do ex-prefeito Júlio Elias enviaram a seguinte nota a nossa redação: 

Nota à imprensa

O ex-prefeito Júlio Elias se entregou na tarde desta terça-feira (19/11/2019), quando a Polícia Civil esteve em sua residência para dar cumprimento ao mandado de prisão expedido em virtude de sua condenação em 2ª instância pelo Tribunal de Justiça, sendo que teve sua pena reduzida.
 

O ex-prefeito, que estava em prisão domiciliar e em tratamento de saúde, em momento algum esteve foragido, mesmo sabendo do mandado em seu desfavor, tanto que foi preso em sua própria residência, ressaltando que apenas na data de ontem foi procurado pela polícia.
 

Os policiais civis sob comando do inspetor Rodolfo e dos investigadores Irislaine, Watson e Mathias, juntamente com demais policiais, fizeram um trabalho totalmente profissional e sem qualquer excesso, encaminhando-o até a autoridade policial, sem qualquer tipo de problema.

Os advogados de Júlio Elias, Paulo Cunha, Cleiton Machado, juntamente com Estevão de Melo, que atua Belo Horizonte, aguardam a decisão de uma liminar em Habeas Corpus impetrado no Tribunal de Justiça, uma vez que ainda está recorrendo da condenação nos Tribunais Superiores. A recente decisão do Supremo Tribunal Federal - que fez valer o texto constitucional - assentou entendimento de que a pessoa condenada só dará início ao cumprimento da pena após esgotados todos os recursos, ou seja, com o trânsito em julgado de sentença penal condenatória.

Autor: Farley Rocha Postado em 19/11/2019
Compartilhe:

14 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Justo | 3 semanas, 2 dias atrás

    Mas é obvio que ele nunca iria fugir (em momento algum esteve foragido, mesmo sabendo do mandado em seu desfavor, tanto que foi preso em sua própria residência, ) ele sabe que em menos de 1 semana STF vai o soltar...agora se aprovasse o pacote anti crime garanto que estaria sim foragido e bem longe...

    2 0 Responder

  • Sincero | 3 semanas, 2 dias atrás

    Pelo stf ele deve ser solto e ainda receber indenização pelos danos a ele causados. Kkkkkkk

    6 0 Responder

  • Artur da Silva | 3 semanas, 3 dias atrás

    >.-.> :v com o fim da segunda instancia, esse prefeito, digo, criminoso volta rapidinho pra liberdade VLW STF, só prova que são apoiadores e defensores de bandido

    8 0 Responder

  • CPP | 3 semanas, 3 dias atrás

    Estupro não entra no rol de criminosos beneficiados pela decisão do STF. Crime abominado pela sociedade.

    5 0 Responder

    Max - 3 semanas, 2 dias atrás

    Qualquer crime. Será analisado pelo tribunal e se não houver requisito para a prisão preventiva tchau.

    2 0

  • PEDRA NOVENTA | 3 semanas, 3 dias atrás

    Chama Gilmar Mendes que solta rapidinho kkkkkkkkkk

    14 0 Responder

  • QUE CIDADE BAGUNÇADA | 3 semanas, 3 dias atrás

    Essa tal Patrocínio tem cada PREFEITO . Ex PREFEITO estuprador PEDOFILO . Atual prefeito pagando propina e investigado pela justiça kkkkk

    18 4 Responder

  • Patrocínio terra de bandidos | 3 semanas, 3 dias atrás

    Que CIDADE horrível essa ter um ex Prefeito estuprador e PEDOFILO

    28 12 Responder

    De Coromandel 3 semanas, 3 dias atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Patrocinense sabedor | 3 semanas, 4 dias atrás

    Esse cidadão patrocinense foi preso por um mandado de Prisão de 2ª instância, como todos nos sabemos os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram em voto pelo fim da prisão após julgamento em segunda instância. Possivelmente a defesa entrará com o pedido de soltura de Julio Elias o mais rápido possível, o qual rapidamente estará solto e como de costumes assando aquela carne bem temperada, todas as noites, sábados, domingos e feriados, aos seus amigos em frente ao prédio da Tv Ouro Verde, mais precisamente na portinha do Armazém do Produtor .

    12 24 Responder

    realista - 3 semanas, 3 dias atrás

    olha so deve ter se esgotado todos os recursos sendo assim foi preso pois aguardava julgamento em liberdade taukey

    3 3

    sabe nada - 3 semanas, 3 dias atrás

    O mecanismo da prisao preventiva serve para esses casos. Nao tem ligaçao com prisao apos transito e julgado.

    2 2

    Forasteiro - 3 semanas, 3 dias atrás

    Povo tem que procuras se informar melhor na lei ta escrito pessoal so poder se condenado depois do trânsito julgado stf não fazer lei SÓ interpretar as mesmas ..E SÓ mudar a lei no congresso que resolver esta falácias..

    3 0

    Forasteiro 2 - 3 semanas, 3 dias atrás

    Forasteiro, em clausula Pétrea o congresso só pode mexer se houver nova constituinte, taukey? Realmente tem que ler mais......E, duvido muito que vão mudar, pois, a maioria dos meliantes estão lá.

    1 0