Empresas serão obrigadas a recolher lixo eletrônico

Hoje, no país, existem 173 pontos para receber esses resíduos e a meta é que, em 5 anos, sejam mais de 5 mil pontos

publicado em 13/02/2020,


O Governo Federal ampliou o programa de recolhimento de lixo eletrônico. Hoje, no país, existem 173 pontos para receber esses resíduos. A meta é que, em cinco anos, sejam mais de 5 mil pontos. O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participaram, nessa quarta-feira (12), de uma rápida cerimônia no Palácio do Planalto.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Salles comentou sobre a importância de aumentar a rede de recolhimento de lixo eletrônico.

Na cerimônia, Ricardo Salles assinou um acordo para a criação de uma campanha publicitária para orientar e incentivar o recolhimento de equipamentos eletrônicos que já não são mais usados e uma declaração que marca o início das atividades do projeto integrado de gestão de resíduos sólidos urbanos. Enquanto Jair Bolsonaro assinou um decreto que amplia essa política de recolhimento de lixo eletrônico.

A ideia é que, o lixo eletrônico possa ser entregue adequadamente em 400 municípios com mais de 80 mil habitantes, o que representa 60% da população brasileira. Todos os produtos coletados deverão ser enviados para a destinação ambientalmente adequada. A preferência é para a reciclagem, com o objetivo de levar esse material de volta à cadeia produtiva, reduzindo o consumo de matéria-prima e a poluição causada por esse tipo de lixo.

O governo vai repassar 64 milhões de reais para alguns desses municípios criarem estruturas adequadas para receber os resíduos eletrônicos. Esses recursos virão do Fundo de Direitos Difusos do Ministério da Justiça.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 13/02/2020
Compartilhe:

3 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Riala Mafon | 7 meses, 1 semana atrás

    Tenho um folheto de adequação de reciclagem de plásticos, vidros, metais, papéis, orgânicos e eletrônicos desde o princípio do século. mas a população não adere, falta educação e amor ao meio ambiente, ou seja, sobra boçalidade. Esse programa de agora é o "meia boca" só atendendo 400 cidades. Somente Minas Gerais tem quase 900 cidades, celular tem em todas as fazendas, a bateria pelo menos, tinha que ser adequadamente descartada.

    3 0 Responder

  • Fudido | 7 meses, 1 semana atrás

    Tá mais que na hora de nossa cidade ter um ponto de recolhimento,pois tais produtos são descartados de forma errônea todos os dias em lotes vagos e até mesmo nas portas das casas,uma por falta de educação da população e outra por não ter um local adequado para fazer o descarte, ocasionando locais de possíveis focos de dengue e emporcalhando a cidade...

    4 0 Responder

  • Antonio | 7 meses, 1 semana atrás

    Otimo projeto ! O ideal seria que as APACs abraçassem esta causa, não ?

    4 0 Responder